Defesa & Geopolítica

Atualizado : Hang out Plano Brasil: Ucrânia e a crise na Criméia

Posted by

 

Crise na ucrânia


 

Neste domingo 16/03 a partir das 20:00 h acompanhe aqui no Plano Brasil, o 1º hang out do Plano Brasil que convida especialistas em história e geopolítica para uma análise comentada da crise Ucraniana e os mais recentes acontecimentos na Crimeia.
O programa será transmitido ao vivo pelo Plano Brasil e receberá ao vivo as mais importantes perguntas dos leitores do nosso blog site.

As questões poderão ser feitas via página do Plano Brasil no facebook (clique aqui)  a partir das 20:00h no post do Hangout Crimeia).

Convidados 

Mediador:  Luiz Medeiros 

Convidados especiais:

Dídimo Mattos ( Filósofo e especialista em questões Eurasianas)

José Carlos Viana  Cinquini (Professor de História da Rede Pública e editor da Trilogia Forças de Defesa)

Leitores convidados

Leonardo Carvalho  (leitor e colaborador do Blog site Plano Brasil)

César Antônio Ferreira (leitor e colaborador do Blog site Plano Brasil)

Participantes do Plano Brasil

José Messias Gamba  (Messiah)  (Editor do Blog Site Plano Brasil)

Edilson Moura Pinto (E.M.Pinto) (Editor Chefe do Blog Site, Plano Brasil)

64 Comments

  1. Caracas, E.M.Pinto grande e especial convite…
    Tomara que possa acompanhar,
    E
    Até o abestado bebedor de vúdysk (fonética para vódka em russo), mas que no fim mostrou ser um positivo Bonachão e grande estadista mundial, primeiro presidente histórico russo eleito democraticamente…
    Boris Yeltsin, já falecido – 23/04/2007…
    Deve estar se revirando na sua sepultura com essa crise idiota que o Putin está fermentando, na qual a Rússia vai perder muito terreno diplomático, e provavelmente econômico, duramente conquistados pós URSS.
    A Criméia e seja lá quais mais partes da Ucrânia faladoras de vúdysk valem tudo isso?

    • Minha perguntinha para o hang out

    • Muito bom o debate, obrigado aos participantes.

      Segue noticia que coincide com a opinião dos participantes do fórum e parece indicar o rumo de como coisas seguirão de agora em diante:

      ——————————————————————-
      Ucrânia: EUA toma a rampa de saída e aceita as exigências russas
      ——————————————————————-
      dom, 16/03/2014

      Houve hoje outro telefonema entre o secretário de estado Kerry e o ministro Lavrov de Relações Exteriores da Rússia. O telefonema aconteceu depois de uma reunião estratégica sobre a Ucrânia na Casa Branca. Nesse telefonema, Kerry aceitou as demandas russas de que a Ucrânia seja convertida numa federação, na qual os estados federados tenham forte autonomia em relação ao governo central, numa Ucrânia finlandizada. Putin ofereceu essa rampa de saída da escalada, e Obama enveredou por ali.

      O anúncio dos russos:

      “Lavrov e Kerry concordam em trabalhar para uma reforma constitucional na Ucrânia: ministério da Rússia”[1]

      (Reuters) – O ministro de Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov e o secretário de Estado dos EUA John Kerry acertaram, nesse domingo, que buscarão juntos uma solução para a Ucrânia, promovendo ali reformas constitucionais, disse o ministério russo.

      Não há ainda detalhes sobre o tipo de reformas necessária, exceto que devem ser feitas “de forma aceitável para todos e levando em conta os interesses de todas as regiões da Ucrânia”.

      “Sergei Viktorovich Lavrov e John Kerry concordaram que continuarão a trabalhar para encontrar uma resolução final sobre a Ucrânia mediante o rápido lançamento de reformas constitucionais com o apoio da comunidade internacional” disse o Ministério, em declaração.

      A ideia de “reforma constitucional” e “os interesses de todas as regiões” é dos russos, como documentada nesse ‘não-jornal russo’ (http://newsru.com/pict/big/1638517.html) (ing.).

      O não-jornal descreve o processo de como chegar a uma nova Constituição ucraniana e demarca alguns parâmetros. O russo voltará a ser língua co-oficial da Ucrânia; as regiões terão grande autonomia; não haverá interferência em assuntos religiosos; e a Ucrânia permanecerá politicamente e militarmente neutra. Será aceita qualquer decisão sobre autonomia que se decida na Crimeia. O acordo será garantido por um “Grupo de Apoio à Ucrânia”, constituído de EUA, União Europeia e Rússia, e será cimentado por uma Resolução do Conselho de Segurança da ONU.

      Parece que Kerry e Obama aceitaram todos esses parâmetros. Agora, se tratará de vender essa solução como se fosse ideia deles, o que – como o não-jornal o comprova suficientemente – é inconsistente com a realidade.

      Aqui[2] aparece Kerry repentinamente “exigindo da Rússia” que aceite as condições que a Rússia propôs e que Kerry jamais antes havia mencionado:

      O secretário de Estado John Kerry exigiu de Moscou que recolha às bases suas tropas na Crimeia, retire os soldados da fronteira da Ucrânia, pare de incitar o leste da Ucrânia e apoie as reformas políticas na Ucrânia que protegerão os russos étnicos, os falantes de russo e outros na ex-República Soviética com a qual a Rússia se diz preocupada.

      Em telefonema ao ministro de Relações Exteriores da Rússia Lavrov, o segundo entre ambos depois do fracasso do encontro que tiveram na 6ª-feira em Londres,[3] Kerry exigiu que a Rússia “apoie os esforços dos ucranianos de todo o espectro para resolver a partilha de poder e a decentralização, mediante um processo de reformas constitucionais amplo e inclusivo, que proteja os direitos das minorias” – disse o Departamento de Estado.

