Defesa & Geopolítica

Revolução Russa faz 100 anos: Como o movimento influenciou a política no Brasil?

Posted by

Criação de leis, duas ditaduras e elaboração de direitos trabalhistas: entenda como nosso País reagiu ao avanço do socialismo e teste seus conhecimentos

A Revolução Russa faz 100 anos nesta terça-feira (7), sendo marcada como um dos movimentos mais importantes da história da humanidade. Com a queda de um governo provisório e a ascensão dos chamados “bolcheviques”, ou seja, o proletariado, a Rússia teve o poder tomado pelos ideais socialistas, em um movimento liderado por Vladimir Ilyich Ulyanov, mais conhecido como Lênin. E os reflexos das mudanças políticas não permaneceram no território gelado de São Petersburgo, atingindo até mesmo o Brasil.

Aproveitando a data em que é lembrada a Revolução Russa, a conta do Twitter do Senado do Brasil compartilhou uma enquete, na tarde da segunda-feira (6), com perguntas sobre o tema, sobre como a implantação do socialismo em novembro de 1917 foi vista e vivida pelos políticos em nosso País. Entre as consequências, por exemplo, podemos citar a criação de leis trabalhistas e as ditaduras no País. Será que você saberia respondê-las?

Para começar, é preciso entender o que a revolução significou ao governo russo. A propriedade privada foi abolida, substituída pela propriedade estatal. Os empresários fugiram para o exterior. As indústrias passaram a ser conduzidas pelos próprios operários. As fazendas mais tarde seriam confiscadas e coletivizadas. O capitalismo, em suma, era varrido do território russo.

Reflexos no Brasil

“Foi em 7 de novembro de 1917 que chegou ao poder, pela primeira vez na história da humanidade, o proletariado”, discursou no Plenário do Senado três décadas depois, em 1946, o senador Luís Carlos Prestes (PCB-DF), o maior nome brasileiro do comunismo. “A revolução soviética do proletariado levou à liquidação absoluta de toda a exploração do homem pelo homem”, disse.

De acordo com os documentos históricos guardados no arquivo do Senado, em Brasília, os papéis que relatam as sessões plenárias de fins de 1917, no Palácio Conde dos Arcos – antiga sede do Senado localizada no Rio de Janeiro –, não possuem discursos de senadores a respeito da revolução.

Na época, os senadores discutiam um projeto do presidente Wenceslau Braz, que decretava estado de sítio em todo o País, uma vez que o Brasil decidira entrar na Primeira Guerra Mundial, depois de a Alemanha torpedear um navio brasileiro.

O projeto do estado de sítio era delicado porque suspendia uma série de direitos dos cidadãos durante o período de guerra, com vistas a garantir a manutenção da ordem pública.

Medo do comunismo

Os papéis do arquivo do Senado mostram que os parlamentares reagiriam aos poucos à Revolução, no decorrer dos anos seguintes, sempre no sentido de impedir que algum levante inspirado na revolução bolchevique colocasse o Brasil no trilho comunista.

Numa frente, os senadores votaram projetos de lei que enquadravam como “bandidos” os líderes operários com ideias revolucionárias. Em outra frente, aprovaram os primeiros direitos trabalhistas do País, de modo a amenizar a exploração nas fábricas e baixar a fervura das agitações operárias.

Na época da revolução, o mais próximo do socialismo e do comunismo que existia no Brasil era o anarquismo (doutrina que defende o fim do Estado), disseminado nas fábricas nacionais especialmente por imigrantes italianos e espanhóis.

Influenciados pelos anarquistas, os trabalhadores da nascente indústria brasileira já haviam mostrado a patrões e governantes que, se quisessem, também conseguiriam fazer uma revolução. Em julho de 1917, às vésperas do clímax da revolução bolchevique, uma greve geral paralisou São Paulo, deixando a cidade ingovernável por vários dias. Em novembro de 1918, uma manifestação semelhante explodiu no Rio – esta, sim, espelhada nos bolcheviques.

Com o objetivo de coibir tais elementos, o então senador Adolfo Gordo (SP) apresentou dois projetos de lei em 1920. O primeiro facilitava a expulsão dos estrangeiros “nocivos à ordem publica ou à segurança nacional”. O segundo previa o fechamento dos sindicatos que incorressem em “atos nocivos ao bem público” e a prisão das pessoas que incitassem crimes “com o fim de subverter a atual organização social”.

