Defesa & Geopolítica

Chineses Lançam a 28ª Fragata do Type 054A

Posted by


Adaptação E.M.Pinto

 

Segundo informações do Navy Recognition e de seus parceiros East Pendulum, o estaleiro chinês Huangpu do Grupo Naval chinês lançou em 22 de setembro. Esta é a 14ª fragata desta classe construída neste estaleiro que fica localizado perto da cidade de Guangzhou no sul da China.

O navio de número 27 foi lançado há menos de seis meses, mostrando mais uma vez mais o ritmo acelerado da indústria de construção naval da China. Observe pela imagem que esta nova fragata também é a terceira em linha.

As Type 054A possuem um deslocamento total de 4.053 toneladas, possui 134,1 metros de comprimento e 16 metros de boca. O navio pode atingir uma velocidade máxima de 27 nós. Os navios utilizam um radar 3D Type 382 plano, são equipados com um sistema de lançamento vertical equipado com 32 unidades dos mísseis HQ- 16 de defesa aérea, que tem sido desenvolvido e produzido pela China por conta própria, o sistema é baseado  nos mísseis russo 3K9 superfície-ar de codinome OTAN, SA-N-7. O sistema de mísseis foi inicialmente importado da Rússia, juntamente com os destroyers  da classe Sovremenny adquiridos pela China nos anos 90. Atualmente os HQ-16 incorporam inúmeras novas tecnologias próprias e os chineses possuem a licença de produção para os mísseis. A versão chinesa possui 5,5 metros de comprimento e 0,35 metros de diâmetro, pesa 680 kg e possui uma ogiva de 65 kg

Ficha Técnica
Tipo: Fragata
Deslocamento / ton: Máx: 4.053,Padrão:3.600
Comprimento / m: 134,1
Boca/m: 16 m
Propulsão: CODAD , 4 x Shaanxi 16 PA6 STC diesel, 5.700 kW (7.600 + hp @ 1084 rpm) cada
Velocidade: 27 nós
Alcance: 8.025 milhas náuticas
Tripulação: 165
Sensores: Radar Type 382  ( versão atualizada do  radar Type 381  “Sea Eagle S / C”) 3D radar de busca de Superfície/ar.
Radar Type 344  (ME banda base) radar OTH de aquisição de alvos e SSM radar de controle de fogo
4 x 345 Type (Dome MR-90 Dianteiro) radares de controle de fogo, SAM
MR-36A superfície radar de busca, I-band, radar de controle de fogo e 347G 76 milímetros 2 x Racal RM-1290 radares de navegação, I-band , MGK-335 freqüência do sistema de sonar ativo / passivo de médio
ZKJ-4B / 6 (desenvolvido a partir de Thomson-CSF TAVITAC) sistema de dados de combate  HN-900 de enlace de dados (o equivalente chinês de Link 11 A / B, a ser atualizado), SNTI-240 SATCOM ,AKD5000S Ku banda SATCOM
Guerra eletrônica
E chamarizes:
receptor de alerta radar  922-1 HZ-100 ECM & ELINT
3 sistemas Kashtan de defesa de ponto.
Armamento: 1 x32 células VLS HQ-16 SAM / lançador de foguetes anti submarino
2 x 4 C-803 mísseis de cruzeiro de ataque anti-navio / terra
1 x PJ26 76 milímetros arma de duplo propósito
2 x 730 Tipo 7 canos de 30 mm CIWS
2 x 3 324 milímetros torpedos ASW YU-7
2 x 6 Tipo 87 lançador de foguetes anti-submarino de 240 milímetros (36 foguetes)
2 x Type 726-4 de 18 tubos lançadores de foguetes chamariz
Aeronaves realizado: 1 Kamov Ka-28 “ou Harbin Z-9 C
Instalações de aviação: hangar

Uma evolução das Type 54, a série 54A é considerada a melhor plataforma anti-submarina da Marinha chinesa e possui uma suíte ASW completa, incluindo um sonar de casco, um sonar rebocado de profundidade variável, um sistema de controle de som e comunicações submarinas, além de torpedos, Yu-8 e foguetes antissubmarinos.

A PLAN encomendou 25 fragatas multi propósito entregues em apenas nove anos. Com custo operacional relativamente baixo, versatilidade e conforto tornaram esta classe de navio espinha dorsal das capacidades ASW da PLAN.

O projeto evoluiu ao longo dos anos e na seu  28º navio incorpora atualizações e sistemas mais modernos.  Esta unidade integrará a força de navios da Marinha Chinesa por volta do segundo semestre de 2018. O futuro do programa Type 54 sustenta-se numa nova série a Type 54B que dentre outras atualizações incorpora novo sistema de propulsão elétrica que lhe garante, maior autonomia, sigilo e economia de combustível.

Fonte: Navy Recognition

12 Comments

  1. Rapaz ! … novamente a China e o seu poderio militar ..pois é .. a cada dia a China vai assumindo o papel dos EUA como o maior FDP do planeta .

    • A Máquina Troll says:

      “LUCENA
      28 de setembro de 2017 at 11:47
      a cada dia a China vai assumindo o papel dos EUA como o maior FDP do planeta”

      hôhôhôhô….mais um comentário com o selo Máquina Troll de qualidade… 😀

      • Diogo Ferreira says:

        kkk ——-, vc acho que os EUA tem a marinha que tem da noite para o dia??? EUA fez e faz igual a china ta fazendo

  2. Caramba!
    Não vou comentar o obvio, só que a MB é comandada por pessoas ultrapassadas e preconceituosas com a indústria asiática, especialmente com as escoltas chinesas!

    • Navios não são só cascos, meu caro… concordo que são boas e baratas… mas como ficam manutenção e disciplina, visto que MB só opera material bélico ocidental ???…

  3. U$ 500 milhões cada? Uma pechincha para o que entregam! Vamos pagar 1,8 bi em 4 corvetinhas de 2.700 toneladas, para ficarem prontas em 2030!

  4. A MB não pode jogar todas sua fichas somente nos produtos ocidentais ainda mais com os poucos recursos que dispomos a maioria dos componentes eletrônicos são fabricados na china .

  5. Impressionante capacidade industrial militar desse país, além de sua seriedade com a defesa de seus interesses, população e autonomia estratégico-militar.
    Enquanto isso, no país das maravilhas, da Alice ” escrava das madrastas más Norte Americanas e Europeias”; continuam a acreditar que seus algozes irão lhes oferecer meios e conhecimentos capazes de se tornarem auto suficientes e independentes tecnologicamente.
    Imaginem se a MB ( Marinha de Brinquedo) desse país das maravilhas entregassem a fabricação do casco de suas fragatas leves Tamandarés, aos Chineses.
    Com o mesmo valor de 4 navios, seria possível adquirir 12, deixando para fazer a integração de armas, comunicações, guerra electrónica etc. aqui, mas !!!
    Absurdo !!

  6. ………………a China conseguiu uma escala notável na produção em naves pra suas Forças…..creio ser possível tbm ser pra exportação….mas mesmo que a MB tivesse dinheiro acredito que não compraria aos chineses……….

  7. Ritmo de produção bélica da China é mesmo patamar dos EUA e antiga URSS na 2º guerra

  8. Adeildo Barros says:

    Senhores, propriedade intelectual custa caro, ninguém entrega seu esforço de graça. O único que eu li que abriu mão de suas descobertas foi Santos Dumont .

shared on wplocker.com