      Obama cedeu. Suas ameças ocas não funcionaram e, agora, Obama está, em vasta medida, aceitando as condições que os russos propuseram para sair da crise.

      O golpe que os EUA armaram para roubar a Ucrânia da Rússia e para integrá-la à OTAN e à União Europeia parece ter fracassado. A Rússia ficará com a Crimeia, agora com apoio de 93% da população ucraniana – o que torna impossível realizar o projeto dos EUA de espantar os russos para longe de Sevastopol e, portanto, também para longe do Oriente Médio.

      A ameaça dos russos (que não veio a público) de imediatamente invadir e anexar as províncias leste e sul da Ucrânia, empurrou os EUA a aceitar as condições russas mencionadas acima. A única alternativa, naquele caso, seria confronto militar que nem EUA nem os europeus querem arriscar. Apesar da campanha anti-russos na imprensa-empresa nos EUA, a maioria dos norte-americanos e dos europeus estão contra qualquer confrontação desse tipo. Como se vê agora, os EUA jamais tiveram as cartas que precisariam ter para vencer esse jogo.

      Se tudo correr bem e uma nova Constituição ucraniana satisfizer as condições que os russos impuseram e obtiveram, o ‘ocidente’ no futuro poderá ser autorizado a pagar mensalmente, à Gazprom, as contas que a empresa continuará a enviar para o endereço de Kiev.

      Demorará algum tempo para implementar tudo isso. Que truques sujos os neoconservadores de Washington tentarão agora, para impedir esse desfecho pacífico? *****

      ————————————————–
      Fonte:

      http://port.pravda.ru/mundo/17-03-2014/36432-ucrania_saida-0/

    • Ja li asneiras escritas no Plano Brasil, essa do VivventBR dizer que Yetsin foi um grande estadista mundial merece um premio. Trabalhei com russos, trabalho com gente do leste europeu,Lituania, Polonia e Ucrania e vivo num predio onde a maioria dos residentes poloneses. Que os imperialistas ianques e europeus da Uniao Europeia o tolerava se explica pelo fato que durante o governo de Yeltsin ocorreu a maior robalheira, o maior assalto que foi feito contra uma nacao estraangeeira pelos imperialistas. $300. BILHOES DE DOLARES FORAM RETIRADOS DO PAIS, pela colisao de
      bancos norte americanos, agentes do governo Yanque, Economistas pos-graduadoas da Universidades de Chicago e Harvard trabalhando com membros do aparto estatal russo. A chamada Nomemklatura, membros da burocracia, na cabeca da qual estava Yeltsin, coadjuvado pelo mafioso\oligarca.B. Berezovsky, que operava como testa de ferro para Boris Yetsin e sua filha Tatyana Dyachenko. O nome de Yeltsin, sua fillha Tatyana e Berezovsky, foram incluidos num inquerito realizado pelo FBI em 1999 apos numa serie de artigos do New York Times,ecritos pelo jornalista Timothy L O’Brien publicou o resultado do inquerito policial pela Scotland Yard da Inglaterra sobre o vinculo entre a Mafya russa, oligarcas, o Bank of New York. O inquerito pela Scotland Yard, revelou o involvimento de Boris Yeltsin, o, sua filha Tatyana, o de Berezovsky e o nome de seu protegido Mikhail Khordovsky nesse escandalo. Recomendo a leitura de Who Lost Russia, escrito pelo jornalista John Lloyd, publicado no New York Times em 15 de Agosto 1999.Sugiro tambem a leitura de Privatizing Russia de Boyko, Shleifer e Vishny, e The Miths of “Democracy Assistance”: US Political intervention in Post-Soviet Easter Europe, e os artigos publicados na decada 1990 de Vladmir Volkov, Russia Descend into economic and political chaos, Russian elections: Putin consolidates regime of “managed democracy, Yury G. Bobrov, A Balance sheet of capitalist restoration in Russia, todos publicados na internet. Yeltsin, Gorbachov, Yego Gaidar. Anatoly Chubais, sao anetamas na Russia. Se sao lembrados con saudade por alguns russos, podes crer que esses fazem parte daquela minoria constituidas de mafiosos, burocratas que se enriqueceram roubando a riqueza nacional produzida pela populacao russa como tambem as riquezas naturais pertencentes ao Estado Sovietico. Putin foi eleito pela primneira vez como o unico lider russo que poderia nao so conter a ganancia escandalosas dos oligarcas mafioos, como tambem conter o operariado russos que estavam revoltados com o escandalos de ver todos seus beneficios economicos retirados pelo estado a servicos dos oligarcas e dos banqueiros estreangeiros. Por isso o governo norte americano, alemao e ingles juntamente com bancoa ocidentais financiaram sua primeira eleicao. Na epoca eles preferiram ignorar o vinculo de Putin com o os militares e com os aparatos de seguranca, que nao viam com bom olhos serem marginalizados por Yetsin e sua gang a servicos dos imperialistas. Mas Putin como toda gente pertencente a chamada Nomenklatura sao capitalistas, ainda que nao democratico, mas capitalistas russos nao norte americanos e portanto com interesses proprios.

      • Jojo… asneira é colocar num mesmo patamar questões internas nacionais com questões externas de alcance mundial, mais ainda que apenas entre simples vizinhos de fronteira. Yeltsin para o mundo todo foi muito importante.

        Perceba que não escrevi grande estadista apenas, mas estadista mundial. Justamente pela importância que ele teve para o mundo como primeiro Presidente da então Rússia, ex maior pedaço da fragmentada URSS, que então passou a ser um país democrático.