“Na formidável luta que movem contra o anarquismo, os Estados modernos promulgam numerosas leis especiais definindo os seus crimes e cominando penas severíssimas, inclusive a de morte”, argumentou Gordo, impedido pela Constituição de 1891 de incluir a pena morte em seu projeto.

Reprodução/ Twitter/ Senado Federal

Luís Carlos Prestes (PCB-DF), o maior nome brasileiro do comunismo

Os dois projetos de Adolfo Gordo contra os anarquistas foram rapidamente aprovados pelo Senado e pela Câmara e viraram lei, sancionados pelo presidente Epitácio Pessoa em 1921.

As preocupações do poder público não acabaram ali. O comunismo logo desembarcaria no País, com a fundação do Partido Comunista do Brasil (PCB), em 1922 – ano da formação da União Soviética. O governo partiu para o contra-ataque. Mal surgiu, o PCB foi posto na ilegalidade por Epitácio.

O Congresso Nacional também reagiu. Em 1923, o deputado Aníbal de Toledo (MT) redigiu um projeto que determinava o confisco de jornais e de sindicato que atentassem contra “a ordem e a moralidade”. Usando como argumento a chegada do comunismo ao Brasil, o senador Aristides Rocha (AM) defendeu a aprovação do projeto.

“Sabe-se que a Terceira Internacional [organização que reunia os partidos comunistas do mundo] resolveu intensificar a propaganda comunista na América do Sul, escolhendo o Brasil para centro de suas operações. O governo está informado de que a Terceira Comunista liberou créditos não só para o custeio da propaganda, mas também para a compra de armas e explosivos. É necessário dar ao chefe do Estado meios para evitar o mal, dotando-o com instrumentos de natureza enérgica para opor um paradeiro às insensatas aspirações comunistas”, afirmou o então senador Aristides Rocha.

No entanto, senadores como Antônio Moniz (BA) criticaram o projeto e afirmaram que a proposta era inconstitucional. “Não há sofisma capaz de disfarçar a inconstitucionalidade dessa medida, que atenta contra a livre manifestação do pensamento. Além disso, o que há são vãos temores. No Brasil não existe o perigo bolchevista. O bolchevismo não se adapta ao nosso meio, que nenhum preparo possui para acolhê-lo e aclimatá-lo. A nossa situação não tem identificação com a da Rússia”, disse Antônio Moniz.

O argumento não convenceu. A censura aos jornais de sindicatos foi aprovada pelo Senado e pela Câmara e recebeu a assinatura do presidente Washington Luís em 1927.

Queda do Czar

A Revolução na Rússia se dividiu em duas etapas. A primeira ocorreu em março de 1917, com a abdicação do czar Nicolau II, ato que acabou com quatro séculos de Monarquia.

A pressão sobre o czar era grande: os camponeses pediam reforma agrária; os operários, melhores salários e condições de trabalho; os soldados, a retirada imediata da Rússia da Primeira Guerra Mundial; os intelectuais, a criação de instituições democráticas. No entanto, a única atitude de Nicolau II erar reprimir a bala a população que fazia protestos por mudanças.

Porém, os revolucionários que forçaram a abdicação do czar e formaram o governo provisório se mostraram incapazes de melhorar a situação do país. A Rússia permaneceu na Primeira Guerra, sofrendo derrotas humilhantes. Em novembro de 1917, os bolcheviques se aproveitaram da insatisfação generalizada e, com o respaldo dos trabalhadores e soldados, tomaram o poder. Foi uma revolução dentro da revolução. Começava, assim, a segunda etapa da revolução na Rússia, a que tornou o país socialista.

No Brasil, até o final da década de 1910, os patrões exploravam sem pudor os funcionários. Em geral, os empregados trabalhavam mais de 12 horas por dia e recebiam salários irrisórios. Não havia férias nem aposentadoria. Muitas vezes, os ambientes de trabalho eram insalubres.

Não era uma realidade muito diferente da que moveu o operariado russo a apoiar a revolução em 1917. Para conter os trabalhadores, o governo brasileiro se viu obrigado a aprovar as primeiras leis trabalhistas do País.

