Defesa & Geopolítica

Rússia e China desenvolverão aeronave baseada na plataforma Il-96 400T

Posted by

Ilyushin Il-96-400TIlyushin Il- 96-400T

Sugestão: Red Dragon (Taiwan)

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

 

Leia também 

REVO UMA DOR DE CABEÇA PARA A FORÇA AÉREA RUSSA

 

Algumas semanas atrás, o importante acordo visando o desenvolvimento de uma aeronave para transporte de passageiros foi assinado entre indústrias e os governos da China e Rússia. E meio a um vultoso acordo desenvolvimento aeronáutico, o acordo prevê o desenvolvimento de aeronaves no segmento de aviação de jatos de passageiros grande porte. É sabido que Pequim é deficitária nessa área e precisa de melhorar a sua indústria para se capacitar, por si só,  desenvolver uma aeronave comercial de passageiros de longo alcance de quatro motores de fuselagem do tipo wide-body será uma oportunidade única para a indústria chinesa.

O memorando assinado entre os russos chineses prevê o  desenvolvimento  de um  avião de passageiros de grande porte que, sem dúvida, serão utilizados ​​pelos militares como uma plataforma multi- propósito. Trata-se de um acordo envolvendo o fabricante russo do grupo Ilyushin que vai colaborar com o conglomerado chinês homólogo  no desenvolvimento do avião cargueiro russo Ilyushin Il- 96-400T .

 A mídia chinesa especula que o potencial para as aeronaves derivadas deste projeto são enormes, existe a possibilidade do desenvolvimento de diversas variantes desta aeronave sendo uma delas o cargueiro reabastecedor que poderá  substituir o Ilyushin Il -78 atualmente em serviço na PLAAF .

 A versão reabastecedora do Il- 96-400T possuirá capacidades superiores aos atuais KC- 46, aeronave baseada no Boeing 767 comercial e que, certamente, será de interesse da PLAAF e PLANAF .

Além disso outras versões podem ser desenvolvidas tais como:

  • Aeronave de alerta aéreo antecipado AWACS.
  • Posto de comando Aéreo
  • ELINT SIGINT
  • Surveillance Target Attack Radar System

 O investimento previsto para o programa russo-chinês  do ” Il- 96-400T ” é de 50 bilhões de yuans ( cerca de US $ 8 bilhões). A estimativa de investimento final de programa é avaliada em cerca de US$ 16 bilhões.

Porém o amplo acordo de desenvolvimento Sino-Russo do Il 96-400T não é o único. Ambos os países assinaram um acordo para o desenvolvimento de um turbohélices leve monomotor o Ilyushin Il -103 cuja estimativa de produção ronda as 200 aeronaves por ano.  O Investimento no Programa é de cerca de US$ 130 milhões.

Fonte: Asian Defense

8 Comments

  1. helveciofilho says:

    por LUCENA
    .
    .
    Vejo a cada dia, uma maior aproximação entre russos e chineses em matéria de defesa.
    .
    Um comprometimento entre eles pode resultar em um pacto militar como fora o de Varsóvia e como é a o da OTAN; para o desespero dos coxinhas .. 😉

    • helveciofilho says:

      por LUCENA
      .
      .
      .
      EUA E CANADÁ ENVIAM JATOS PARA INTERCEPTAR AERONAVES RUSSAS
      .
      Na quarta-feira, seis aeronaves da Rússia entraram na zona de identificação da defesa aérea dos Estados Unidos (Adiz, na sigla em inglês), uma área além do espaço aéreo soberano dos Estados Unidos, de acordo com um comunicado do Norad, o comando aeroespacial dos EUA e do Canadá, e do Comando Norte dos EUA (Northcom).
      .
      .
      (*) fonte: http://noticia-final.blogspot.com.br/2014/09/eua-e-canada-enviam-jatos-para.html
      .
      .
      “dois aviões caça F-22 baseados no Alasca, agindo sob o comando do Norad, identificaram e interceptaram dois tanques russos IL-78 de reabastecimento, dois aviões russos de combate Mig-31 e dois bombardeiros Russian Bear de longo alcance no Adiz, oeste do Alasca”, disse o comunicado.
      .
      ************************
      .
      .
      Se os EUA mandaram F-22 é só para mostrar que aos trancos e barrancos, os F-22 ainda voam ( por misericórdia ) … rsrsrs … se fosse para valer, mandariam F-15 … Heheheh…
      .
      Toda vez que os russos fazem exercícios por lá, os canadenses e os americanos ficam de cabelos em pé … Hahahah … deve ser a fama de bed boy do “urso polar” … Hahahah … 😉

  2. Na minha Humilde opinião, a VVA deveria ter escolhido o Il 96T como base para o REVO, uma aeronave comercial supre bem esta função a custos inferiores, os novos motores estão desenvolvidos e são mais econômicos e menos barulhentos que os das versões anteriores.
    há espaço para 100 REVO nos dois países outros 40 das versões ELINT SIGINT e Comando Aéreo. Pensando na Variante AWACS teriam espaço para outros 30 aviões.

  3. E.M.PINTO: Na minha Humilde opinião, a VVA deveria ter escolhido o Il 96T como base para o REVO, uma aeronave comercial supre bem esta função a custos inferiores, os novos motores estão desenvolvidos e são mais econômicos e menos barulhentos que os das versões anteriores.
    há espaço para 100 REVO nos dois países outros 40 das versões ELINT SIGINT e Comando Aéreo. Pensando na Variante AWACS teriam espaço para outros 30 aviões.===== Deve ter alguma coisa n plataforma, ele já teriam ou vão reconsiderar, afinal, ñ são tão burros assim…sds. 😉

shared on wplocker.com