Menu
Seções
Corpo de Fuzileiros Navais recebe ASTROS CFN 2020
7 de abril de 2014 Brasil

Ivan Plavetz

A entrega do primeiro lote de viaturas do ASTROS CFN 2020 para o Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil representa um importante passo correspondente ao cumprimento da meta prevista no Plano de Articulação e Equipamento da Marinha do Brasil (PAEMB) e pelo fortalecimento da indústria nacional de defesa (Foto: Marinha do Brasil).

O setor operativo da Marinha do Brasil recebeu no último dia 17 de março o Sistema de Lançadores Múltiplos de Foguetes “ASTROS CFN 2020”.

Esses equipamentos foram entregues durante cerimônia realizada no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, no Rio de Janeiro.

O primeiro lote recebido pelo Batalhão de Artilharia do Corpo de Fuzileiros Navais consiste de seis viaturas fabricadas pela empresa brasileira AVIBRAS Indústria Aeroespacial S.A., sendo três unidades dotadas de lançadores múltiplos de foguetes superfície-superfície, uma especializada em remuniciamento, uma outra de comando e controle e uma de monitoramento meteorológico.

A cerimônia contou com as seguintes presenças: comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Julio Soares de Moura Neto, comandante de Operações Navais, almirante-de-esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca, comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, almirante-de-esquadra (FN) Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro,  ex-comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, almirante-de-esquadra (FN) Marco Antonio Correa Guimarães e presidente da AVIBRAS, Sami Youssef Hassuani,  além de autoridades militares e civis atuantes nas áreas de indústria, ciência e tecnologia.

AVTM-300 (AVibrás Tatical Missile) é o novíssimo armamento do Astros CFN 2020, aumentando exponencialmente a letalidade estratégica desse tipo de sistemas de armas (Foto: Roberto Caiafa).

A entrega desse primeiro lote de viaturas do ASTROS CFN 2020 representa um importante passo correspondente ao cumprimento da meta prevista no Plano de Articulação e Equipamento da Marinha do Brasil (PAEMB) e pelo fortalecimento da indústria nacional de defesa. Projetado para lançar foguetes de artilharia com saturação de área,  o  Astros CFN 2020 diferencia-se do Astros II pela adoção dos mísseis táticos de até 300 km de alcance.

A eletrônica existente nesse modelo é a versão MK6, incorporando navegação inercial e por GPS, painéis multifuncionais e redundantes, rádios com criptografia, salto de freqüência e software de comando e controle (Gerenciador do Campo de Batalha).

SS-40 G é outro armamento de ponta incorporado ao Astros CFN 2020.

A Avibras está também desenvolvendo novos foguetes SS-40 G, com controle de voo – guiagem, para serem incorporados como arma operacional brevemente.

 

Fonte: Tecnologia & Defesa

"5" Comments
  1. Parabéns, uma boa arma de defesa….sds

  2. “O AVTM-300 (AVibrás Tatical Missile) é o novíssimo armamento do Astros CFN 2020”

    Ja tá pronto?

    • Salve RobertoCR,
      .
      Não, não estão prontos.
      .
      Segundo Sami Hassuani, presidente da AVIBRAS, todas as etapas do empreendimento AVTM-300 (AVibrás Tatical Missile) estarão integralmente cumpridas até 2018, “mas, o primeiro lote, será entregue ao Exército já em 2016”.
      .
      Saudações,
      .
      konner

  3. Esta sim e uma boa noticia, todos esperavam que este sistema fosse ser incorporado bem mais para frente.
    ista dará um salto qualitativo fantástico a artilharia dos Fuzileiros, muito bom

Comentários estão fechados
*