Defesa & Geopolítica

Líder opositor da Venezuela declara-se presidente interino e é reconhecido pelos EUA

Posted by

Anúncio ocorre durante manifestações contra Maduro que reúnem milhares de pessoas nas principais cidades do país

Redação, O Estado de S.Paulo

23 Janeiro 2019 | 15h59
Atualizado 23 Janeiro 2019 | 16h24

CARACAS – O líder opositor venezuelano Juan Guaidó declarou-se nesta quarta-feira, presidente interino da Venezuela durante as manifestações pela renúncia do presidente Nicolás Maduro em Caracas. Minutos após o anúncio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trumpreconheceu  Guaidó como presidente de facto do país e convocou líderes latino-americanos a fazerem o mesmo.

Presidente da Assembleia Nacional, Guaidó já foi reconhecido pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e países latino-americanos, como o Brasil. Ele tinha chegado a sinalizar que pretendia declarar-se líder do país após a a Assembleia considerar Maduro “usurpador”, mas vinha evitando fazer isso abertamente.

Juan Guaído - Venezuela

O líder opositor venezuelnao, Juan Guaído, discursa em Caracas  Foto: AP Photo/Fernando Llano

Em protestos que antecederam a marcha, uma pessoa morreu quando uma estátua do presidente Hugo Chávez foi queimada. Outras três pessoas morreram em saques no Estado de Bolívar.

Os principais atos ocorrem nas cidades de Caracas, Maracaibo, San Cristóbal, Barquisimeto, Mérida e Valência. O governo convocou chavistas para demonstrar apoio a Maduro, mas estes se reúnem em menor número.

Guaidó assumiu o comando da Assembleia Nacional, controlada pela oposição, mas sem poderes legislativos desde 2016, no começo de janeiro e impulsionou os esforços contra o chavismo dentro e fora da Venezuela.

Para Entender

Venezuelanos vão às ruas contra o governo de Nicolás Maduro; entenda os motivos da manifestação antichavista

Protestos foram convocados pela oposição e receberam apoio dos Estados Unidos

Enquanto organizou assembleias de rua nas principais cidades do país para reunir opositores ao regime, recorreu ao front diplomático para angariar apoio de países vizinhos e dos Estados Unidos. Ao assumir o cargo, ele declarou Maduro “usurpador” por ter sido eleitas em eleições não reconhecidas pela oposição e a comunidade internacional. /EFE e REUTERS

ctv-xn8-venezuela1
Opositores de Maduro participam de manifestação na Venezuela  Foto: EFE/Cristian HernándezFonte: Estadão

6 Comments

  1. BMIKE says:

    Se as milícias de Maduro matarem ele vai ter intervenção militar na Venezuela, e agora bolivarianos vai ter audácia de peitar de fato o Tio Sam…kkk

  2. muttley says:

    Será que o Maduro cai? A oposição Venezuelana vem a anos mostrando uma incompetência maior que a de Maduro e agora vem com essa ai, vamos aguardar para ver o banho de sangue então. O interessante é que o congresso Venezuelano foi eleito por um sistema eleitoral contestado por eles mesmos, vamos aguardar para ver e torcer para que não de algo pior do que já esta, já que a multidão de refugiados viram também para o Brasil ou podem tentar ir a pé lá para a frente do muro.

    * será que a China vai deixar Maduro cair? Será que não tem gente que cai antes do Maduro? As milicias venezuelanas são bem mais fieis que as nossas.
    ** o Brasil já tem uma Venezuela de problemas para resolver, sugiro para o nosso presidente que adote uma agenda nacional (os produtores de frango que o digam) e deixe a Trump que resolva seus interesses. Os benefícios de uma queda de Maduro com certeza não serão para Nós, a coisa vai ficar restrita ao empresariado made USA.
    *** A Venezuela não é la muito diferente do que se vê na Arabia Saudita. Por sinal acho que a Arabia Saudita é muito mais nefasta, esse mundo é muito hipócrita.

    Sds

    • HMS TIRELESS says:

      Você alardeia que a oposição contesta um sistema eleitoral que a teria beneficiado meu caro Muttley mas omite que Maduro fraudou as eleições impedindo candidatos oposicionistas de participar do pleito, que foram presos (Leopoldo Lopez) ou impedidos de concorrer (Henrique Caprilles) em processos forjados visto que o judiciário todo está corrompido, mudando seções eleitorais sem prévio aviso, instituindo seções exclusivas para beneficiários de programas sociais e colocando os famigerados colectivos chavistas nas ruas para intimidar os eleitores em bairros de maioria oposicionista.

      Diante disso resta claro que Maduro é ilegítimo e portanto usurpou o poder. Nessa situação o presidente do legislativo, à luz da atual constituição da Venezuela e não da farsa que está sendo escrita pelos empregados do narcoditador, pode proclamar-se presidente interino e convocar novas eleições.

      Ademais, e antes de alardear que o presidente brasileiro ( de quem não gosto diga-se de passagem) quer arrastar o Brasil para um conflito militar com a Venezuela seria interessante você dar uma olhada no famoso “livrinho” em seu art. 49, II, que confere ao congresso a prerrogativa de autorizar o chefe do executivo a declarar guerra. E tendo em vista a composição do futuro congresso essa autorização jamais virá.

