A eterna vigília

Por: Luíz Pinelli

O Velho Patriota

A eterna vigília

Com fundamento na exposição da Coluna Thor Plano Brasil, a partir dos conceitos do projeto, de origem francesa, das formidáveis fragatas FREMM, faremos uma análise comparativa da atualidade brasileira. Em qualquer processo industrial sempre haverá um começo, cujos projetos iniciais serão, logicamente, alvos de progressivos estudos de aperfeiçoamento e pesquisa técnica, para isso dispondo de permanente dotação orçamentária para cobrir este fim estratégico.

Todos nós compreendemos, que sempre contamos com a atuação dos Estaleiros Navais do Rio de Janeiro vinculados à Marinha de Guerra do Brasil, e, pelo o que pouco entendo, suas produções bélicas navais comprovaram competência e eficácia técnica, ainda que, através de cooperação militar de Acordos com alguma potência militar.

Se ao longo do tempo, o desinteresse governamental sucatearam estas instalações industriais militares, sem o devido aproveitamento com a encomenda de novas unidades operacionais, é porque os governos brasileiros foram contumazes incompetentes, além de anti-patrióticos e entreguistas da soberania nacional, agora,a sociedade que se penitencie com seus próprios erros.

Agora temos a INACE com igual capacidade, inclusive, atendendo encomendas do exterior de navios-patrulhas. Então, não restam dúvidas, que podemos produzir para nossa Marinha de Guerra, navios-patrulhas e navios escoltas para as nossas águas azuis e nossas águas verdes, na quantidade necessitada para uma efetiva vigilância militar, além de modernos e eficientes barcos ligeiros para desembarque da Infantaria de Selva, Tropas de Pára-quedistas, Contingentes Militares de Operações Especiais e Fuzileiros Navais da MG do BR.Sem ousadias nunca haverá futuro, notadamente, quando tratamos de FAs e garantia da soberania nacional ( o momento será sempre o agora ), e da resultante garantia social da participação do povo nas riquezas da Nação Brasileira.

Se não fizermos algo por nós mesmos, pela segurança territorial do nosso País, não pensem que nossos “aliados militares” farão. Há uma cobiça maldita, sem limites, dos EEUU e da Inglaterra, pela nossa Amazônia Verde e, agora, pela nossa Amazônia Azul, ( acelerada com o roubo vergonhoso das análises técnicas do Pré-Sal brasileiro), sem precedentes , na história das Nações!!!! Por escolha governamental não dispomos, de imediato, de recursos orçamentários necessários para investir maciçamente nas nossas FAs.

Por uma questão de justiça, temos de reconhecer que o governo Lula emprega uma tática gerencial de destaque, quando faz um grande investimento financeiro no Norte e Nordeste do Brasil de resultado a curto prazo. O desenvolvimento econômico destas áreas brasileiras muito benefício trará, não só no plano social-econômico, como na defesa militar, pois, o crescimento econômico muito dificultará a penetração inimiga ostensiva. Minhas restrições ao governo Lula são os programas demagógicos travestidos de sociais.

Assim, retornando a questão da estratégia militar de “pronta resposta”, a solução para as FAs, está no próprio Plano Militar Estratégico para Defesa Bélica do Brasil, de onde, temos que retirar as opções de defesa que necessitamos.Não precisamos ter, inicialmente, uma grande quantidade de peças bélicas, mas um moderado engajamento de equipamentos militares e armas modernas de alta performace de defesa militar e, alto poder de fogo, destinados ao nosso Exército Móvel ( Aeromóvel), o que já seria um excelente fator de dissuasão para os denominados “nossos inimigos”.

Não é consolo, mas parafraseando o Mr. Rambo de Hollywood, “ a melhor máquina é o homem”; e uma coisa a sociedade brasileira que se preocupa, de fato, com as coisas do Brasil, teve ter certeza: — nós temos a melhor contingente de tropa especial do mundo, notadamente quando caímos dentro da Selva Amazônica do Brasil!!!Como o efetivo das tropas especiais do Brasil, reunindo as três armas nacionais- EB, FAB, FNMG e, mais alguns Contingentes Especiais das melhores Forças Auxiliares dos Estados da Federação, e, não esquecendo nossos gloriosos índios que mandam na selva, invejados e cobiçados pelas ONGS norte –americanas infiltradas nas selvas, por amarem ardorosamente a Terra Brasileira, ficamos, portanto, com um contingente especial em torno de 40 mil homens com excelente treinamento militar – operacional, e com indiscutível conhecimento do ambiente natural e domínio completo do cenário dos futuros combates, juntos e incorporados como Unidades do nosso AEROMÓVEL, para defesa de “Pronta –Resposta”.

Por causa de uma política aleijada, pois, faltam sempre os recursos orçamentários necessários, o Ministério da Defesa do Brasil, não integra, urgentemente, todas as tribos indígenas existentes da Região Amazônica, às nossas FAs, o que seria, certamente, uma resposta viril às ambições das nossas riquezas Amazônicas e naturais. Então como o efetivo militar do Exército Móvel, correspondendo aproximadamente, 10% do contingente total das nossas FAs, nada obstaria, pois, com recursos orçamentários de menor porte, poderíamos dotá-lo dos melhores equipamentos bélicos e das mais modernas armas individuais ou coletivas com emprego nas Forças do 1º mundo.

Um cuidadoso estudo técnico, para realinhamento das Funções Orçamentárias da nossa Lei Orçamentária, seria estrategicamente oportuno para aplicar todo o planejamento militar proposto pelo próprio governo, visto o redirecionamento financeiro a ser obtido para a aplicação realística de nossas legítimas necessidades nacionais.