        Ao dar continuidade ao processo de reforma política iniciado por Gorbachev e consolidar o fim da guerra fria e do pesadelo atômico que pairou durante décadas sobre a cabeça do mundo. Ele teve enorme importância mundial e histórica.

        As questões de corrupção e roubalheira, desvios de materiais, sumiço de armas, que fervilharam dentro do que restou da fragmentação da URSS, é algo importante, mas com reflexos para a sociedade russa e não mundial.

      • O mundo nao se resume nas 4 paredes da Casa Branca, nem nos escritorios dos bancos de Wall Street, Londres, Frankfurt, ou Madrid, (thanks Blue Eyes). Grande estadista nundial e aquele que consegue neutralizar os conflitos internos dentro do pais onde governa e impor o nome de seu pais no mapa. Faze-lo ser respeitado. Bismarck no seculo XIX na Alemanha, Churchill, na Inglaterra, Indira Gandi na India, Nasser no Egito. Golda Meyer em Israel, Rooselvelt (o introdutor do Fascismo nos EUA) foram grandes estadistas mundiais. Mas Yetsen? pelo amor Deus, nao exagera. O homem era tratado com deboche, despreso, pela midia europeia, e creio pela midia norte americana. O homem arruinou seu pais. O padrao de vida caiu tanto entre a populacao nos des anos de seu governo, que antes a idade media para uma pessoa viver na Uniao Sovietica era mais de 60 anos, Durante o regime de Yeltsen caiu para 48 anos. A privatizacao da industria farmaceutica russa, a preco de banana, resultou que elas foram compradas por multinacionais estrangeiras, que fecharfam essas industrias russas e usaram o predio das farmacias para vender os produtos medicos fabricados no exterior. Mas o preco exorbitantes dos remedios nao estava ao alcance da maioria das pessoas. Hospitais nao aceitavam tratar pessoas com mais de 60 anos. Mais de 60 anos era pra se virar por conta propria ou conta de Deus.E por isso que o nome Yeltsin e anatema na Russia.

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        JOJO, todo, mas TODOS mesmo (excetuando os descerebrados vermelhinhos latinos) sabemos que quem estuprou a Rússia pós muro de Berlim foram os mafiosos que cresceram no seio do sistema COMUNISTA corrupto e que enriqueceram a custa do suor do povo russo… é que vcs esquerdopatas não querem aceitar o fato, por exemplo, que quase todos os grandes bancos da Espanha foram alavancados com o dinheiro dos mafiosos russos que “ocidentalizaram” o butim para escapar do sistema estatal russo que, na época, estava em frangalhos, isso nos idos do início dos anos 90… o problema do povo russo são os próprios governantes russos… isso serve para nós também… mas os idiotas úteis da esquerda só decoraram aquela fala: foi uzamericanus maus… 🙂

      • Jojo, leia de novo o que escrevi, mas preste atenção…
        Lá no início meu comentário bem que coloquei: “Até o abestado bebedor de vúdysk”.

        Eu já era bem crescidinho na Guerra Fria, informes da guerra do Vietnam, se escutavam no rádio AM na casa de meus pais.
        Brejnev e sua cara mal encarada nos jornais do café da manhã foi minha companhia seguida.
        Numa época que os noticiários viviam carregados do terror de uma WW3.
        Quanto a russos, também tive contatos com eles e de uma forma bem chata… como duros professores de cálculo.
        Bem sei.. que Yeltsin foi motivo de muita chacota, e como vc diz muitos russos o detestam.
        Mas todas as suas palhaçadas e sacanagens não anulam a sua participação na não anulação do processo de Glasnost (transparência) iniciado por Gorbachev.
        E para mim, e acredito que para outros também, o fim da URSS foi algo inesperado e assombroso. E seus atores principais não podem ser classificados como simples políticos.
        Sds!

  2. Amigo ViventtBR,

    Essa crise não é uma crise idiota não. A Crimeia é estrategicamente importante para a Rússia. A Rússia não pode correr risco de perder a saída para o Mar Negro e não pode permitir a aproximação da OTAN no território da Ucrânia , pois é uma ameaça para a segurança da Rússia.

    Dizer que essa crise é uma idiota é não entender a estratégia dessa crise. Não é a visão que a mídia ocidental nos passa.

    • Ok amigo!

      Mas vamos ver no futuro as perdas e ganhos dessa tal estratégia política do Presidente Putin para seu país Rússia.

      E cada um com seus conhecimentos e críticas cabíveis ou não. Mas se vc entende da estratégia desta crise compartilhe esse raro conhecimento com todos. Já que o mundo anda curioso para saber.

      Quanto a Crimeia e uns tais direitos russos históricos sobre esse pedaço da Ucrânia, ou direitos de defender uns tais cidadãos de etnia russa, ou ser estrategicamente importante para eles… há muita gente lá mesmo dentro da Rússia, Crimeia e Ucrânia que discordam desses tais direitos ou valores estratégicos impostos pelos russos.

      A grande questão estratégica política com repercussão a longo prazo é que o que estava em jogo no mundo até bem pouco tempo era a Multipolaridade X Bipolaridade de poder internacional.
      E que caso houvesse consolidação da multipolaridade a divisão de poder mundial se tornaria mais justa, com uma convivência mais harmoniosa e pacifica entre as nações. Era algo que estava claro para todos. Ou pelo menos para quase todos.

      Porém, com a volta da bipolaridade do poder, com essa atual intromissão russa na Crimeia, tudo volta a estaca zero para os tradicionais donos do poder. E eles agradecem.

      Com esse rompante de ação política-militar dos russos com a Ucrânia, os russos estão dando força para o fortalecimento do jogo político da bipolaridade de poder, no qual o século passado já mostrou quem é líder e vencedor. E só um idiota para entrar num jogo que já sabe quem será o perdedor…
      EUA 1 X 0 Rússia.



