Menu
Seções
MBDA Aster 30 agora integrado com o guarda-chuva de defesa aérea de Cingapura
10 de março de 2018 Mísseis

Tradução e adaptação: GHOST

Cingapura recentemente integrou o sistema MBDA Aster 30 com o guarda-chuva da defesa aérea do país. A declaração foi feita pelo ministro da Defesa, Ng Eng Hen, que confirmou em um discurso em uma comissão de defesa no parlamento em 2 de março de 2018.

“Nossos céus estarão melhor protegidos com sistemas de armas avançados e nós também adicionamos recentemente o sistema de mísseis superfície-ar Aster 30”.  Hen não revelou detalhes, como números de sistemas e mísseis.

O ministro da Defesa de Cingapura anunciou em 2013 que a República da Força Aérea de Singapura (RSAF) adquiriria o Sistema de Defesa Aérea Aster 30 para estabelecer uma defesa multi-camadas contra ameaças aéreas.

O Aster 30 substituirá o I-Hawk, que possui um alcance de 40 km. Todas estas armas são operadas por uma única unidade, o 163 Squadron.

“O Aster nos permitirá engajar múltiplas ameaças simultaneamente e de uma distância mais longa”, disse o ministro da Defesa em 2013, acrescentando que isso complementaria o sistema Spyder de Indústria Aeroespacial (IAI) de menor alcance.

O míssil Aster 30 possui um motor de propulsão  sólida de primeira etapa em tandem que é descartado após o lançamento  antes da fase de meio curso. O míssil usa orientação inercial de meio curso, com dados de atualização de correção de orientação sendo transmitidos do centro de controle de fogo baseado no solo através do  data-link ao radar multifuncional Arabel. A velocidade máxima do míssil Aster 30 é de 1,4 km / s. O Aster 30 tem a capacidade de interceptar alvos em altitudes de 50 m a 20 km.

 

 

Fonte: Army Recognition

"1" Comment
Comentários estão fechados
*