      Por fim. é salutar que ele tenha reconhecido Juan Guaidó como presidente interino pois tal ato de pressão diplomática se caracteriza como a compatibilização de dois princípios norteadores de nossas relações internacionais: a não intervenção e a prevalência dos direitos humanos. E tão importante quanto isso significa o enterro definitivo da “diplomacia dos atabaques” posta em prática a partir de 2003 e que tanto constrangeu o Brasil mundo afora.

      • muttley says:

        Sr HMS TIRELESS grato pelo comentário.

        “… omite que Maduro fraudou as eleições impedindo candidatos oposicionistas de participar do pleito,..”
        Como é burro esse Maduro, achava que Ele era apenas incompetente. Fico imaginando por que Ele não fraudou a eleição para o congresso também, já que a presidencial foi de vento em popa. Por sinal Ele poderia usar a milicia para resolver problemas com a oposição.
        “…dar uma olhada no famoso “livrinho” em seu art. 49, II…” Olha infelizmente não sou só Eu quem ignora esse livrinho, tem gente que faz uma bela vista grossa pra Ele. Tem gente que não sabe nem quanto de frango a “democrática” Arabia Saudita compra aqui, o que dizer então de um artigo do “livrinho”. Basta querer brigar que o resto se da jeito, ainda mais com o hábil ministro da justiça que temos.

        * felizmente para Nós aparentemente o bom senso e a inteligencia habitam Mourão e quem sabe Ele convence o mito a adotar uma agenda mais voltada para questões domesticas, tipo quanto frango vamos vender esse ano.
        ** Já faz tempo que estou assistindo esse balança mais não cai de Maduro, a oposição venezuelana é quem mais contribui para a permanência dele no poder. Quem sabe vai ser esse ano.
        *** basta ver o que era a Venezuela antes de Hugo Chavez para entender porque a maioria da população ainda tolera o Maduro. Acho que se a coisa apertar muito é bem possível que passem a bola para algum general e a oposição fica como esta.
        **** Será que a Rússia e a China deixam a Venezuela na estrada?

        Sds

  3. Lucena says:

    A siriliZação da veneZuela é seu futuro quase certo e veremos uma grande contingente de veneZuelando invadindo os países fronteiriços com é o caso do braZil e a Colômbia, com oos narcotraficantes se movimentando .. Vixx! .. e se bobear … vai rolar até o ISIS na região..rsrs.. já que de fundamentalistas cristão ..está mais do que comprovado que já existe…. para completar o cenário apocalítico … só falta os islâmicos, adormecida na tríplice fronteira.

    .Como já podemos observar, o Tio Sam através dos seus paus mandado … quer colocar mais um fantoche na região e de contra partida, vemos a Russia e a China que apoiam o Maduro … que seria uma especie de Assd na região.
    .
    A dona prudência nos fala que em briga de de tubarões…. sardinha tem que ficar longe e o braZilzinho nesse contesto entre a Russia ,Eua e a China é um lambari..rsrs
    .
    O braZil terá que encarar essa parada dura, com sua politica externa extremamente ideológica( a diplomacia de pau mandado ) estara entre a cruz e a espada …. basta ver o cascudo que o braZil levou na Arabia Saudita só porque o idiota mor do itamataty disse que o braZil reconhece Jerusalém como a capital de Israel… só por isso !
    .
    Lembrando também …. que a China é a maior parceira comercial do braZil … em fim… o lambari que acha que é um tubarão..rsrsr .. pode ter sério problemas em casa também e se cair na besteira de entra em uma guerra contra a veneZuela …o lambari ficará muito endividado, e com a sua economia tipica de pós guerra… a alegria dos tubarões deWall Street … estupidamente falido e endividado com sua economia extremante “esculhambada” e lá estará o braZil no FMI e no clube de Paris com pires em mãos .. como era antes, nos tempos da brilhantina e direito até de Hiperinflação… nunca o Oriente Médio esteve tão próximo da America do Sul .

  4. Adriano Corrêa says:

    Eu torço que sempre as coisas acabem no diálogo, mas isso aí vai acabar muito mau. As pessoas realmente andam surtadas, achando que armas e violências geram soluções definitivas.

    Quem planta ventos colhe tempestades, aqueles que compram os discurso de violência vão colher isto em suas vidas.

    Vejo a guerra que os sauditas estão travando no Yemen, matando milhares de fome, é fato que perderam a guerra e só a continuam, pois se param a casa Real de Riad cai. Sem os xeiques de Riad os EUA ficam sem petróleo barato, isto vai gerar inflação nos USA e logo o Dolar se torna incapaz de mostra-se como moeda internacional.

    Aqui as Fas brasileiras são incapazes de efetuar uma ofensiva internacional, uma guerra total, mesmo contra vizinhos. O mundo de hoje é totalmente diferente do século passado recente.

    Não entrem na onda de que os equipamentos venezuelanos estão encalhados, neste momento os russos já devem estar pondo tudo em operação (Putin este ano já vai minerar ouro e petróleo lá e isto paga muito bem essas operações).

    Se os venezuelanos não estiverem craques no manejos dessas armas, é muito fácil virem pilotos, técnicos e combatentes russos e chineses, realizarem o serviço e receberem em ouro.

    É só o primeiro A-1 ou F-5 serem abatidos pelas anti-aéreas de mísseis deles, que os braZileiros já poem o rabinho entre as pernas e o Norte e Nordeste fica a sorte e deriva do acaso total.

shared on wplocker.com