Defesa & Geopolítica

O Ministério da Defesa do Reino Unido está desenvolvendo armas de laser e radiofrequência

Posted by

Tradução e adaptação- E.M.Pinto

O Ministério da Defesa do Reino Unido está desenvolvendo armas de laser e radiofrequência de ponta que têm o potencial de revolucionar o campo de batalha. na imagem superior gerada por computador é ilustrando o uso de um sistema  “DEW” em uma Fragata Type 26 (Fonte da foto: direitos autorais Crown)

Os sistemas de armas de última geração, conhecidos como Armas de Energia Dirigida (DEW), são acionados exclusivamente por eletricidade e operam sem munição. Os sistemas poderiam ser alimentados pelo motor de um veículo ou por um gerador, reduzindo significativamente seus custos operacionais e fornecendo flexibilidade sem precedentes na linha de frente.

Em um Aviso Prévio de Informação (PIN) publicado esta semana, o MOD anunciou que está procurando desenvolver três novos demonstradores de armas tipo DEW, para explorar o potencial da tecnologia e acelerar sua introdução no campo de batalha.

Os sistemas de armas a laser empregam feixes de luz de alta energia para atacar e destruir drones e mísseis inimigos. Já as armas de radiofreqüência são projetadas para interromper e desativar computadores e sistemas eletrônicos inimigos.

A secretária de Defesa, Penny Mordaunt, declarou:

“As tecnologias de laser e radiofreqüência têm o potencial de revolucionar o campo de batalha, oferecendo sistemas de armas poderosos e econômicos para nossas Forças Armadas… Este investimento significativo demonstra nosso compromisso em garantir que nossas Forças Armadas operem na vanguarda da tecnologia militar”.

Espera-se que os novos sistemas sejam testados em 2023 em navios da Marinha Real e veículos do Exército, mas, uma vez desenvolvidos, ambas as tecnologias poderiam ser operadas pelas três Armas. As Forças Armadas usarão esses exercícios para obter um melhor entendimento sobre as DEW, testar os sistemas até seus limites e avaliar como eles poderiam ser integrados às plataformas existentes.

O MOD visa investir até £130 milhões neste pacote de Armas de Energia Dirigida, incluindo a construção dos sistemas, a criação de um novo Escritório Conjunto de Programas e o recrutamento de pessoal para administrar o programa.

Esses sistemas fazem parte do “Novel Weapons Program” do MOD, que é responsável pelo teste e implementação de sistemas de armas inovadores para garantir que o Reino Unido continue sendo um líder mundial em tecnologia militar. Espera-se que eles atinjam a linha de frente dentro de 10 anos.

O MOD já tem planos para testes iniciais de sistemas de armas a laser, com o demonstrador Dragonfire encomendado pelo Laboratório de Ciência e Tecnologia de Defesa para ser testado ainda este ano.

O Dragonfire representa o primeiro sistema em tecnologia de armas a laser, combinando múltiplos feixes de laser para produzir um sistema de armas que é mais poderoso que seus antecessores e resistente às condições ambientais mais desafiadoras.

O MOD também tem mais de 30 anos de experiência em sistemas DEW de radiofrequência, período em que o Reino Unido se tornou líder mundial no desenvolvimento de novas tecnologias de geração de energia e um centro global para testes de desempenho e avaliação desses sistemas.

Fonte: Navy Recognition

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com