Em 1923, o senador Irineu Machado (DF) apresentou um projeto que limitava a carga de trabalho nas fábricas a oito horas por dia ou 48 horas por semana. No mesmo ano, o Congresso aprovou uma lei que criava as bases do sistema de aposentadorias e, ao mesmo tempo, impedia as demissões arbitrárias.

Em 1927, uma lei proibiu o trabalho das crianças de até 11 anos e reduziu a exploração dos adolescentes. Estes últimos não poderiam trabalhar à noite nem em locais perigosos, como minas e pedreiras. É da mesma época a lei que transformou o 1º de maio no Dia do Trabalho no País. A proposta de feriado foi apresentada pelo senador Irineu Machado em 1922 e sancionada pelo presidente Arthur Bernardes em 1924.

“A burguesia fez concessões no campo da legislação trabalhista, mas não porque fosse boazinha. Ela foi obrigada a ceder. O exemplo da Revolução Russa assustava as classes dominantes”, explica a historiadora Anita Leocadia Prestes, filha do líder comunista Luís Carlos Prestes e autora do livro recém-lançado Olga Benário Prestes – uma comunista nos arquivos da Gestapo.

Duas ditaduras

A revolução  na Rússia continuou ecoando ao longo das décadas. As leis trabalhistas dos anos 1920 foram o primeiro passo para que o Brasil caminhasse em direção a um Estado de bem-estar social. O governo logo passaria a cuidar mais da população, oferecendo serviços públicos como saúde e educação.

No lado político, por outro lado, as repercussões da ascensão bolchevique em Petrogrado seriam catastróficas. Foi em reação à ameaça vermelha (ou à suposta ameaça vermelha) que o Brasil mergulhou em duas ditaduras.

Em 1937, Getúlio Vargas deu o golpe do Estado Novo na esteira da descoberta do Plano Cohen, um suposto documento contendo a estratégia dos comunistas para fazer a revolução no Brasil. Mais tarde, descobriu-se que o plano era falso, apenas um pretexto para Vargas assumir poderes ditatoriais.

Em 1964, os militares derrubaram João Goulart e impuseram a ditadura como forma de deter as reformas de base do presidente, que incluíam a reforma agrária e a estatização das refinarias privadas de petróleo – medidas associadas ao comunismo.

Moscou conseguiu atrair inúmeros países para a sua órbita de influência, como Cuba, China, Coreia do Norte, Afeganistão, Etiópia, Angola e Polônia. A disputa ideológica entre União Soviética e Estados Unidos deu origem à Guerra Fria, que espalhou conflitos armados e ditaduras pelo mundo e deixou a humanidade à beira de uma guerra nuclear. A Revolução Russa, a primeira experiência socialista do mundo, duraria 74 anos. O sonho dos bolcheviques chegou ao fim em 1991, com o enfraquecimento da União Soviética e o regresso da Rússia ao capitalismo.

  • Com informações e reportagem da Agência Senado

Fonte: Último Segundo 

 

 

 

51 Comments

  1. Pingback: Revolução Russa faz 100 anos: Como o movimento influenciou a política no Brasil? | DFNS.net em Português

  2. PÉ DE CÃO says:

    entendi , entao pela revoluçao russa a elite escravagista brasileira a mesma que governa hoje , teve que dar alguns direitos a esse povo brasileiro
    Washington luis , aqui em sao paulo tem um lugar chamado bexiga perto do centro e la era uma grande senzala antes de ser chamada de bairro de italiano , mas ainda hoje tem uma escila de samba vai vai , mas voltando a esse personagem da historia Washington luis , no governo dele se fazia uma diminuição populacional de negros nesse bairro onde a policia matava uns 100 por dia
    hoje os numeros sao menores mas ainda rola uma diminuição populacional pelo brasil a fora
    a revoluçao russa teve ajuda de soldados e povo
    pois justamente a primeira guerra mundial acontecia
    fico imaginando hoje em dia essa elite escravocrata em uma guerra estados unidos e coreia do norte
    os fiadores desses entreguistas ocupados , ou uma outra guerra mundial pode acontecer muita coisa com esses neoescravocratas tupiniquins e estiços alem de entreguistas dos bens da naçao

    a uniao sovietica parou pois colocou no comando um cara chamado gorbachov que em modo de comparação ,parecia um Fernando henrique cardoso
    obrigado pelo texto
    sempre imaginei como eles fizeram uma revolução , agora sei pois os soldados que percebia que ia morrer na guerra preferia juntar ao lado do povo

    esta vendo brasileiro o brasil precisa dos praças ao seu lado
    e precisa de um povo que tenha sua propria arma tambem
    fica a dica tanto para a esquerda e direita pacifistas de boutique

