Defesa & Geopolítica

O porta-aviões almirante Kuznetsov será ancorado para mais reparos em 2020

Posted by

Em abril de 2018, os construtores navais assinaram um contrato com o Ministério da Defesa para fazer reparos no porta-aviões Almirante Kuznetsov.

©  Lev Fedoseev / TASS

MOSCOU, 7 de maio / TASS /. O porta-aviões russo Almirante Kuznetsov, atualmente em manutenção na 35ª fábrica de reparos navais em Murmansk, será docado em 2020, disse uma fonte da indústria naval à TASS.

“A fase de reparos em um dique seco começará em 2020, desde que as instalações necessárias estejam operantes e a capacidade do dique seja aumentada”, disse a fonte.

A United Shipbuilding Corporation informou à Tass que a 35ª usina de reparos de navios estava em processo de modernização de suas instalações portuárias, o que permitiria acomodar o porta-aviões.

“É um pacote complexo de medidas, por isso prevemos um certo adiamento da segunda docagem do navio, mas o eventual prazo para a conclusão dos reparos foi atualizado para 2021 e permanecerá inalterado”, disse a  fonte.

O almirante Kuznetsov foi danificado em um incidente noturno em 30 de outubro de 2018, durante uma operação de lançamento em Murmansk. A doca flutuante PD-50 afundou e a consequente queda de um guindaste danificou o convés de vôo do kuznetsov.

O presidente da corporação naval Alexei Rakhmanov disse à TASS que o porta-aviões sofreu 52 defeitos, o que custariam cerca de  70 milhões de rublos para serem eliminados. Ele disse que o Almirante Kuznetsov teria que ser ancorado pela segunda vez. 

Originalmente, a operação estava programada para o verão de 2019. Após o afundamento do cais PD-50, várias opções de um segundo acoplamento foram consideradas e a escolha foi feita em favor da criação das instalações necessárias na 35ª fábrica de reparos navais.

Atualização do Almirante Kuznetsov

Em abril de 2018, os construtores de navios assinaram um contrato com o Ministério da Defesa para realizar uma atualização no porta-aviões project 11435. O então vice-comandante da Marinha russa, Viktor Bursuk, disse que os reparos no único porta-aviões da Rússia começaram em maio de 2018 e que a Marinha esperava ter o navio atualizado em 2021.

O ministro da Defesa, Sergey Shoigu, disse em 9 de abril que a parcela do trabalho de reparo e modernização chegou a 25% e deve ser concluída até o final de 2020.

O Almirante Kuznetsov estará armado com novos sistemas de defesa aérea, incluindo o Pantsir-M. Equipamentos de geração de potencia adicionais, caldeiras, bombas, equipamentos de vôo, sistemas de observação e controle totalmente novos.

Fonte: Tass

5 Comments

  1. Pingback: O porta-aviões almirante Kuznetsov será ancorado para mais reparos em 2020 - DFNS.net em Português

  2. O rublo a <0,02 dollar ficou até barato reparar o acidente, comparando com a atualização que deve ficar várias vezes maior que esse valor.

  3. Cada um tem o São Paulo que merece

  4. Sugiro corrigir de “Ancorado” para “Docado” tanto no título como no texto que é a tradução correta.

  5. Quem tem só 1 não tem nenhum…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com