      Mas essa é minha simples, e quem sabe idiota também, observação dos fatos. Fazer o quê né?
      Aguardar.

      Sds!

    • ViventtBR,

      Não, essa bipolaridade global não voltou não, essas aí são condições regionais europeias somente, a Rússia não tem no planeta o mesmo poder que a URSS tinha no sistema Bipolar…

      E a China não está jogando ainda nessa crise aí, nem o Brasil que foi criticado na ONU pelo seu silêncio quer se meter, tem acordo com os 4 contendentes (Rússia, USA, UE e Ucrânia), então espera a poeira baixar e ver o que vai dar, dependendo de quem levar a disputa o Brais deverá rever e renegociar alguns acordos já vigentes, ou talvez até não mude nada!

      Se a Rússia levar a Crimeia a influencia ocidental fica com o resto da Ucrânia.. então é um empate:

      Ocidente 1 x 1 Rússia.

      Mas se a Rússia invadir o País inteiro, coisa que duvido mundo, aí sim seria Ocidente 0 x 1 Rússia, vantagem pra eles… E se a Rússia não ficasse com a criméia o Ocidente ficaria com a partida ganha completamente, USA+UE 1 x 0 Rússia!

      Infelizmente é sempre briga de cachorro grande, os menores e com poder regional não se metem, mas isso não significa Bipolaridade, somente interesses divergentes na contenda… Lembrando que a vontade e desejo da Ucrânia e seu povo não contam nada na escolha, ou aceitam o ocidente ou os Russos, não escolhem, aceitam!

      E vai ficar uma parte pra cada pelo que vemos!

      Valeu!!

      • Bom comentário.
        Aguardemos, no longo prazo.
        Sds!

      • Se 9 meses for considerado longo prazo espera Dezembro chegar e veremos se sanções Européias surtiriam efeito ou se o frio fala mais alto.
        Deixar de fornecer oleo e alimento a eles o alimento buscarão em outras partes mas e o oleo tão necessario principalmente para os menos favorecidos suportarem o inverno que lhes provera?
        Nessa crise todas as cartas estão com a Russia e a Europa quebrara a cara por ser fantoche Yankee.

      • 1maluquinho,
        9 meses não passa de uma piscadela da história.
        E se a Rússia fizer algum movimento para boicotar seu petróleo ou gás vai ser um tiro no próprio pé.
        Os europeus não são terra de países atrasados, se a Rússia fizer isso, ou ameaçar com isso, doravante os europeus vão desenvolver várias alternativas para acabar com essa importação propensa a chantagens.
        E mais…
        Para continuarem então exportando para o tremendo mercado consumidor europeu os russos então terão que baixarem as calças e colocarem seus preços para lá para baixo também…
        “Tudo no Pé”

        Os russos não estão com essa bola. E nunca estiveram. Sua URSS e o coletivismo do trabalho (escravagismo) mesmo com o uso de mão de obra de milhões de prisioneiros afundou no subdesenvolvimento social. Tendo por final sua implosão.

        No momento, se não fosse essa sua exportação de gás e óleo estariam com suas FA totalmente sucateadas e por aí vai. Que rezem a Deus para os Europeus e americanos continuarem importando seus recursos minerais e lhes mandando dinheiro.
        Ou a China e Índia engole eles.

        Essa polarização de opiniões pró russa, tem servido para mostrar apenas raciocínios imediatistas ocorrendo até entre certos “especialistas”.

      • Vivente na tua cabeça a Russia é apenas um pais atrasado e pobre que dá graças a Deus de Europeus comparem seu gas e seu oleo não é!
        Desmonstra desconhecimento,a Russia passou a vender seu oleo de pouco tempo pra ca.Tem a maior reserva de petroleo do mundo,um dos maiores depositos de agua potavel e biodiversidade invejavel sem falar do alto potencial agricultavel e o que a Europa tem,nada.
        O mundo mudou e a Europa Ocidental não mudou,parou no seculo 20 e ortodoxa não aceita avançar e nem tem potencial pra isso.
        A Russia e a Alemanha a meu ver são os dois paises onde se tem a verdadeira criação.Como dizia Chacrinha nada se cria tudo se copia mas eles e Alemães criam.
        Então na sua cabeça se a Russia boicotar a venda de gas a Europa vai gerar formas de autonomia energetica né so que quando conseguirem isso ja morreram congelado porque o tempo não espera.
        Hoje saber jogar assimetricamente com potencial energetico e materias faz parte da geoestrategia moderna e Europeus Ocidentais estão nus nesse sentido.

  3. Agradeço pela iniciativa do site em estar promovendo esta oportunidade e gostaria de deixar uma pergunta básica sobre a questão a ser debatida:

    Vimos subitamente a questão Síria ser deixada de lado para imediatamente vermos uma instabilidade no governo da Ucrânia para depois (após alguns meses de confrontos violentos), assistirmos a deposição do presidente pelo parlamento.

    Pergunta: Por que isso? Qual a verdadeira essência por trás disso? E o que a Crimeia representa à Federação Russa para ser tão importante ao ponto da Rússia (aparentemente) estar disposta a sofrer quaisquer consequências para mantê-la sob sua administração?

    Eu não sei quanto à vocês mas para mim, a relação de eventos sequenciais Síria/Ucrânia passou uma sensação alegórica de uma turma (no caso, UE/EUA) tentar pegar maçãs numa árvore e descobrir que na outra árvore, as maçãs estão mais fáceis de serem colhidas…

    Comentários, agradeço.