  3. Rafa_positron says:

    OFF Topic

    Aquela filósofa Judith Butler veio palestrar aqui no Brasil no SESC Pompéia, e alguns malucos levaram cartazes pedindo pra “queimar a bruxa”

    Pqp
    que coisa sem noção é essa?

    Isso é o Brasil do Sec XXI ou do Séc XV ?

    • Mirade1694 says:

      Isso é o reflexo da falta de cultura e respeito mas de excesso de opinião conservadora e sem senso de ridículo que ultimamente tem tomado conta de parcela da classe média brasileira dita culta e distinta.

    • Lucas says:

      Considerar Judith Butler “filósofa” é realmente muita falta de cultura e distinção… mas há quem ache o lula um “estadista” !!!… porque não achar, então a “bruxa de Blair” um ser pensante ???!!!…

      • Rafa_positron says:

        Seu curriculo é melhor do que o dela?

      • Lucas says:

        Em que sentido ???… porque até bandido tem curriculum, meu caro… porque, não só quem vai contra a normatização legal pode ser assim considerado, mas também quem se esgueira pelos vão do legalismo para praticar o mal contra os intelectualmente despreparado… parece ser o caso dela… uma DESCONSTRUTIVISTA que abraçou o pensamento de Derrida… vc ao menos se deu ao trabalho de ler alguma obra dela antes de ficar preocupadinho com arranhões em sua imagem pública???… creio que não… porque sequer tem ideia a serviço de quem esta mulher está (sic)… do esquerdismo mais satânico que se pode conceber…

      • Rafa_positron says:

        Esquerdismo satanico?

        puta merda

        quantos anos tu tem? 80 ?

        jura que tu ainda é daqueles que compraram a ideia de que comunista/esquerdista tem pacto com o satanás e come criancinhas?

        dela eu só li alguns textos

        ideologia de genero não é meu forte

        de todos os filosofos mais contemporaneos eu gosto mais do Bachelard e do Thomas Kun

        no mais
        isso não tira o fato de ela ser uma filosofa reconhecida

        se vc não concorda com ela, critique as ideias… mas não diga pra queimarem-na numa fogueira

        isso é patetico

      • Lucas says:

        Quando parte de vcs nada é patético, até aberrações antinaturais…

      • Rafa_positron says:

        O que é mais satanico:

        – Uma filosofa que defende suas ideias aberta e honestamente

        ou

        – Gente como Eduardo Cunha, Waldomiro Santiago e Silas Malafaia, que se utilizam do nome de Deus pra ganhar o dizimo do povo pobre e manter um padrão de vida milionario (alem de roubarem o erario)

        responde ai

      • Lucas says:

        Cada um responderá perante os justos pela sua cota parte de bem e mal… se vc tivesse conhecimento do Livro, saberia disso… mas não se coze remendo novo em pano podre… saudações…

  4. lucena says:

