Categories
Defesa Rússia Sistemas de Armas Tecnologia

Forças Armadas Russa interessadas em adquirir versão do helicóptero Mil Mi-38

MI 38E.M.Pinto

O Ministério da Defesa da Rússia chegou a um acordo quanto a aquisição do novo modelo de helicópteros médio Multi propósito Mil Mi-38 para as susas forças armadas. Produzido pela Kazan Heliopters uma subsidiária da “Russian Helicopters”. A fabricante russa atesta que finalmente definiu o conceito de Mi-383, versão de  transporte militar modificada do modelo que de acordo com o relatório trimestral empresa lançado em dezembro de 2015, “alcançou a plena execução dos requisitos capazes de permitir as adequações no projeto para uma variante militar”. Esta variante militar, segundo o fabricante, será a primeira a ser  produzida para as Forças Amradas Russas. 

Embora ainda não hajam pedidos formais por parte do Ministério da Defesa Russa, a Kazan Helicópters informou que a homologação da aeronave em dezembro de 2015, abriu as portas para a variante militar do helicóptero e que as conversações com o MD Russo frutificaram.

O primeiro protótipo do Mi 38 (versão civil), voou pela primeira vez em 22 de Dezembro de 2003, após doze anos de desenvolvimento, a aeronave recebeu a certificação pela Rosaviatsiya em 30 de Dezembro de 2015, após completar o programa de testes e certificação. A certificação baseou-se nos terceiro e quarto protótipos que foram equipados com  motores Klimov TV7-117 de 2.500 shp cada. Este feito permitiu a entrega do primeiro modelo de produção. 

TV7-117V_HeliRussia_2011_01
Equipado com duas Klimov TV7-117V o Mi-38 possui uma velocidade máxima de 320 km / h, e um alcance de 920 km. Seu teto serviço é 5.900 m.
Mi 38
Novos aviônicos dentro do conceito “glass cockpit” foram projetados para atender aos avanços naturais dos projetos atuais.

O Mi-38 pode transportar até 30 passageiros e tem uma capacidade de carga interna de 6.000 kg.  

Erroneamente é atribuído a aeronave ser uma modificação dos mais antigos Mil Mi 8-17, entretanto, apesar do seu design atestar a inegável semelhança entre os helicópteros, o Mi- 38 não deriva dos Mi-8 e 17, trata-se  de um projeto inteiramente novo.

A aeronave foi projetada para atender aos critérios internacionais cada vez mais exigentes . Foi concebido para operar com apenas um dos pilotos, se necessário. Seu projeto congrega o desenvolvimento por completo de novos  aviônicos  e foi projetado atendendo ao conceito “glass cockpit“.

As novas pás de rotor, mais leves, mais aerodinâmicas e resistentes, são interamente produzidas em compósitos. A Kazan deseja que o  Mi 38 seja oferecido com duas opções de motores, atualmente certificado com o Klimov TV7-117V a fabricante busca equipá-lo para o mercado internacional com o motor canadense Pratt & Whitney Canada PW127 / TS turboshaft, 2.800 shp cada um. Mais pontente, este motor daria a aeronave maior segurança de voo e o facilitará ao mercado internacional.

O cubo do rotor, desenhado especificamente para a aeronave, é mais resistente que seus predecessores e requer menos paradas para manutenção, possuindo também menos peças móveis.

A suite de equipamentos eletrônicos e o seu projeto estrutural o permitem operar nas mais variadas condições climáticas que vão desde o extremo frio Ártico até escaldante calor dos desertos.  A aeronave é projetada para operar em grandes altitudes em  cordilheiras como o Himaláia, mas também ao nível do mar em regiões tropicais.

mi 38
Com uma rampa de acesso para veículos e tropas o Mi 38 facilita o embarque e desembarque rápido em situações de combate.

O segundo protótipo da aeronave voou equipado com o PW127TS, quando fez o seu primeiro vôo em dezembro de 2010. O modelo em questão estabeleceu um recorde de altitude, atingindo 8.620 m (28,280 pés), sem uma carga útil.  O Mi-38 atingiu expressivos record, demonstrando as diferenças claras entre o seu projeto e os mais antigos Mi-8-17, o protótipo alcançou a altitude de 3.000 m (9.843 pés) em seis minutos e em seguida alcançou 6.000 m (19.685 pés) em 10 minutos e 52 segundos.

Dois outros registros demonstram as capacidades da aeronave que fixou-se em 7.895 metros (25,902 pés) com uma carga útil de 1.000 kg (2.205 lb), posteriormente, em 7.020 metros (23,031 pés) com uma carga de 2.000 kg (4.409 lb) .

A variante militar equipada com uma rampa trazeira permite o embarque rápido de tropas e veículos leves e possui uma taxa de subida superior aos do Mi-17, isto garante maior segurança na infiltração e evacuação de tropas em situações de combate.

A aeronave pode ser oferecida em uma variada gama de modelos  que vão desde aeronaves de transporte civil e VIP até, transporte militar, guerra eletrônica, Combat-Sar*, Anti submarino*e Superfície*, Resgate e bombeiro.

*Ainda não confirmadas

[embedplusvideo height=”395″ width=”650″ editlink=”http://bit.ly/1WKFS3K” standard=”http://www.youtube.com/v/MSVkmdPZY2U?fs=1″ vars=”ytid=MSVkmdPZY2U&width=650&height=395&start=&stop=&rs=w&hd=0&autoplay=0&react=1&chapters=&notes=” id=”ep1352″ /]

Especificações (protótipo 3)

Tripulação:1-2  +30 passageiros

Capacidade de carga interna: 6,000 kg (13,000 lb)

Capacidade de carga externa: 7,000 kg (15,000 lb)

Comprimento: 19.70 m (64.6 ft)

Comprimento com Rotor : 21.10 m (69.2 ft)

Altura: 5.13 m (16.8 ft)

Área do rotor: 349.5 m² (3,762 sq ft)

Massa/vazio: 8,300 kg (18,300 lb)

Massa/ Carregado: 14,200 kg (31,300 lb)

Máxima carga par avoo: 16,200 kg (35,700 lb)

Propulsão: 2 × Klimov TV7-117V ou Pratt & Whitney Canada PW127/TS turboshaft, 2,800 shp (2,100 kW) cada (pretendido)

Performance

  • Velocidade máxima: 320 km/h (200 mph; 170 kn)
  • Velocidade de cruseiro: 290 km/h (180 mph; 160 kn)
  • Alcance: 920 km (570 mi; 500 nmi) with main tanks
  • Alcance com tanques externos: 1,550 km (960 mi; 840 nmi)
  • Teto de serviço: 5,900 m (19,400 ft) operacional, 3,750 m (12,300 ft) Taxa de subida: 9.2 m/s (1,810 ft/min)
  • Carga no disco do rotor: 41 kg/m² (8.4 lb/sq ft)
  • Potência/ massa: 296 W/kg (0.180 hp/lb)