    • André a questão Siria é apenas estrategica do ponto de isolar o Irã nada a mais alem disso.
      Ate mesmo Israel viria a ser prejudicada caso um governo radical Islamico vier a tomar o poder na Siria.Não existe possibilidade nenhuma de se ter na Siria um governo pró-Ocidente com a queda de Assad que é apoiado pela maioria Cristã e pela população mais rica justamente as tendencias que se achegam ao Ocidente.
      Tanto na Siria como na Ucrania o Ocidente cometeu uma tremenda cagada.Puro desespero de quem afunda e busca desviar atenção insuflando póvos achando ter sobrevida e possibilidade de vantagens.

  4. KD

  5. RIO DE JANEIRO 13/03/2014

    Exclusivo
    TRAFICANTES PLANEJAM TERROR NO RIO COM AÇÕES VIOLENTAS

    Criminosos planejam atacar vários pontos da cidade e órgãos de segurança do Rio de Janeiro. As informações foram enviadas ao Portal Manchete OnLine, na manhã desta quinta-feira (13). De acordo com a fonte, os traficantes Luiz Cláudio Machado (Marreta), Bruno Eduardo da Silva Procópio (Piná), Ricardo Chaves de Castro Lima (Fú) e Claudio José de Souza Fontarigo (Claudinho da Mineira) receberam ordens vindas dos presídios federais de todo país e do Rio para fazerem uma onda de ataques em toda a cidade.

    Segundo informações, essas ordens seriam para queimar ônibus, atacar delegacias, cabines da Polícia Militar (PM), estações elétricas, Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), policiais de folga, postos de gasolina, teleféricos e pontos turísticos.

    As ações teriam sido planejadas porque os traficantes de uma facção criminosa consideram a política de pacificação como uma tentativa de acabar com o grupo e beneficiar outras facções, como aconteceu na Vila Kennedy, que recebeu hoje a 38ª Unidade de Polícia Pacificadora.

    Um morador da comunidade Fazendinha, que participa de um projeto na UPP, alertou aos PMs que atuam na região sobre a ordem do tráfico para fechar o comércio no Complexo do Alemão a partir das 14h. Ainda não se sabe quando os possíveis ataques serão iniciados. No entanto, a ordem é que seja o mais breve possível, podendo ser iniciado às 16h.

    As informações apontam ainda que por volta das 10h40 desta quinta-feira (13), chegou na comunidade Fazendinha, um caminhão com vários armamentos escoltados por um veículo de cor vermelha. No interior do automóvel teria vários bandidos, provavelmente meliantes da Vila Kennedy.

    De acordo com dados obtidos de fontes anônimas, a qualquer momento seriam atacadas as seguintes Delegacias Policiais (DPs): 50ª DP (Itaguai), 36ª DP (Santa Cruz), 21ª DP (Bonsucesso ), 29ª DP (Madureira), 45ª DP (Alemao), 59ª DP (Duque de Caxias), 34ª DP (Bangu), 6ª DP (Centro).

    As comunidades Pavão-Pavãozinho, Jacarezinho, Manguinhos, Mangueira, estão recebendo bondes da facção criminosa e da Vila Kennedy. Os traficantes do mesmo comando também estariam chegando aos municípios de Itaguaí e Angra dos Reis.

    Na Região Metropolitana do Rio, como Niterói e Fonseca, criminosos da Comunidade Bonfim, atrás do Hospital Estadual Azevedo Lima, já estariam atacando o Batalhão da Polícia Militar Rodoviária.

    Cida Alves
    Manchete On-Line

    • Porque so colocam UPPs e sufocam areas do Comando Vermelho sera que o Estado é aliado da facção ADA Amigos dos Amigos?
      Não se deve combater a criminalidade seja onde estiver!E essa politica pau nas coxas de colocarem recrutas recem formados em containers e entrarem com social lusco-fusco e ainda obrigando PMs a desempenharem papeis de assistentes socias.Eu sempre fui contra a interação de forças de segurança com o povo porque a meu ver gera amizade,envolvimento e desvio.O Policial é cumpridor da lei para fazer cumprir a mesma e deve estar a distancia e não no meio.
      Secretario demagogo que fica com a bunda na almofada e ar-refrigerado,nunca subiu um morro do Rio em operações de risco,nunca trocou tiros com bandidos em comunidades do Rio,entende de porra nenhuma so de babar o saco de politicos.

  6. DE CEREBROS E DE CYCLONES

    A desestruturação da Ucrânia – os ucranianos estão devendo 170 bilhões de dólares e os russos estavam dispostos a ajudar quando começou a sabotagem ocidental no país – criará graves problemas, do ponto de vista estratégico, para o Brasil.

    O crescimento da influência norte-americana naquele país ameaça o desenvolvimento do projeto da Alcantara Cyclone Space, que previa o lançamento de satélites por foguetes ucraniano-brasileiros de grande porte, da Base Espacial de Alcântara, a partir do ano que vem.

    Em junho do ano passado, o governo federal autorizou o aumento do capital da empresa em um bilhão de reais, o que somado à contraparte ucraniana, chegaria a um bilhão de dólares. Dezenas de milhões já foram gastos, em obras, no Maranhão.

    Embora projetado para uso comercial, o Cyclone pode ter utilização militar. O episódio da ACS, nos deixa duas lições – a primeira, de que devemos estreitar nossa cooperação espacial e militar com os BRICS – se tivéssemos feito acordo semelhante com a Rússia ou os chineses, no lugar da Ucrânia, não estaríamos nessa situação.

    A segunda é a de que é muito mais efetivo – mesmo que leve mais tempo para dar resultados – importar maciçamente professores, técnicos e cientistas, do que peças como as de nossos foguetes que se encontram agora na Ucrânia.

    Caberia, neste momento, ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, à AEB, ao INPE, ao Ministério da Defesa, com o auxílio da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, prepararem um plano emergencial para salvar esse programa.