    Acredito que todo mundo em algum dia na sua vida, em certos momento é e será ( se coloca em certos temas )… um socialista,ou comunista ou capitalista .. aliás os três tem o seu lado bom e também tem o seu lado mal.
    .
    Quem não quer o lado bom do comunismo na justiça .. onde esta, deveria ser justa para todos .. quer seja para o pobre ou rico ? .. plebeu ou nobre ? .. como assim diz a constituição … Todo mundo é igual perante a lei !
    .
    Quem não quer o lado bom do socialismo .. onde o governo deveria ser : do povo, para o povo,e pelo povo ? .. assim já dizia Abrão Lincoln ,,, e não do mercado ( banqueiros aristocráticos ) …. em que o serviço deste governo nas três áreas sociais como ; educação,saúde e a segurança pública …. seriam mais democrática para todos … e se a iniciativa privada queira entrar nessas áreas, deverá prestar um serviço melhor do que a pública …a velha concorrência do mercado ( capitalismo ) .
    .
    Quem não quer o lado bom do capitalismo…. onde você possa usufruir dos frutos do seu trabalho honestamente ? …. lembrando a não corre o risco de se apegar a esses frutos ( virá escravo dele ), já alertava Khisna … o lado mal do capitalismo … onde o homem se torna egoísta,avarento e porque não corrupto … o mal desse século .. um fato que pode destruir até a raça humana .
    .
    .
    A questão que sempre é debatida nas redes sociais … é isso ai … alguns criticam o socialismo,capitalismo e o comunismo .. rotulando os outros de esquerda ou da direita como se no batistério do indivíduo … já estivesse escrito a sua inclinação da sua ideologia e assim como o nome.. fosse imutável para o resto da vida .

    • Rafa_positron says:

      “Quem não quer o lado bom do comunismo na justiça .. onde esta, deveria ser justa para todos .. quer seja para o pobre ou rico ? .. plebeu ou nobre ? .. como assim diz a constituição … Todo mundo é igual perante a lei ! ”

      kkkkkkkkkkkk

      A LEI ÉPARA TODOS só existe no filme da Lava-Jato

      E O AÉCIO NEVES é a prova disso

    • lucena says:

      O pior não é isso camarada Rafa … esse tipo de hipocrisia que verificamos no braZil do pós-golpe .. se via muito na crise de 2008 …e lá nos EUA … a meca do capitalismo mundial.
      .
      Os grandes financistas, banqueiros e empresários que estavam quebrados .. estes que criticam tanto o socialismo; pois bem .. eles socializaram o prejuízo, oriundo da jogatina de Wall Street …rsrs .. e foi o povão que pagou o pato pois o governo americano, colocou dinheiro publico para tampar os rombos no mercado financeiro americano …. e até hoje muitos americanos, desempregados, estão morando em Obamaville ou em carros … hoje verdadeiras lata-velhas .

    • S-88 says:

      Comunismo na justiça é “todos são iguais perante a lei” é?

      Abraham Lincoln “socialista”?

      Essa é a “Pátria- educadora” que em 13 anos produziu uma massa que além de ——– é amestrada…….

      • Rafa_positron says:

        Se engane não
        Depois da perseguição e da “queima às bruxas” contra AZIZQUERDAS, a gente sabe bem quem são os proximos da lista

        OS JUDEUS

        Ja vimos isso acontecer antes

        Uma vez aberta a caixa de pandora da ignorancia ideologica, é dificil fecha-la

        quem viver verá

      • S-88 says:

        Onde está o erro no meu comentário? Ou vai dizer que você também acha que a igualdade perante a lei é um dogma comunista e que Abraham Lincoln era socialista?

        Ah! já que você falou de judeus não custa lembrar que as esquerdas são visceralmente antissemitas, basta ver que defendem abertamente a destruição do Estado de Israel.

      • Rafa_positron says:

        Eu só digo que nós estamos indo por um caminho perigoso demais

        Ou por acaso vc acha normal em pleno seculo XXI o pessoal levar cartazes e crucifixos pedindo que a filosofa seja queimada na fogueira?

        Vai vendo…
        Vai vendo onde isso vai dar

      • S-88 says:

        Um grupinho que vai protestar de forma risível contra uma filósofa não me preocupa. Me preocupa, sim, é o STF acatar argumento de um movimento fascista como o Escola Sem Partido e proibir que a coordenação do ENEM anule redações que violem direitos humanos. Isso sim é preocupante.

      • Rafa_positron says:

        Mas é assim que começa, Tirelles

        Um grupinho pequeno aqui…
        Um grupinho pequeno acolá

        O partido Nazista na Alemanha não começou grande… começou no fundo de um quintal

        E olha no que deu

      • LUCENA says:

        (…)Ah! já que você falou de judeus não custa lembrar que as esquerdas são visceralmente antissemitas, basta ver que defendem abertamente a destruição do Estado de Israel (…)
        .
        Vai ver que esse pobre coitado nem sabe quem foi a sionista … Golda Meir … um ignorante que quer criticar as coisas que nem sabe do que se trata … é um típico ignorante funcional em política e ideologia … resumindo ..rrsrs .. um xucro.

