Defesa & Geopolítica

ESPECIAL Isso não vai acabar nunca! Irônica, imprensa inglesa noticia que o aviso argentino ‘Islas Malvinas’ (um dos que foram comprados na Rússia) encalhou em uma praia de Ushuaia…

Posted by

O “Islas Malvinas”, em foto de arquivo, manobrando no porto de Ushuaia

Por Roberto Lopes

 

 

O portal britânico de assuntos militares UK Defence Journal noticiou, na última segunda-feira (04.09), que o aviso multipropósito da Marinha Argentina Islas Malvinas (24) encalhou, no fim de semana passado, em uma praia de Ushuaia, localidade do Canal de Beagle onde a embarcação tem sua base.

Em um texto intitulado Argentinian Navy patrol ship ‘Islas Malvinas’ runs aground (“Navio-patrulha da Marinha Argentina encalhou”), o editor da página eletrônica, George Allison, relata: segundo informação do serviço AIS (Automatic Identification System), até as 15h do último domingo (03.09), a embarcação continuava presa à praia.

Consultada por jornalistas argentinos, a Armada Argentina afirmou, nesta quarta-feira (06.09), que a notícia do UK Defence Journal es errónea y que el buque se encuentra amarrado en la Base Naval de Ushuaia. Por otro lado, también determinó que el buque no ha operado en los últimos días por donde menciono el medio británico, lo que contempla que la información vertida sea falsa.

Locais-chave – Em seu texto Allison fez questão de enfatizar que “os barcos feitos na Rússia”¹ foram batizados com os nomes de “locais-chave estratégicos nas Malvinas”.

“Os navios incluem o ARA ‘Islas Malvinas’ – nome que os argentinos usam para se referir ao arquipélago [que os britânicos chamam de Falkland Islands] – e o ARA ‘Puerto Argentino’ – nome em espanhol da capital das Falkland, Port Stanley”.

O articulista prossegue: “O ARA ‘Estrecho de San Carlos’ – também conhecido como Falkland Sound – e o ARA ‘Bahía Agradable’ – ou Bluff Cove em inglês – completam as novas aquisições, que irão substituir as unidades antigas programadas para descomissionamento nos próximos anos”.

Allison informa que as baixas não devem demorar, e lembra que, recentemente – a 1º de julho passado –, o destróier La Argentina chocou-se contra um molhe da Base Naval de Puerto Belgrano, danificando seriamente a proa (sequência abaixo).

O texto acrescenta que uma tentativa de reparar o estrago por meio de solda acabou produzindo um princípio de incêndio no navio (rapidamente dominado) – o que não o impediu de seguir para o porto de Callao, a fim de se reunir às embarcações militares que participariam da Operação Unitas defronte ao litoral peruano.

Submarinos – George Allison passa, então, a fazer uma série de breves observações acerca do estado de prontificação da Armada Argentina.

Ele conta que os navios da classe Almirante Brown (MEKO 360H2) à qual pertence o La Argentina, apresentam problemas na motorização e tem um estoque curto de “peças sobressalentes”, “além de todas as suas armas terem ultrapassado o seu prazo de validade”.

Como resultado, a Argentina sofreu um grande breakdown (queda operacional) em 2012 “e raramente vai para o mar” (and rarely goes to sea).

O articulista acrescenta:

Os problemas não param por aí, suas tripulações de submarinos apesar de se beneficiarem de um recente upgrade [nos navios], precisam de pelo menos 190 dias de prática de imersão e só passaram 19 horas submersas em 2015. Uma situação semelhante é enfrentada por seus quatro destróieres [classe Almirante Brown], eles não têm qualquer armamento de mísseis disponível”.

Tripulantes do submarino argentino “Salta”

George Allison também se refere ao equipamento do Exército argentino, “dos anos 70”, e afirma que “a Força Aérea argentina consiste em grande parte em uma coleção de aeronaves obsoletas que remontam principalmente à década de 1970, e que estão freqüentemente groundeadas devido à pobre manutenção”.

¹Os avisos argentinos classe Neftegaz foram comprados à uma empresa offshore baseada na Rússia, mas foram construídos na Polônia.

19 Comments

  1. Cláudio quadros says:

    Era melhor Argentina desistir volta se Colônia Espanha

  2. Pingback: ESPECIAL Isso não vai acabar nunca! Irônica, imprensa inglesa noticia que o aviso argentino ‘Islas Malvinas’ (um dos que foram comprados na Rússia) encalhou em uma praia de Ushuaia… | DFNS.net em Português

  3. É isso no que dá em comprar banheiras velhas … que sirva de exemplo para a nossa sofrível marinha braZileira … 😉

    • Um aviso aos navegantes sobre esse assunto ai … em especial aqueles entusiastas das compras das banheiras velhas que são feitas pela surrada marinha braZileira .. rsrsr … vejam só esse exemplo ai e que ficam com hipocrisias ao explicar quando isso acontece também com a pauperrima marinha do braZil .. lembrem das banheiras velhas da marinha braZileiras que tanto aplaudem ..rsrsr .. pois é … isso pode muito bem acontecer com os tupiniquins também .. não riem hoje com ironias dos desaborres do hemanos… para não chorarem amanhã quando acontecer o mesmo com a MB .. >:)

    • Eu acho interessante como as pessoas confundem as coisas, o fato de o navio ter encalhado não tem nada a ver com a idade do mesmo, essas coisa acontecem depende do mar e da região onde ele esta sendo usado pode ser falha humana etc

    • Quando se trata de erro humano …. levando em conta a lei de Murphy .. tal erro humano já começa quando se compra “banheiras-velhas”

      • Não se esqueça meu caro filhote da “pátria-educadora” que quem comprou essas banheiras velhas foi a beiçola ladra, a mesma que está enrolada com a justiça e tomou uma surra do Macri nas prévias….

