Defesa & Geopolítica

Curso de Mergulhadores de Combate tem fase no Colégio Naval

Posted by

Alunos do Curso de Mergulhadores de Combate preparando equipamentos

Os alunos do Curso de Mergulhadores de Combate estão em Angra dos Reis (RJ), na Enseada Batista das Neves, onde está localizado o Colégio Naval. Até o mês de outubro, eles realizarão uma das fases do curso com treinamentos de ataque mergulhado com colocação de cargas explosivas simuladas, bem como muitas outras atividades afetas às operações especiais.
Na manhã do dia 20 de setembro, os alunos realizaram um ataque mergulhado a uma embarcação fundeada na Enseada Batista das Neves. Os militares fizeram uso de equipamentos autônomos de mergulho em circuito fechado, implantaram uma mina de casco em um navio inimigo e na sequência treinaram evasão do local.
Em outra simulação, uma equipe mergulhada composta por instrutores atuou garantindo a segurança dos flancos da praia do Coqueiro, enquanto uma equipe de assalto se infiltrava e resgatava um suposto refém.
Na parte da tarde, simultaneamente à abicagem na praia do Colégio Naval de uma embarcação de desembarque de carga geral, os alunos do curso realizaram um treinamento de técnica de movimentação individual em região de praia.
O curso tem duração aproximada de 1 ano e essas ações tem como objetivo capacitar o militar para atuar em diferentes ambientes, preparados para atuar em uma situação real.
A Enseada Batista das Neves, que abrange a praia do Colégio Naval, a Praia do Coqueiro e suas instalações, localizada em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, é uma área estratégica para que diferentes tipos de exercícios e instruções sejam realizados. Região importante para treinamentos na água, em relevo acidentado e em mata.

Alunos durante instrução

Esses militares são submetidos a um rigoroso treinamento, dividido em diversas fases durante o ano envolvendo táticas não convencionais. Na água, por exemplo, é possível treinar infiltração por bote, lancha rápida e através de mergulho. Já na região de relevo, os militares treinam posicionamentos táticos, técnicas de movimentação individual em conduta de patrulha, e também o efetivo emprego de armamentos, tais como o uso de pistolas, fuzis e outros tipos de armas.
Após a conclusão do curso, eles estarão aptos para atuarem em Operações Especiais nos mais diversos ambientes, tais como: terrestre, marítimo ou ribeirinho.
Fonte: MB

One Comment

  1. Meus caros,

    está aí uma capacidade imprescindível uma unidade de combate Naval possuir.

    Parabenizo a MB que ao longo das décadas tem formado excelentes efetivos de Mergulhadores de Combate.

    Grato

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com