      • LUCENA says:

        (…) Golda Meir … foi eleita secretária-geral do Partido Mapai, conseguindo unificar três partidos de esquerda e formar o Partido Trabalhista. (…)
        .
        .
        (*) fonte : http://www.dw.com/pt-br/1969-golda-meir-assume-como-primeira-ministra-de-israel/a-781870

      • LUCENA says:

        David Ben-Gurion … estudou na Universidade de Constantinopla, aderindo desde cedo ao … socialismo e ao sionismo.
        .
        Em 1906 estabeleceu-se na Palestina, onde organizou um corpo de guarda para a defesa dos estabelecimentos agrícolas judaicos na região .
        .
        (*) fonte : http://educacao.uol.com.br/biografias/ben-gurion.jhtm

      • LUCENA says:

        A esquerda defende os dois estado .. o Palestino e o Israelita … até os esquerdista em Israel, defende o direito dos Palestinos .
        .
        Aliás, a esquerda, até os judeus de Israel …condenam a forma como os Palestinos são tratados por uns tipinhos de sionistas neo fascista racista … que se acham o dono da razão e se passa por gente de bem e que na verdade.. são os iguais aos cretinos preconceituosos racistas …os mesmo de uma época antiga lá na Europa ..que perseguiam judeus .. e hoje a bola da vez .. são os semitas árabes e palestinos .. pelos dito cujos.

  5. Alessandro says:

    Luís Carlos Prestes = resumindo ele três palavras, foi um mer#%

    Devia ser lei em todos os países qualquer um que defenda ou use símbolos comunistas responder um processo de divulgação ao comunismo por fazer apologia a discriminação de cor, etnia, religião ou procedência nacional, como já acontece muito bem com o nazismo em alguns lugares.

    O mundo vai ficar muito melhor quando esse regime for considerado um crime contra a humanidade por todas as barbáries que já fez ao longo da história e ainda vem fazendo.

    • Lucas says:

      A tal “coluna prestes” não prestou pra nada… nem para os próprios comunistas… tanto é que mandaram aquela judia que foi cremada por Hitler para ficar de olho no Julinho… até que Getúlio Vargas, tão aclamado pelas izquerdas, a mandou para a condenação certa… fez bem… quem vem ao país alheio plantar revoluções tem mais é que ser apenado mesmo… tivesse Fugêncio Batista feito isso com o cabeludo argentino, talvez a história cubana teria sido outra… país que tem agencia de informações fracas tende a ser colonizado rapidamente… tá na hora do GF entender isso e acabar com concurso para a ABIN… isso é um escracho… agentes não se forma através de concurso público mas são escolhidos por suas capacidade inatas… só “nestepais” é que se escolhe agente de informações em prova de concurso… este país não é para iniciantes… a coisa aqui foi tão desconstruida que a anomia em que estamos passa a ser considerada normal… é a história do sapo na água fervente… se for esquentando devagar, morre sem sentir que está sendo cozido…

  6. Capa Preta says:

    Sabem quem entende bem de União Soviética? Ucranianos e poloneses. E hoje tanto polônia quanto Ucrânia criminalizaram o comunismo em suas constituições.
    Não e preciso falar mais nada.

  7. Capa Preta says:

    Um comunista para mim hoje:
    “aaaaiiin, se não fosse o comunismo não teríamos direitos trabalhistas”

    Ele quase engasgou com o copo de pinga quando mostrei para ele que Vargas copiou nossa CLT da carta del lavoro do fascista Mussolini.
    _
    Mas o comunismo e um sucesso sim, tanto que hoje a URSS e um sucesso, vários cidadãos de Miami fogem em botes improvisados de garrafa PET para Havana, e em Berlin tiveram que construir um muro com snipers em cima para ninguém fugir do lado capitalista para o lado socialista. 😛

    • Lucas says:

      COMUNISMO BOM É NA TERRA ALHEIA… 🙂

      Perguntinha para se pensar: porque os ricos judeus nova-iorquinos financiaram os bolcheviques para a implantação do estado comunista na Rússia czarina ???… isso comuna algum para pra pensar ou expõe o que pensa…

