Defesa & Geopolítica

Super Tucanos aumentam presença da Embraer na África

Posted by

EMB-314_Super_Tucano_Angola

Por Oscar Nkala

GABORONE, Botswana – A fabricante aeroespacial brasileira Embraer Defesa e Segurança continua expandindo sua presença no mercado Africano com uma venda para o Mali e o anúncio recente na Paris Air Show de uma venda para Gana.

A Embraer anunciou que as duas forças aéreas do Oeste Africano pediram 11 de seu “carro-chefe” A-29 Super Tucano aviões turbo-hélice de ataque leve e treinamento avançado. Em um comunicado publicado no seu site, a Embraer anunciou que o Mali assinou uma ordem para seis A-29, enquanto o Ministério da Defesa do Gana acordou em adquirir cinco da aeronave.

Ambos os países pretendem utilizar o Super Tucanos para treinamento avançado de pilotos, a vigilância das fronteiras e uma ampla gama de outras missões de segurança interna. Os detalhes sobre datas de entrega ainda não foram liberados.

Antes da assinatura dos novos acordos, a Embraer vendeu o A-29 Super Tucano para apenas quatro clientes africanos: Angola, Burkina Faso, Senegal e Mauritânia. O presidente da Embraer Defesa e Segurança, Jackson Schneider, disse que a ordem da Força Aérea Ganesa marca uma expansão do mercado Africano para a empresa.

“Temos o prazer dar as boas-vindas à Força Aérea de Gana como um novo operador do Super Tucano, uma aeronave que já está consolidada no mercado global, [como nós estamos] expandindo nossa presença na África. Estamos confiantes de que com essa aquisição, a Força Aérea de Gana estará equipada com a solução mais adequada e comprovada para atender às suas necessidades operacionais”, disse ele.

Comentando sobre o pedido do Mali, Schneider discutiu as fortes relações de negócios de sua companhia tem desenvolvido com o governo do País do Oeste Africano. Ele disse que o Super Tucano é o único avião que se adapta ao papel de contraterrorismo, pois ele pode ser utilizado tanto para a vigilância quanto para combate.

“Com este contrato, nós estamos adicionando mais um cliente importante na África, onde vários países já operam o Super Tucano. Este é um avião robusto e versátil, com experiência comprovada em combate e vai cumprir com excelência as missões para as quais forem selecionados. Nós damos as boas-vindas a Força Aérea do Mali como um novo operador do Super Tucano e temos certeza que esta nova parceria vai durar por muitos anos”, disse Schneider.

O ministro da Defesa do Mali, Tieman Coulibaly, disse que seu governo selecionou o A-29 por causa de sua simplicidade e versatilidade.

“Estamos bastante satisfeitos com a forma como a nossa cooperação militar e de defesa com a República Federativa do Brasil está se desenvolvendo. Sobre Super Tucano, todos nós sabemos como esta aeronave é apreciada em todo o mundo por sua versatilidade e simplicidade. Para resumir, eu estou feliz por assinar este contrato hoje. “

Nos termos do contrato, a Embraer irá fornecer apoio logístico para a operação das aeronaves e estabelecer um sistema de treinamento para pilotos de Gana e mecânicos que irão operar e reparar a nova aeronave.

O Super Tucano é descrito pelo fabricante como uma aeronave turboélice robusta capaz de executar uma ampla gama de missões, incluindo apoio aéreo aproximado e de inteligência, vigilância e funções de reconhecimento.

Tem mais de 130 configurações de armas certificadas e está equipado com o avançada eletrônica, eletro-óptica, tecnologias de sistemas infravermelho e de laser, entre outras especificações operacionais. Dez forças aéreas em todo o mundo operam a aeronave, incluindo a Força Aérea dos EUA.

A USAF espera que a entrega de pelo menos 20 unidades do Super Tucano, que adquiriu para o Afeganistão, e outros seis com entrega para o Líbano.

De acordo com Schneider, a Embraer já recebeu mais de 210 pedidos firmes do A-29 e entregou mais de 190 aviões em todo o mundo ao longo da última década.

Fonte: Defense News

7 Comments

  1. Pingback: Super Tucanos aumentam presença da Embraer na África | DFNS.net em Português

  2. ,..Sem dúvidas, a presença de Pindorama no continente irmão…boa qualidade faz isso. Imaginem um caça supersônico, ainda q Frankenstein, + próprio p as condições do BRASIL,eis o mercado.. …Sds. 😉

  3. teropode says:

    Se estivesse na mao destes petralhas ,estaria fabricando pipas e baloes para festinhos juninas e julinas e , devendo ,devendo ,devendo ,com o quadro de funcionarios inchados ,inchados !

    • teropode says:

      Inchado , inxado ou inçado !

  4. Que bom , nos serviram com escravos no passado , nos servem com formação de cultura desde sempre , e também são otimos clientes para nossos produtos .Obrigado Africa.

  5. Se não fosse esses malditos petralhas, que abriram embaixadas em quase todos os países da África, esses contratos nem existiriam.

    • JR_EWING says:

      Kaxirola não era o nome daquela trapizomba inventada pelo Carlinhos Brown para faturar uns cobres na copa as quais, dada a sua ruindade, foram sumariamente descartada pelos torcedores baianos em um Ba-Vi? Pois então, seu comentário chapa-branca é exatamente isso, uma Kaxirola. E pelo visto deve ter custado um pão com mortadela vencida….

shared on wplocker.com