Defesa & Geopolítica

China apresenta nova variante do helicóptero de ataque Harbin Z-19 equipado com radar de ondas milimétricas

Posted by

A China apresentou uma nova variante do helicópteros de ataque Harbin Z-19. A aeronave foi apresentada durante a Feira  China Helicopter Expo. A nova versão do Z-19 é equipada com um radar de ondas milimétricas montado no topo do rotor principal em uma configuração semelhante a utilizada nos helicópteros  Mil Mi-28N Havoc e AH64D Apache Longbow.

O modelo pode realizar missões de reconhecimento armado e missões antitanque graças a sua variada gama de armas que são transportados em dois pontos de fixação sob cada asa. Seu projeto faz uso de parte da estrutura, sistemas e a propulsão do helicóptero Harbin Z-9 ( Z-9 (cópia licenciada do Eurocopa AS 365/AS565 Dauphin II/Panther ) e sua motorização fica a cargo de dois motores Zhuzhou WZ-8 ( cópia licenciada do  Turbomeca Arriel ) de fabricação chinesa.

Com Informações de Defence Blog

O conteúdo deste artigo é de total responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do site.

17 Comments

  1. Pingback: China apresenta nova variante do helicóptero de ataque Harbin Z-19 equipado com radar de ondas milimétricas | DFNS.net em Português

  2. Rafael Damasceno says:

    É aí seria interessante pro EB? E teria como ocidentalizar os sistemas? E de chinês ficar só a estrutura? E tal empreitada Valéria a pena?

  3. ……………esse helicóptero de combate pra Pindorama? e a verba pra comprar??……..

  4. achei estanho, mas não tem canhão de 20 ou 30mm??

  5. BELÍSSIMA NAVE… parece que não solta pecinhas… rsrsrsss… falando sério… os chinas estão num nível de aceleração tecnológico sem precedentes… até parece o tio Sam quando o assunto é investimento bélico… parabéns a eles…

  6. Profeta_Lunatico says:

    Depois de ver um MBT chines soltar “pecinha”..fico a imaginar o que pode soltar esse heli…rsrs
    Falando a serio…Se a China não tivesse se acagado toda na Siria tinha demonstrado as reais capacidades e fiabilidade do seu armamento e quem sabe esse heli terias muitos clientes inclusive o Brasil.

  7. claudio quadros says:

    bolivianos correu atrás do brasil fazer manutenção seu pateras chineses por que tava dando problema

  8. Na Segunda Guerra os armamentos dos EUA e da URSS também eram menosprezados como de 2º qualidade diante dos Europeus.

    Acredito que a China ira superar esse conceito, interessante é que o PIB por Paridade do Poder de Compra da China já superou o dos EUA e UE e em breve daqui a uns 8 anos no máximo ira superar o PIB nominal também.

    O F 35 foi vendido para Israel e a China com quem a China já comprou os planos do J 10 por exemplo, alem de outros países que irão operar o F 35, fora que a China já tem uma copia física do F 35, o que quero dizer é que é só uma questão de tempo para a China ter um F 35 (copia) completo.

    Já é o segundo maior produtor de navios militares do mundo.

    Com os planos de tecnologia reversa em pleno vapor acredito que não vai demorar muito (como alguns analistas preveem ) para a China superar os EUA em PIB e colar na área militar também.

  9. Pois é, montamos localmente há anos o Pantera ( Dolphin) e os motores Ariel e nunca tivemos a autonomia de produzir um equipamento desses na tal Montabrás ( Helibras).
    Ainda há pessoas que acham que essas aquisições de empresas nacionais, “transferência de tecnologias” com aquisições de equipamentos estrangeiros ( principalmente europeus e americanos) etc funciona ( só para o lado de quem vende né ?).
    Sou da opinião de pegarmos esses equipamentos que temos disponíveis, abrir para engenharia reversa e P&D nas diversas faculdades e centros de P&D civis e militares e através destas pesquisas encomendar das start ups geradas equipamentos produtos e serviços.
    Ao invés de ficar correndo aos pés dos senhores europeus e ou norte americanos, toda vez que precisamos de alguma coisa.
    A Argentina tem um projeto de helicóptero de ataque denominado Cicaré, mas que se encontra em estágio muito embrionário, quem sabe não seria outra oportunidade para nós ?
    Usando a fuselagem Argentina, cabeça de rotor e alguns componentes dos mesmos que deram excelentes resultados, incluímos nossas tecnologias, tais como
    ( turbina TAPP-5000, Blindagem MARIMBA, furtividade MARE, Aviônicos, Assentos blindados com cock pit de titânio, míssil ar-solo baseado no MSS 1.2, Foguetes Guiados etc..).
    Mas aqui não há visão de nada, apenas de comprar sucatas super faturadas a preços exorbitantes e que gere muito lucro para ambas as partes .
    Lamentável !!

shared on wplocker.com