  8. A Máquina Troll says:

    “Rafa_positron
    7 de novembro de 2017 at 21:28

    “Quem não quer o lado bom do comunismo na justiça .. onde esta, deveria ser justa para todos .. quer seja para o pobre ou rico ? .. plebeu ou nobre ? .. como assim diz a constituição … Todo mundo é igual perante a lei ! ”

    kkkkkkkkkkkk

    A LEI ÉPARA TODOS só existe no filme da Lava-Jato

    E O AÉCIO NEVES é a prova disso”

    a cambada que votou no noia traficante, que bateu panela na janela, que se ajoelhou diante dos patos infláveis do Skaf, que vestiu a camisa do 7 a 1 e cantou o hino nacional na porta da Fiesp os meus parabéns!…vocês conseguiram entregar o pais à maior quadrilha organizada que já se teve notícia desde o governo militar…na Política Brasileira o réu não precisa provar sua inocência… basta ter foro que é inocentado…fatos… gravações….. denuncias …tudo isso é irrelevante… e quando vai preso passa um mês na cela e sai pelas portas da frente com uma tornozeleira de brinquedo…

    psdb = Pronto Socorro dos Bandidos….

    • A Máquina Troll says:

      Nestor Cerveró se impressiona com impunidade da corrupção tucana :

      https://www.youtube.com/watch?v=qyC6A6uh504

    • A Máquina Troll says:

      “Rafa_positron
      7 de novembro de 2017 at 21:28

      A LEI ÉPARA TODOS só existe no filme da Lava-Jato

      E O AÉCIO NEVES é a prova disso”

      neste pais não se prende ninguém da quadrilha do psdb porque tem provas suficientes… mais não tem convicção… e na justiça brazileira o que vale mesmo é convicção.…rs..

      A hipocrisia de Aécio :

      https://www.youtube.com/watch?v=ZTCpnHMmEhw

  9. A Máquina Troll says:

    “Capa Preta
    8 de novembro de 2017 at 0:38

    Um comunista para mim hoje:
    “Capa Preta
    8 de novembro de 2017 at 0:38

    Mas o comunismo e um sucesso sim, tanto que hoje a URSS e um sucesso, vários cidadãos de Miami fogem em botes improvisados de garrafa PET para Havana, e em Berlin tiveram que construir um muro com snipers em cima para ninguém fugir do lado capitalista para o lado socialista. ”

    22% das crianças estadunidenses vive abaixo do limiar da pobreza….calcula-se que cerca de 16 milhões de crianças estadunidenses vivam sem “segurança alimentar”…ou seja… em famílias sem capacidade econômica para satisfazer os requisitos nutricionais mínimos de uma dieta saudável….as estatísticas provam que estas crianças têm piores resultados escolares, aceitam piores empregos, não vão à universidade e têm uma maior probabilidade de quando adultos serem presos….

    O ensino publico de lá é a mesma porcaria daqui…as escolas publicas são iguais as daqui…até porque a maior parte da população que faz uso são de “minorias”…negros, imigrantes e latinos…população esta que eles agem mesmo para que se mantenham na marginalidade sem educação ou formação…

    • A Máquina Troll says:
    • Capa Preta says:

      Agora compare os capitalistas Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Inglaterra, Coreia do Sul, Japão, Cingapura com os socialistas Venezuela, Cuba, Coreia do Norte e depois volte aqui para comentar caro maquinista 😀

    • A Máquina Troll says:

      “Capa Preta
      8 de novembro de 2017 at 2:56

      Agora compare os capitalistas Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Inglaterra, Coreia do Sul, Japão, Cingapura com os socialistas Venezuela, Cuba, Coreia do Norte”

      países como Austrália, Canadá e Coreia do sul são exemplos de grandes países corruptos …onde esquemas de cartas marcadas e reserva de mercado para os eua são uma tradição…só que estes países nunca sairão na relação dos países mais corruptos feitos no ocidente…só quem sairão claro, serão as nações que vão de contra a influencia e os interesses dos eua …

      mas vão tentar fazer esquema, maracutaia ou alguma malandragem lá pela China pra ver o que acontece…vão…vão lá tentar fazer isso com o tio Pai Mei pra vcs verem só…enquanto nos eua trilhões de dólares dos contribuintes “somem” no pentágono todos os anos…na China empresários bilionários pegos em esquemas de corrupção são condenados a execução ou a prisão perpetua sem dó…