    Os chineses, que tinham acordos para a fabricação de armamento com os ucranianos, retiraram, discreta e rapidamente, nos últimos dias, seu segundo 12322 Bisonte, da classe Zubr – um gigantesco Hovercraft de desembarque, capaz de transportar, em água ou terra, sobre colchão de ar, uma brigada de assalto composta de vários pequenos blindados e de 400 homens – do território ucraniano.

    Considerando-se a instabilidade na Ucrânia, e a perspectiva de um conflito militar com a Rússia, ou de uma guerra civil, é preciso transferir o que der do Cyclone 4 para o Brasil, começando pelos cérebros envolvidos no projeto.

    Não apenas na área aeroespacial, mas na fabricação de tanques, navios, mísseis, fuzis, metralhadoras, existem dezenas de empresas e centenas de especialistas que devem estar pensando, agora, em como sair da Ucrânia, para preservar seu trabalho e a sobrevivência de suas famílias.

    O MCTI, a ABIMDE, e as Empresas Estratégicas de Defesa, por meio de nossas representações em Kiev, Varsóvia, Berlim e Moscou, e do uso de redes sociais em russo e ucraniano, já deveriam estar tentando contatar e recrutar ao menos parte desses técnicos, e trazê-los para o Brasil.

    Alguém duvida que os homens da CIA e do FBI que estão dando “assistência” ao novo “governo” ucraniano já não estão fazendo exatamente isso naquele país?

    Blog do Mauro Santayana

    • é maluco ,eu falei isso em uns posts atrás também acho que o brasil teria que ir atrás dos cientistas e equipamentos aproveitar a crise da ucrania e se levantar
      fiz a pergunta para os participantes mas já sei a resposta correta .
      ainda bem que muitos percebem a mesma coisa tomara que o governo brasileiro esteja se movimentando nesse assunto

      • E nossos politicos,seu pool privado e seu comando militar vão atraz de que meu caro so se for do trio eletrico pra não dizerem que não morreram.

  7. RBS 70 – EXERCITO TREINA E RECEBE OS PRIMEIROS SISTEMAS NA SUÉCIA

    O Exército avança célere com o processo de aquisição, treinamento e incorporação de mísseis telecomandados RBS 70, da empresa sueca SAAB. Esta aquisição está incluída no Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae).

    CURSO DE OPERADORES DO SISTEMA DE MÍSSEIS RBS 70 NA SUÉCIA

    O Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae), cumprindo as aquisições previstas no seu escopo, adquiriu o sistema de mísseis telecomandados RBS 70, de origem sueca.

    No contrato celebrado entre a SAAB e o Exército Brasileiro, existem quatro cursos previstos para oficiais e sargentos da Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe) e das organizações militares (OM) de Artilharia Antiaérea (AAAe), na Suécia. Desses cursos, três são para operadores do sistema e um curso, como parte do Offset, é de manutenção do sistema.

    Os objetivos dos cursos são, dentre outros, além de permitir o conhecimento aprofundado do sistema, preparar os especialistas em AAAe para a confecção dos manuais do sistema, da inserção do sistema na doutrina brasileira e propiciar que oficiais e sargentos conheçam como os componentes do sistema são acondicionados, manutenidos e manipulados a fim de que possam replicar as melhores práticas nas suas OM de origem.

    O primeiro curso de operadores do sistema iniciou-se em 03 de março nas dependências da SAAB, na cidade de Karlskoga, na Suécia, com nove militares das OM AAAe e terá a duração de um mês.

    TESTE DE ACEITAÇÃO DE FÁBRICA DO SISTEMA DE MÍSSEIS RBS 70

    No período de 03 a 07 de março de 2014, o Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (PEE DA Ae) realizou, juntamente com a Diretoria de Material, o Teste de Aceitação de Fábrica (FAT) do Sistema de Mísseis RBS 70, nas instalações da empresa SAAB Dynamics, na cidade de Karlskoga, no Reino da Suécia.

    A programação constou das seguintes atividades:

    – Verificação e teste do Simulador;

    – Teste dos mísseis reais;

    – Verificação e teste dos Postos de Tiro, Aparelhos de Pontaria, Visores Termais, acessórios e sobressalentes;

    – Embalagem e lacre de todo o material constante da primeira entrega a ser recebida no Brasil até abril de 2014; e,

    – Verificação do andamento do curso de operação do material.

    O objetivo da FAT, além de cumprir uma cláusula contratual, é verificar o material adquirido antes do seu embarque para o Brasil, e permitir condições de correção de possíveis inconformidades encontradas ainda na fábrica. Permite, ainda, obter as informações necessárias para a realização do recebimento desse material quando de sua chegada no Brasil.

    DefesaNet

  8. DESPOJOS DE GUERRA E MUDANÇA DE REGIME – RESERVAS-OURO DA UCRANIA EVACUADAS SECRETAMENTE

    – Confiscadas pelo New York Federal Reserve?

    – Como os ucranianos foram “libertados” do seu ouro pelo governo fantoche

    – Um governo de banqueiros, fascistas e oligarcas imposto pelo golpe orquestrado pelos EUA

    Por Michel Chossudovsky

    Patos ucranianos. Um sítio internet russo de notícias, o Iskra (Fagulha) com base em Zaporozhye, na Ucrânia do Leste, informou em 7 de Março que “as reservas de ouro da Ucrânia haviam sido apressadamente transportadas por via aérea para os Estados Unidos a partir do Aeroporto de Borispol, a Leste de Kiev.

    Esta alegada remoção aérea e confisco das reservas ouro da Ucrânia pelo New York Federal Reserve não foi confirmada pelos media ocidentais.