      • Desde então o notório sonegador de imposto do Macri .. comprovado em “cartório” tal crime..já no seu governo … tipico de capachão ao nefasto sionismo … deve ter feito coisa muuito melhor para a marinha argentina … não é mesmo … HAHAHAH

        • Pelo visto o filhote da “Pátria-educadora” também anda fazendo xixi na cama com medo dos “sionistas malvadões”…rs!

          Ah! Macri não responde a processo algum, ao contrário da beiçola do Prata que, tal como o Aiatolá do ABC, está cada vez mais enrolada…rs!

          • Pelo fato do Macri não responder um processo pelo crime de evasão fiscal na argentina ( sonegação) … é muiito relativo ( isso não vem ao caso ) …já que lá o script do VAZAJATO é o mesmo que acontece no braZil … veja só o caso dos GOLPISTAS como o Aécio neves e do Temer .. cometeram crimes iguais do lulinha … onde até filmes, fotos comprometedoras e gravações .. que nem precisa de dedo-duro para enquadrá-los em crimes de corrupção …rsrs … , nem por isso estão sendo processado como deveria ser … pelo contrario ..rsrs .. até MPF caiu feio com as suas artimanhas .. isso sem falar do menininho maroto lá de Curitiba … ‘ isso não vem ao caso” … olha que até uns amiguinhos chegado dele assim como a patroa estão sendo lembrado por alguns dedos duro ….HAHAHA … esses puritanos golpistas de araque … realmente são umas piadas …HAHHAHA…

          • “Eu vivo sempre no mundo da lua…”… Lucenático…

    • Verdade ……
      Perdemos a oportunidade de ter uma marinha forte . Nos ultimos14 anos, só nos preocupamos com barquinhos de patrulha franceses e uma sobrinhas de Trinidad Tobago .
      Ah é …. Esqueci do Baea do Jackson Wagner !

  4. Não chego a tanto, mas deveriam repensar essa fixação com as Malvinas, que só lhes trouxe problemas. Pior é que não há a menor possibilidade de reverter a situação das ilhas. Perda de tempo.

    • Os políticos latinos até hoje não deixam de praticar a bravata do “inimigo externo” para consumo interno… isso é pródigo entre nossos esquerdistas atávicos… pecam pela falta de organização, honestidade e projeto de nação e então, para justificarem suas mazelas, parte integrante da porca administração da coisa pública, põem em uma suposta ingerência externa sob si mesmos, a culpa de sua própria decadência moral… isso por si só já seria passar atestado de INCOMPETÊNCIA, uma vez que, aceitar a teoria da conspiração de que ingerência externa faz o que quer enquanto a administração interna não consegue impedir os desmandos externos é de uma falta de caráter terrível… quer mais declaração de pusilanimidade que isso !!!???…

  5. Décadas e mais décadas de populismo barato, mais uma pitada final de bolivarianismo dos Kirchner deixaram a Argentina de joelhos. Ainda bem que aqui esse plano nefasto foi abortado a tempo.

  6. ………………. naaada a ver…. o britânico ao invés de fazer silencio sobre os problemas militares argentinos,parte pra provocação escrevendo a respeito deles como se fosse uma suprema autoridade que em ultima instancia determinasse o que os argentinos devam fazer ou não com seu equipamento militar…;.ora esse cidadão quer “aparecer” …….. por fôrça de sua “crítica” transparece velado o caviloso e terrível MEDO de que as Malvinas sofram uma nova invasão pelos argentinos ………os britânicos SABEM que a distancia de menos 700 kms. que separa as Malvinas do continente é uma vantagem estratégica argentina ao contrário que Londres está a exatos 12.000 kms. das mesmas….seus custos para manter tropa e material bélico nas ilhas aumentam alimentados por essa histeria pois tbm SABEM que se a maré econômica favorecer os hermanos, eles britânicos poderiam vir a dançar tango …. se hoje o armamento argentino é “inútil” amanhã ele pode mudar e melhorar….nada é eterno….o autor britânico esquece que se não fossem os EU na 2a. Guerra a ajuda-los em sua defesa,talvez hoje o povo de seu táo adorado Reino falasse alemão…..um vexame prum país que sempre viveu da pirataria e rapinagem de outros;;;;;;emfim,.quem é o sr.George Allison?…..um lacaio “escrevinhador”.de assuntos inúteis……. lacaios são só e tão somente…lacaios……..

  7. claudio quadros says:

    PODIAMOS ANEXAR ARGENTINA E AS ARGENTINAS SAO MUITO BONITAS POR QE ARGENTINA COMO PAIS ESTA FRACASSO TOTAL . SEI GENTE TAMBEM ESTA RUIM HERMANOS AFUNDARAM NUMA LAMA SEM FIM.

  8. claudio quadros says:

    NAVIO NÃO TEM CANHÃO COISA FEIA LA USA O QUE ESTILIGUE .KKKKK

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com