Defesa & Geopolítica

Fórum sobre a Segurança Pública do Rio de Janeiro – 100 dias da Intervenção Federal

Posted by

No dia 29 de maio, das 09:30 às 12:30 horas, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), por meio do Observatório Militar da Praia Vermelha (OMPV), realiza um fórum de debates sobre a Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro, sobre o tema “Os 100 dias da Intervenção Federal”.

Participam dos debates o Deputado Federal Hugo Leal Melo da Silva; o Secretário de Estado de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, General de Divisão Richard Fernandez Nunes; e o jornalista do Estado de São Paulo, Antônio Carlos Pereira.

Histórico

O Observatório Militar da Praia Vermelha é um instrumento de acompanhamento da conjuntura nacional e internacional e das análises estratégicas de cenários, fruto da experiência adquirida em operações, com destaque para as de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Ele integra acadêmicos civis e militares que atuam como pesquisadores de temas relacionados ao emprego das Forças Armadas.

Desde o anúncio da Intervenção Federal, o OMPV tem realizado estudos com o objetivo de contribuir para o debate acerca da segurança pública no Estado do Rio de Janeiro. O Observatório destaca a necessidade da ampliação do diálogo construtivo e participativo, de modo a colaborar com a sociedade fluminense em prol da paz social e de um ambiente seguro no Estado fluminense.

Serviço:

Fórum sobre a Segurança Pública do Rio de Janeiro – 100 dias da Intervenção Federal

Data: 29 de maio de 2018 (terça-feira).

Hora: das 09:30 às 12:30 horas.

Local: Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, Praça General Tibúrcio nº 125, Praia Vermelha, Rio de Janeiro-RJ.

Inscrições: pelo site http://portal.eceme.eb.mil.br/eventos/index.php/ompv/ompv.

O fórum é aberto ao público e à imprensa.

Outras informações: Coronel Carlos Eduardo de Franciscis Ramos, telefone (21) 3873-3808 e e-mail defranciscis@hotmail.com.

2 Comments

  1. BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

    “Ciro… como grande economista que és, como é que se deveria resolver a greve dos caminhoneiros ???… Simples… é só imprimir o diesel, oras !!!…”… 🙂

  2. Eu descobri ha algum tempo, que me fez desistir de ver credibilidade em qualquer iniciativa, forum ou seja la o que for que debata estrategia de segurança partido de governos brasileiros (Federal e estaduais)

    Os revanchistas pós 1985, ficaram com tanta urticaria dos militares e órgão de segurança de inteligencia por terem tomando um pé nos fundilhos durante a luta (Terrorismo)armada , que botaram na porcaria da constituição revanchista de 88 (Motivo mor de todo nosso atraso no seculo XXI) que instituições de inteligencia nacional era coisa de “fachista’
    Dai olhe o resultado, depois do fim do SNI, ficamos mais de uma década sem órgão de inteligencia federal, somente do governo do Entregando Henrique Cardoso foi criado algo que ficou pior o remendo do que o rasgo, a patética ABIM…
    que na verdade faz inteligencia nada, e um bando de araponga fazedor de dossiê politico picareta para quem pagar mais, se não fosse a inteligencia do exercito o conhecimento estratégico nacional seria tipo um cego no escuro tatiando as paredes para se orientar. mas o mais patético descobri outro dia… para se agente da ABIM (Nossa “poderosa” Agencia brasileira de “inteligença”) e preciso prestar concurso publico….kkk, olhem que coisa patética, imbecil e bananeira, agentes de inteligencia brasileira são recrutados via concurso publico e tem SEUS NOMES PUBLICADOS EM DIÁRIO OFICIAL. kkkk, e igual jabuticaba isto, so existe aqui.

shared on wplocker.com