Categories
Defesa Defesa Anti Aérea Mísseis Rússia Sistemas de Armas Tecnologia Vídeo

Rússia testa novo míssil interceptador

Atualmente, o sistema A-135 da Força Aeroespacial da Rússia protege Moscou de ataques de mísseis e também desempenha um papel importante no sistema de alerta precoce e controle espacial do país. Agora, um novo sistema há muito tempo em desenvolvimento está sendo submetido a testes.

O Ministério da Defesa russo publicou imagens que mostram o sistema de defesa de mísseis modernizado testado. Durante o teste realizado no Cazaquistão, o míssil interceptor atingiu com êxito um alvo simulado.

 

Hoje, a capital russa está protegida contra ataques aéreos pelo sistema de defesa antimíssil A-135. O desenvolvimento começou em 1971 e o primeiro lançamento ocorreu em 1979.

Fonte: Sputnik

Edição: Plano Brasil

 

4 replies on “Rússia testa novo míssil interceptador”

Rafa_positronsays:

E pq que eles testam isso no Cazaquistão?

oq não falta na Russia é espaço pra testar essas coisas

Rafa_positron, segundo a própria agência Sputnik, aqui está a razão:

“Único em sua classe
O polígono no Cazaquistão não foi escolhido por acaso. Nos últimos 20 ou 30 anos, a Rússia tem realizado testes de seus sistemas de defesa aérea em Sary-Shagan, porque esse polígono tem todas as instalações necessárias. “Não há outro lugar como esse”, revelou Frolov.

Sary-Shagan é o primeiro e único lugar em todo o continente euroasiático adaptado para realizar testes de armas antimísseis. A partir de 1961, no polígono de Sary-Shagan foram testados seis sistemas antimísseis, sete tipos de mísseis antibalísticos e 12 sistemas de mísseis teledirigidos. Todos os ensaios dos sistemas soviéticos de defesa antimíssil e de defesa aérea de longo alcance foram efetuados em Sary-Shagan.

Depois do colapso da URSS, grande parte da infraestrutura de Sary-Shagan foi desmantelada e abandonada. Em 2016, na sequência de um acordo entre a Rússia e o Cazaquistão, foi acordado que o polígono voltaria a funcionar. No início de 2017 começou a modernização do complexo de instalações do polígono. “

Carlos Santossays:

Não entendi. O míssil lançado através do silo desintegrou-se?

Comments are closed.