Defesa & Geopolítica

Marines encomendam 12 CH-53K num contrato avaliado em US $ 1,3 bilhão

Posted by

 

O Comando de Sistemas Aéreo Navais dos EUA concedeu à Sikorsky um contrato de US $ 1,3 bilhão para a construção e entrega de 12 helicópteros CH-53K King Stallion para o US Marine Corps.

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

O helicóptero mais potente do Departamento de Defesa, o CH-53K King Stallion, é um helicóptero de projeto e construção totalmente nova que expandirá a capacidade da frota de movimentar mais material e com mais rapidez .

O CH-53K fornecerá ao Corpo de Fuzileiros Navais a capacidade de transporte pesado necessária para atender aos requisitos operacionais futuros das missões de helitransporte pesado.

“O Corpo de Fuzileiros Navais está muito agradecido pelos esforços da Marinha e de nossos parceiros industriais para poderem conceder o contrato LRIP 2/3.Esta é uma vitória para o Corpo de Fuzileiros Navais que garantirá a capacidade de transporte pesado que precisamos para atender aos requisitos operacionais futuros e apoiar a Estratégia Nacional de Defesa”. Declarou o tenente-general Steven Rudder, vice-comandante da Aviação dos Marines.

Com uma capacidade de deslocamento e içamento projetada e demonstrada de quase 14 toneladas em um raio de missão de 203 km, em ambientes elevados e  quentes o CH-53K triplica a capacidade de transporte e  elevação comparado ao CH-53E .

O CH-53K provou a capacidade de levantar até 16329 kg através do gancho de carga externo. De acordo com a Marinha, o CH-53K terá uma capacidade logística equivalente com menores custos operacionais por aeronave e menos horas de manutenção direta por hora de vôo.

“Este  contrato reflete uma estreita cooperação e compartilhamento de riscos entre o governo e as equipes da indústria para fornecer recursos essenciais para o Corpo de Fuzileiros Navais”. Trabalhando com nossos parceiros do setor, a equipe garantiu que as soluções para desafios técnicos fossem incorporadas a essas aeronaves de produção. Isso reflete a urgência de garantir que fornecemos os recursos necessários para apoiar o Corpo de Fuzileiros Navais e a missão do Departamento de Marinha, ao mesmo tempo em que continuamos a impulsionar acessibilidade e responsabilidade no programa ”. Relatou James Geurts, Secretário Assistente da Marinha para Pesquisa, Desenvolvimento e Aquisição.

Até o momento, o helicóptero demonstrou voos em elevadas altitudes, temperatura quente e ambientes com capacidades visuais degradadas, carga máxima de um ponto de gancho de carga 16.329 kg a velocidade de vôo para a frente de mais de 200 nós, com Ângulo de 60 graus de curvas; altitude de 18.500 pés; Desembarques e decolagens em declive de 12 graus; ejeção de carga externa  e testes de fogo.

 

Fonte: Naval Today

2 Comments

  1. Eduardo Ramos says:

    Isso só demonstra que a necessidade de grandes Helicópteros de transporte de cargas se faz necessária, quem dera o Brasil possuísse algo assim para suprir suas forças armadas um pelotão de fronteira distante de tudo e de todos em uma região da Amazônia poderia ser facilmente abastecido com a ajuda desta aeronave.

  2. FERNANDO says:

    Ta muito caro, isso, sim!
    Pelas contas são 100 milhões por helis!
    Por que, tão caro??

shared on wplocker.com