Defesa & Geopolítica

BDK “Ivan Gren” passa nos testes de mar e segue para incorporação na Marinha Russa

Posted by

E.M.Pinto

Com informações – KORABEL – Rússia

Ivan Gren, o primeiro navio do project 11711,suspendeu cumpriu com sucesso os testes do mar e voltou para a sua  planta construtora em âmbar, foi o que reportou o serviço de imprensa da fábrica.

Em 3 de maio, o navio cumpriu a série de testes dinâmicos destinados a avaliar os sistema mais complexos do navio os quais  estavam sob a supervisão da comissão estatal. O navio e sua equipe técnica tinham a dura missão de serem aprovados nos testes após algumas  críticas nas avaliações anteriores. Todos os testes foram efectuados no Mar Báltico, com a equipe que avaliou os sistemas vitais, propulsão, sobrevivência e capacidade de combate a qual era composta pela tripulação do navio e membros do construtor e avaliadores da comissão estatal enviada para supervisionar a missão.

Atualmente o Bdk “Ivan Gren” está ancorado na planta construtora do “Ambar” onde prosseguem os últimos trabalhos de auditoria técnica. Prevê-se que a transferência do navio para Marinha russa ocorra antes mesmo do fim deste ano.

19 Comments

  1. só está atrasado, será que poderia concorrer com a classe makassa? como opção para pequenas marinhas que não pode e nem precisa de navios grandes e caros, isso é dependendo do preço.

  2. Não creio, é um navio de mar fechado cujas especificações estão defasadas em relação aos perfis operacionais.É um misto de transportador e desembarque do qual o Massakar o outro LPD que conheçamos cumpre melhor a função. O Nosso Bahia por exemplo já é bem melhor que o Ivan Gren

    • poderia me dize em que coisas o banhia e superior ao ivan gren??

    • Amigo…ele e pra missoes oceanicas…e tem 50 anos de avancos tecnologicos no casco…ele usou tecnologias do mistal frances…tendeu? Classe bahia nao tem nada a ver…navio velho e podre….lembrando que russos nao vao vender pra ninguem ate 2030….tendeu? Pois precisam substituir os modelos 775…ok?

  3. O Bahia desloca 12000 ton enquanto o Ivan 6600 ton
    O Bahia desloca por 20 000 km o Ivan 6500 km
    O Bahia possui deck para pouso de mais aeronaves, tem um hospital interno e uma doca seca que flexbiliza o embarque e desembarque não só de veículos blindados e lanchas mas também de veículos especiais de desembarque.
    O Bahia é oceânico, pode operar em qualquer parte do mundo o Ivan foi feito para mares fechados como o Negro e o Mediterrâneo e tem limitações operacionais em locais distante da costa no atlântico por exemplo,
    O Bahia transporta além de mais veículos cerca de 450 fuzileiros, o Ivan 300.
    Nhaia é mais rápido, 21 nós em pico, Ivan 18 nós>

    além disso o bahia oferece flexibilidade operacional podendo operar longe do litoral lançando tropas e material por veículos especiais de transporte de carga e pessoal, o Ivan precisa chegar a costa a praia para desembarcar.
    O Ivan é um projeto da era soviética, defasado e inadequado para os padrões atuais de operações anfíbias.
    Na verdade não se pode comparar um com o outro.

  4. Silvio de Barros Pinheiro says:

    Resta esclarecer para quê o Brasil precisa de um Bahia, que seria alvo fácil para um Akula. Nossa marinha é uma piada.

  5. César A. Ferreira says:

    Possui uma boca de 16,5 metros e um calado de 3,6 metros. É um transportador capaz de enfrentar mares abertos e condições adversas de mar.

    • Lucas Camacho says:

      Pessoal fica trollando informação do navio, que tem 16 metros de boca, calado 3,8 metros em full load, a classificação do navio é desembarque de carros de combate e não “transportador”, essa designação internacional classifica como tank landing ship, LST, então Cesar Ferreira, faça mais pesquisa ao invés de jogar palavras com incorreção. Estude mais um pouco, e retorne por aqui, pois temos um compromisso com informação técnica.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com