Empresas militares do Brasil, mais conhecidas, como a MECTRON, AVIBRÁS e IMBEL ao participarem em conjunta das produções bélicas de helicópteros, navios – patrulhas, barcos de desembarques e de blindados, com a colocação de canhões magnéticos, de alto poder de fogo, metralhadoras modernas contra alvos terrestres e aéreos, sistemas de mísseis anti-carro, anti-aéreo, anti-navio de médio alcance ( Mísseis MAA-1, Piranha, Mar-1 e AV-MT-300 ), torpedos, etc.. dariam, de modo geral, a estes itens bélicos produzidos capacidade anti-submarina, ação caça – minas , operação de apoio à infantaria, missão eficiente de patrulhamento marítima e fluvial.

O apoio às operações terrestres e às operações costeiras, pela construção de pequenos Navios Porta – Helicópteros disponibilizando o concurso de destacamentos aéreos embarcado para o desempenho de várias missões. Quando não temos muito recursos financeiros para produção/aquisição de armas e equipamentos temos de ter inteligência prática no emprego tático dos poucos armamentos modernos que possuímos.

Algumas forças armadas de 1º mundo, tem plano de contingência para nossa Região Amazônica, mas o Governo Brasileiro não demonstrou a menor preocupação ou a menor pressa para agilizar a modernização das nossas FAs, nem para aparelhar o Exército Móvel ou Aeromovel com armas e equipamentos bélicos de ponta, cuja missão será exatamente a atuação na selva amazônica, com ações militares de “reação imediata em tempo real”, se necessário for manter a integridade territorial e soberania nacional.

Aliás, esta matéria de suma importância, em hipótese alguma, não estimula o Governo Brasileiro a desencadear rápidas ações no sentido do fortalecimento militar das nossas FAs, visto que os motivos governamentais adotados, são exatamente outros bem diferentes, conforme comentário anterior feito, embora, coubesse a sociedade brasileira exigir do governo constituído, mas atenção com nossas defesas militares.

É impressionante como o governo brasileiro age com acentuada lentidão na matéria de defesa, segurança e soberania nacionais. Veja como demora a transferência e instalação da 2ª Brigada de Infantaria da Selva na Cidade de São Gabriel da Cachoeira no AM. E a justificativa dada é sempre a mesma: “falta dinheiro” para os investimentos nas FAs. Se o Brasil enfrentasse uma situação bélica de fato, com graves conseqüências militares, talvez o povo brasileiro acordasse, precipitadamente, deste sono doentio, supostamente, infligido pelo período da ditadura à Nação.

Os órgãos de Inteligência de nossos eternos aliados, ardilosamente, jogam alguns segmentos importantes da sociedade brasileira , contra nossas FAs, sob pretexto, que a “ditadura” num certo momento só praticou iniqüidades contra essa mesma sociedade.

Os governos, então, para amenizar esta situação de “ grave sofrimento”, começaram a desenvolver, demagogicamente, programas sociais absurdos que só concorrem para atrasar nosso legítimo desenvolvimento econômico, quando o povo participaria das nossas riquezas naturais através dos frutos verdadeiros dos esforços do trabalho produtivo.

Aliás, este negócio de ditadura, muito rendoso para os traidores da Nação já está dando náuseas e ânsias de vômito às cabeças centradas do Brasil, pois, na verdade, o que aconteceu foi a DITABRANDA, pois do contrário, num regime de ferro verdadeiro, os que agora estão no governo, atrapalhando o Sr. Lula e praticando seguidas inconsistências, com toda certeza jamais estariam !!!!. Honra aos patriotas brasileiros que sobraram na terra !!!!!!!!!!! .

O velho patriota, Luiz Pinelli

luiz pinelli neto

http://opatriotavelho

NOTA DO BLOG: Os artigos publicados na seção O velho Patriota não necessariamente reflentem a opinão do Blog PLANO BRASIL, simplesmente por se tratarem de textos de autoria e responsabildades do autor.

5 replies on “A eterna vigília”

o certo não seria “a eterna VIGÍLIA” ?… desculpe eu corrigir…

Salve Antonio, obrigado pela participação e pela correção.
Já alterei o título no texto.
Muito obrigado
E.M.Pinto

Ronaldo de souza gonçalvessays:

nINGUEM PODE DISCORDAR DA DEMOCRACIA POIS E O SISTEMA QUE SUPEROU INCLUISIVE O COMUNISMO PERVERSO CHINES. E O SOCIALISMO RUSSO. nOSSO PAIS ESTÁ VIVENDO A DEMOCRACIA PLENA NÃO ACEITAMOS A DITADURA NEM AQUI E NEM NOS NOSSOS VIZINHOS FICOU CLARO NO EPISODIO HONDURAS E EQUADOR.SE OGOVERNO NAÕ AGRADA A TI VOTA NO OUTRO SE TE DESAGRADA DEMAIS ENTRE NA OPOSIÇÃO ISTO E QUE LEGTITIMA DEMOCRACIA.

depois da implantaçao da democracia ,aumentou o indice de desrespeito ao proximo,que saudades do “DOPS”

marcionilo almeidasays:

É E valdo. Que saudades do Dops. Você deveria passar uma semana tomando porrada com direito a dois ou três dias em um pau de arara, quem sabe assim você matava essa saudade louca que você está sentindo !!!! E ainda vem falar em desrespeito !!!!! hahahahahaha !!!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.