Defesa & Geopolítica

Os EUA estão explorando a opção de substituir a Turquia no programa do caça F-35

Posted by

Tradução e edição: ARC – Plano Brasil.

WASHINGTON, 10 de maio. / Tass /. Os Estados Unidos estão considerando a opção de substituir a Turquia como parte do programa do caça F-35 de quinta geração, em conexão com a intenção de Ancara de adquirir sistemas de mísseis de defesa antiaérea S-400 da Rússia.

      Isso foi anunciado na sexta-feira em uma reunião de jornalistas pela subsecretária de Defesa para Suprimento e Apoio Logístico dos EUA, Ellen Lord.

     “Estamos trabalhando há algum tempo, considerando fontes alternativas dentro da cadeia de fornecimento para o programa do F-35, que estão atualmente na Turquia. Apesar disso, continuamos a trabalhar com a Turquia e esperamos que eles usem um sistema para sua defesa antiaérea dentro dos padrões da OTAN “, disse o vice-chefe do departamento de defesa dos EUA, respondendo a uma pergunta sobre os planos para a aquisição de Ankara do sistema S-400.

      Também foi observada por autoridades do Pentágono que a exclusão da Turquia do programa do caça F-35 pode levar a um aumento em seu custo e a uma desaceleração na produção de determinados componentes. “Nós vemos que uma desaceleração potencial na oferta pode ocorrer nos próximos dois anos, e também pode afetar potencialmente o custo. No entanto, no momento, achamos que podemos minimizar esses dois fatores”, disse Ellen Lord.

    Segundo ela, os Estados Unidos continuam as negociações com a Turquia para convencê-la a comprar os sistemas de mísseis antiaéreos  Patriot, em vez do S-400. “Oferecemos à Turquia nossos sistemas Patriot. Essa é uma opção compatível com os requisitos da Otan”, disse Lord. “Estamos atualmente conduzindo uma discussão sobre a substituição da S-400 por um Patriot”, acrescentou.

     Como Lord observou, os demais parceiros dos EUA que participam do programa de criação do F-35 compartilham a posição de Washington. “Nossos parceiros nos apoiam muito”, disse a porta-voz do Pentágono.

     Ellen se recusou a especificar quanto tempo o Pentágono poderia precisar para encontrar substitutos para os componentes produzidos na Turquia entre as empresas do complexo militar-industrial dos EUA ou aliados estrangeiros de Washington como parte do programa de produção do F-35. Os componentes para a aeronave F-35 produzidos na Turquia envolvem 10 empresas.

Fonte: TASS

 

 

2 Comments

  1. RatusNatus says:

    O ultimo a sair apague a luz por favor!

  2. …………..os estados unidos querem persuadir a Turquia comprar um sistema antimísseis ja defasado porém os turcos não são tolos….já se comprometeram com os russos para o S-400…………………..

shared on wplocker.com