Defesa & Geopolítica

Royal Navy desenvolve novo navio de ataque ao litoral e apoio as forças especiais

Posted by

A Marinha Real Britânica pretende obter uma frota de dois novos “navios de ataque litorâneo” para operações perto da costa, informou o secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson, durante um discurso no Instituto Real dos Serviços de Defesa e Segurança, em 11 de fevereiro.

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

A pesquisa sobre a viabilidade dos novos navios será financiada por um Fundo de Transformação que é projetado para trazer capacidades às forças armadas “o mais rápido possível”.

O novo conceito Littoral Strike Ship gira em torno de embarcações de múltiplas funções, globalmente implantáveis, capazes de realizar tanto apoio à crise quanto missões de combate.

O secretário de Defesa prevê que esses navios façam parte de dois Grupos de ataque de Litoral, completos com escoltas, embarcações de apoio e helicópteros. Uma seria baseada a leste de Suez no Indo-Pacífico e uma localizada a oeste de Suez no Mediterrâneo, Atlântico e Báltico.

Os navios poderiam se juntar aos porta-aviões da Marinha Real, navios de assalto anfíbio e os navios de desembarque da classe Bay e podem se reunir em uma força-tarefa anfíbia se necessário, observou o ministro da Defesa.

Fonte: Naval today

2 Comments

  1. Lucena says:

    No cenário atual em que a Russia e a China se juntam para impor as potência ocidentais ( EUA e a Europa ocidental ) os britânicos estão fazendo o seu dever de casa.
    .
    Isso me lembra a estratégia alemã na 1° GM para sua marinha, onde a Grã-Bretanha era a rainha dos mares e hoje são os americanos e os chineses os segundos.
    .
    .
    ” A Alemanha não precisa ter a maior marinha do mundo ( Inglaterra), más ter uma marinha que , caso entre em conflito com a maior do mundo e perder tal guerra, a maior do mundo deixará se ser a maior do mundo ”
    .
    .
    Com as principais economias globais em crise no dias de hoje, uma das saídas para tal crise … é a velha e conhecida forma do financiamento público estatal na economia voltada para guerras, seja lá como for, ou fazendo armas ou construindo muros e é ai que os hipócritas morde a língua quando pregam aquela lorota do Estado minimo… quando é para o investimento social … fazendo escolas,hospitais e estradas …. é claro

  2. B&E says:

    Nesse eu boto fé…

shared on wplocker.com