    Segundo o Iskra News :

    Às 2 horas da manhã [7 de Março] um avião de transporte não identificado estava na pista do Aeroporto de Borispol. Segundo a equipe do aeroporto, antes da vinda do avião chegaram ao local quatro camiões e dois minibuses Volkwagen, todos eles sem matrícula de identificação.

    Quinze pessoas com uniformes negros, máscaras e armadura corporal saíram, alguns armados com metralhadoras. Eles carregaram o avião com mais de 40 caixas pesadas.

    Depois disso chegou um homem misterioso que entrou no avião.

    Todo o carregamento foi feito às pressas.

    O avião decolou numa base de emergência (emergency basis).

    Aqueles que assistiram esta misteriosa operação especial imediatamente notificaram os responsáveis do aeroporto, os quais lhes disseram para não se meterem nos assuntos dos outros.

    Posteriormente um telefonema de resposta de um alto responsável do antigo Ministério das Receitas Fiscais (Ministry of Revenue) informou esta noite que, por ordens de um dos novos líderes da Ucrânia, os Estados Unidos haviam tomado a custódia de todas as reservas ouro na Ucrânia. iskra-news.info. Zaporozhye, Ukraine, March 7, 2014, traduzido do russo pelo Gold Anti-Trust Action Committee Inc (GATA) , ênfase acrescentada)

    A seguir a esta revelação, o secretário tesoureiro do GATA, Chris Powell, requereu ao New Federal Reserve e ao Departamento de Estado dos EUA que indicasse se o NY Fed havia “tomado a custódia” do ouro da Ucrânia.

    Um porta-voz do New York Fed disse simplesmente: “Qualquer indagação respeitante a contas ouro deveria ser dirigida ao possuidor da conta. Você pode contactar o Banco Nacional da Ucrânia para discutir esta informação”.

    Uma indagação semelhante do GATA, na noite passada, ao Departamento de Estado dos EUA ainda não teve qualquer resposta.

    Na noite passada o GATA chamou a atenção sobre este assunto a cerca de 30 jornalistas financeiros e redactores de newsletters “de referência” (mainstream) na esperança confessadamente bizarra de que pudessem também colocar a questão.

    1) A primeira regra do jornalismo financeiro “de referência” e particularmente do jornalismo financeiro acerca do ouro é nunca apresentar uma pergunta específica acerca do metal monetário a qualquer dos participantes primários no mercado do ouro, os bancos centrais. Ou seja, quase toda a informação sobre o mercado do ouro é, intencionalmente, na melhor das hipóteses distracção irrelevante e na pior desinformação.

    2) A verdadeira localização e disposição das reservas ouro nacionais são segredos muito mais sensíveis do que a localização e disposição de armas nucleares. Chris Powell, Secretary/Treasurer

    Apesar da informação não confirmada respeitante às reservas ouro da Ucrânia não ter sido objecto de cobertura pelos noticiários financeiros “de referência”, a história no entanto foi levantada pelo Shanghai Metals Market, em Metal.com , o qual declara, citando uma informação do governo ucraniano, que reservas ouro da Ucrânia haviam sido “removidas num avião … de Kiev para os Estados Unidos… em 40 caixas seladas” carregadas numa aeronave não identificada.

    A fonte não confirmada citada pelo Metal.com diz que a operação de remoção aérea do ouro da Ucrânia foi ordenada pelo primeiro-ministro interino Arseny Yatsenyuk tendo em vista manter seguras no NY Fed as reservas ouro da Ucrânia, prevenindo uma possível invasão russa a qual levaria ao confisco das mesmas.

    No dia 10 de Março, o kingworldnews , um importante blog financeiro online publicou uma entrevista incisiva de William Kaye , administrador do hedge fund Pacific Group Ltd., com sede em Hong Kong, o qual anteriormente trabalhou para a Goldman Sachs em fusões e aquisições.

    Os despojos de guerra e a mudança de regime

    Acto de vassalagem. É significativa nesta entrevista com William Kaye a analogia entre a Ucrânia, o Iraque e a Líbia. Não se deve esquecer: tanto o Iraque como a Líbia tiveram as suas reservas ouro confiscadas pelos EUA.

    Kaye: Há agora informações vindas da Ucrânia de que todo o ouro ucraniano foi removido por via aérea, às 2 horas da madrugada, a partir do aeroporto principal, Borispil, em Kiev, e está a ser transportado para Nova York – sendo o presumível destino o New York Fed…

    Verifica-se que estas 33 toneladas de ouro valem algo entre US$1,5 e US$2,0 mil milhões. Essa quantia seria um pagamento inicial (down payment) muito lindo para os US$5 mil milhões que a secretária de Estado Assistente Victor Nuland gabou-se de os Estados Unidos terem gasto nos seus esforços para desestabilizar a Ucrânia e instalar ali o seu próprio governo não eleito.

    Eric King: “Se os Estados Unidos derrubam Saddam Hussein no Iraque ou Muamar Kadafi na Líbia, parece que há sempre ouro no fim do arco-íris, do qual então os EUA apropriam-se”.

    Kaye: “Essa é uma boa observação, Eric. Os Estados Unidos instalaram um antigo banqueiro na Ucrânia o qual é muito amistoso para com o ocidente. Ele é também um rapaz com experiência de banco central. Esta teria sido a sua primeira grande decisão: transportar aquele ouro para fora da Ucrânia, para os Estados Unidos.

    Você pode recordar que exigências alegadamente logísticas impediram o New York Fed de devolver à Alemanha as 300 toneladas de ouro que os Estados Unidos armazenam. Após um ano de espera, o New York Fed devolveu apenas 5 toneladas de ouro à Alemanha. Só 5 toneladas de ouro foram enviadas do Fed para a Alemanha e não eram as mesmas 5 toneladas que haviam sido originalmente armazenadas no Fed.

