Defesa & Geopolítica

Dois dos três submarinos ‘Projeto 941 Akula’ (Typhoon, na designação da OTAN) serão desmontado

Posted by

Rússia prevê desmontar dois dos três maiores submarinos do mundo do Projeto 941 Akula (Typhoon, na designação da OTAN), informou à Sputnik uma fonte da construção naval.

© AP Photo/ Dmitry Lovetsky

“Foi tomada a decisão de desmontar os submarinos Severstal e Arkhangelsk, já que seu uso posterior não seria rentável”, declarou a fonte, adicionando que a desmontagem está prevista para 2020.

Além disso, a fonte comunicou que os navios já estão fora de serviço.

A fonte indicou que o único submarino da classe Akula, que permanece em serviço da Marinha russa, é o Dmitry Donskoi que efetua manobras com o míssil balístico russo Bulava.

Na época da União Soviética foram construídos seis submarinos da classe Akula, que incluía os projetos 941 e 941UM.

Após a desintegração da URSS, a Marinha da Rússia incorporou três desses submarinos: Severstal, Arkhangelsk (projeto 941) e Dmitry Donskoi (941UM), adaptados para transportar mísseis estratégicos Bulava.

Os submarinos da classe Akula, com deslizamento máximo de 49.800 toneladas, 172 metros de comprimento e 23,3 metros de largura, são considerados os maiores do mundo.

Fonte: Sputnik

 

2 Comments

  1. César A. Ferreira says:

    São caros de manter…
    Não daria baixa neles, todavia. Os reformaria para serem portadores e enxames de mísseis de cruzeiro, com ogivas nucleares, que ficariam baseados em Kaliningrado, colocando em xeque o escudo anti-mísseis da OTAN…

    😉

shared on wplocker.com