      BANCO MUNDIAL COMPARARA CUBA, EUA E CHILE :

      https://www.youtube.com/watch?v=X1EIzp6OoCU

      • Lucas says:

        Pior são os países comunistas que, além de serem corruptos são miseráveis e escravocratas… não adianta, troll… a realidade não pode ser distorcida, ainda que se busque a todo custo faze-la… pode postar os vídeos que quiser, distorcendo e tergiversando, mas na hora de perguntar para o cidadão que vive em cuba se ele prefere ficar lá ou ir para Miami, adivinhe a resposta… rsrsrrsrsssss… como disse o CP, fazem até bote de garrafa pet para escapar do paraíso castrista… rsrsrsrsssss… “DURA COISA TE É RECALCITRAR CONTRA O AGUILHÃO DA REALIDADE”… 🙂

    • A Máquina Troll says:

      COMO AS INDUSTRIAS PARASITAM O ESTADO NOS EUA :

      https://www.youtube.com/watch?v=wAswszP_2Yg

      • Lucas says:

        Claro que sim… eles são uma economia CAPITALISTA e INDUSTRIAL… vc queria o que ???… que fossem parasitados pelo pt ???… 🙂

      • A Máquina Troll says:

        fazendo militância/propaganda antiliberal Xarliane?!….hiiiiiii…. 😀

    • A Máquina Troll says:

      SABE POR QUE EUA AINDA NÃO COLAPSOU? :

      https://www.youtube.com/watch?v=D0mBgDy0y0o

      • Lucas says:

        Porque NUNCA irá colapsar… economias CAPITALISTAS não colapsam… elas sofrem uma marolinha de vez em quando mas não quebram… se reinventam… “DURA COISA TE É RECALCITRAR CONTRA O AGUILHÃO DA REALIDADE”… 🙂

  10. Brasileiro de Verdade says:

    “poderosa” URSS, tão poderoso que não existe mais. Rússia pior que o Brasil, ambos de terceiro mundo, mas até mesmo o Brasil é superior. Herdar um Arcenal Soviética construído com trabalho forçado é fácil, quero ver competir com os Estados Unidos e seus aliados na produção, desenvolvimento e compra de armamentos.

      • Heitor says:

        aliado as reformas trabalhistas e o fim da previdência tu acha que isso seria uma boa para grande maioria dos brasileiros principalmente a milicada pobre!

        “O capitalismo gera o seu próprio coveiro.”
        Karl Marx

      • Lucas says:

        Sempre funcionou antes… porque não funcionaria agora ???… quem está reclamando são só os sindicalistas ladrões que roubam seus próprios pares e os funcionários públicos que não produzem nada, porque os que produzem prefeririam se pagos por produção para não ficarem carregando vagabundos nas costas… CAPITALISMO SELVAGEM… a salvação da lavoura !!!…

  11. Cesar A. Ferreira says:

    Uma matéria interessante sobre os reflexos da revolução de outubro em nosso país.
    Parabéns ao Konner pela seleção e ao repórter do Último Segundo que redigiu o artigo.

  12. mf says:

    Comunismo ou Socialismo, o que preferirem, não passa de divisão igualitária da miséria. Não deu certo em lugar algum do mundo. O capitalismo está longe de ser perfeito, mas isto não significa que devamos ovacionar ou buscar um sistema ainda muito pior.

    • Lucas says:

      BRAVO !!!…

  13. mf says:

    Se temos um país de terceiro mundo, apesar de todo nosso potencial e tamanho, a culpa é de nós mesmos, nós que elegemos governantes corruptos, populistas e ligados a interesse de grupos, sejam internos ou externos. Estadistas patriotas tivemos poucos, talvez não tenhamos mais nenhum. Também sou contra ao globalismo desenfreado que só beneficia grandes potencias, tanto quanto sou contra a ideologias fracassadas de esquerdistas utópicos.

shared on wplocker.com