Defesa & Geopolítica

Apesar das Sanções, Rússia incorpora dispositivos militares de procedência ocidental e mantém cooperações

Posted by

black-shadow

Informações: Rustam

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

Apesar de se falar muito em sanções, parace que nem tudo é como se vê por ai…

Segundo informações divulgadas no Indo Defense 2016, as forças especiais do exército russo foram armados durante os últimos três anos, com transportadores submarinos alemães. Tratam-se de sistemas que permitem as unidades especiais de mergulhadores de combate moverem-se a uma profundidade de 60 metros. Segundo Anthony Simmonds representante do construtor,  quatro contratos foram assinados desde então.

sbs730_web_titel_01

O primeiro contrato com a empresa alemã Rotinor foi assinado em 2013.

“Cooperamos com a Rússia por três anos.O último contrato foi assinado este ano”, – Simmonds disse, se recusando a dar qualquer detalhe dos contratos devido a questões de sensibilidade.

No entanto, disse ele, também é esperada a assinatura de outro contrato em 2017.

sbs_2

O veículo subaquático Seabob Black Shadow 730 está sendo fornecido para as forças especiais russas  em duas versões: para dois e quatro tripulantes. A velocidade de movimento sob a água 10 km/h e a autonomia do motor a três horas.

 

Alguns itens tecnológicos mais sensíveis como sistemas de contra minagem também parecem “escapar” das sanções como o Inspetor Mk2 Mine Countermeasures  da francesa, ECA.

ecg-russia-1

A variante de veículo de superfície não tripulada  inspector Mk2 é baseada em uma plataforma multiuso de drones produzida pelo Grupo ECA. O veículo em questão pode ser implantado em missões de contramedidas de minas incluindo a identificação de minas, classificação e neutralização ou eliminação.

O Grupo ECA recebeu um contrato de exportação de 10 milhões de euros para a entrega de três contra-medidas das minas do Inspector Mk2 em Julho de 2016. As entregas estão programadas para começar no final de 2016 e concluirão em 2018.

O Inspector Mk2 incorpora um casco rígido de alumínio. O design modular é facilmente configurado para suportar várias tarefas. O veículo oferece alta precisão de navegação e um elevado nível de disponibilidade, garantindo simultaneamente operações seguras da tripulação. Também reduz os riscos para a vida humana e reduz os custos de aquisição e operação. A casa de comando ergonômico oferece interiores espaçosos e confortáveis, que permitem se necessário operações tripuladas. Um grande deck traseiro do veículo suporta a instalação de subsistema modular que inclui drones ou sensores específicos para a missão escolhida. O sonar é instalado no mastro retrátil para proteção contra choques durante o trânsito.

O veículo possui 9 m de comprimento e boca de 2.95m com um calado de 0.6m. A embarcação possui uma massa total de  4.300kg em configuração operacional e pode transportar até 600kg de carga e/ou equipamentos no convés de 4m².

ecg-russia-2 O módulo de missão de contramedidas anti mina é integrado a estação de comando e controle que pode ser facilmente montado em navios navios de patrulha offshore, fragatas e navios maiores.

A embarcação  é projetada para suportar uma vasta  gama de drones e sensores e pode implantar veículos destruidores de minas à sensores de levantamento do fundo do mar, armas letais / não-letais e sensores de inteligência.

O vídeo a seguir refere-se ao teste  antes de enviar para a Rússia para KBP Instrument Design Bureau

  A embarcação pode atingir uma velocidade máxima de 35 nós e operar em águas médias com uma profundidade entre 10 m e 100 m, bem como em águas rasas e muito rasas epossui uma autonomia de 12 horas a 10 nós de velocidade.

 

3 Comments

  1. Sanções não tem poder de parar a Russia forte e consolidada militarmente falando a mesma é muito mais independente que dependente.Não que seja perfeita!!!

  2. Não é novidade,eles,a China também, sempre comparam tecnologia do ocidente.
    Israel é outro que fornece tecnologia para ambos.Quando não compram,pois a chamada tecnologia sensível não está à venda,eles ¨roubam¨.

  3. Renato de Mello Machado says:

    Sanções parecem fortalecer quem é sancionado, tem “N” exemplos por aí.Imagina sancionar uma potencia,só doido maluco da cabeça.

shared on wplocker.com