    Mesmo o Bundesbank admitiu que o ouro que lhes fora enviada pelo New York Fed tinha de ser fundido e testado quanto à pureza porque não eram as barras originais da Alemanha. Se isso é assim, uma vez que exigências logísticas supostamente são uma questão tão grande, como é que num voo, assumindo que esta informação é correcta, todo o ouro que a Ucrânia possuía no seu cofre foi retirado do país e entregue ao New York Fed?

    Penso que qualquer um com células cerebrais activas sabe que tal como a Alemanha, a Ucrânia terá de esperar um tempo muito longo e provavelmente nunca verá aquele ouro outra vez . Significa que o ouro se foi”. ( KingsWorldNews , March 10, 2014, ênfase acrescentada)

    Ver no sítio web oficial do Banco Nacional da Ucrânia a omissão da informação quanto à entrega das suas reservas-ouro:

    http://www.bank.gov.ua/control/en/index

    Resistir.info

    • Podem esquecer, nunca mais verão esse ouro!!

      • Não so eles o mundo jamais vera seus ouros guardados nos EUA.
        A França a um tempo atraz quis reaver o seu e tomou uma banana.
        O que não entendo é esse mundo otario hipnotizado por essas serpentes manipuladoras VERDADEIROS PIRATAS DO CARIBE…Corsarios.

  9. Vassalagem pura de idiotas marionetes vão tomarem dentro o trolho Russo que vai rasgar-lhes de cima a baixo.
    Uma nação que sempre se vendeu para quem lhe oferecer mais vantagens aquela porqueira merece mesmo é deixar de existir.Povo de merda,povo capaxo.

    • Segundo Paul Craig Roberts e plano do governo yanque se sairem vencedores dessa crise, acertar conta com o governo brasileiro no poder. Para isso vao-se utilizar dos mesmos metodos, mesmas organizacoes, mesmos logos. E ficou claro uns meses atras que o Brasil tamb.em tem sua doze de marionetes nao que queira defender o governo petista. creio ser tao corrupto quanto o governo ukraniano, ha uma situacao de mal estar nao muito distinta das situacoes em quase todos os paises do mundo. essa politica de mudanca de regime formulada em Washington nada mais e do que uma tentativa de criar uma valvula de escape para as tencoes sociais criadas pela implantacao mundo afora do rwgime neoliberal. Trabalho pesados para o povao, dinheiros para os bancos. Cria-se agitacoes, mobilizacoes, demonstracoes, “revolucoes”, com intencao de cooptar as direcoes mais talentosas e desmoralizar o resto, que depois se cansam de levarem cassetes policial na cabecas voltam pra casa cansados e desiludidos.Mudam tudos pra tudo ficar como antes!

      • Jojo no governo PTista alto sempre foi os simpatizantes do Irmão Caim do Norte.Esses Conunalhas so usam retorica para promoverem bolsismos comprando votos e doando dinheiro do povo Brasileiro a Narco-Latrinos para lhes sorrirem.Esse governo de merda é uma Organização Criminosa que apenas sabe mentir e roubar,nada a mais alem disso e conta com viralatas milicos que tomaram o gosto do ilicito para protegerem seus rabos.
        Se ao menos capacitassem as forças armadas e dando-lhes status como fez Chavez na Venezuela mas os daqui são viralatas que abanam o rabo se urinando para morderem uma fatia do bolo e terem status e comandos.
        Desde que Lula assumiu eles afastaram,substituiram ou remanejaram todos os militares que pudessem se opor ou mesmo criticarem e promoveram e agraciaram todos aqueles que lhes abanaram os rabos.

  10. helveciofilho says:

    Por LUCENA
    .
    A questão da Crimeia é antiga,a histórica aventura entre russos,europeus(britânico e franceses) e turco na busca do controle da Crimeia onde os império daquela época vitoriana,onde se vê novos atores como o império americana e a eterna rivalidade entre a esquerda e a direita por questão ideológica,está dando uma nova roupagem nisso tudo ai.
    .
    Até onde isso vai acabar,se vai ser em um campo de batalha ou em uma mesa de “jogatina”,é agrande questão.
    .
    Espero que no Hang out Plano Brasil;venhamos ter novas explicações e nos anualizarmos com esse nova guerra fria,que é bem diferente da anterior.

    ***************************
    .
    OS JUDEUS ENTRE OS FANTASMAS DO PASSADO, A EXTREMA-DIREITA E A RÚSSIA.
    .
    .
    Várias organizações têm em curso programas de apoio caso a situação piore na Ucrânia. Há judeus nos dois lados da barricada do conflito e que foram alvo de violência, mas ninguém sabe bem de que lado.
    .
    O ambiente de medo dos judeus na Ucrânia ficou bem resumido numa frase de um dos principais líderes religiosos da comunidade, aconselhando aos judeus para deixarem Kiev e a Ucrânia. “Não queremos tentar o destino”, disse Reuven Azman. A Agência Judaica, organização que gere a imigração para Israel dos judeus da diáspora, já disse que tem um mecanismo de ajuda pronto a ser usado caso seja necessário. Mas há quem sinta que a questão judaica está a ser usada para a luta entre dois campos, um pró e outro anti-Rússia.
    .
    A violência aumentou. Houve ataques a sinagogas, em Kiev e no Sul da Ucrânia – pedras a partir vidros, cocktails Molotov contra a entrada, graffiti com suásticas e as palavras “morte aos judeus”. Dois estudantes de uma yeshiva (escola religiosa) foram espancados na capital.
    .
    Os fantasmas regressaram. Afinal foi na Ucrânia (Odessa, 1821) que houve o primeiro pogrom – o termo em russo que se tornou comum para descrever perseguições violentas a judeus na Ucrânia e Sul da Rússia entre 1881 e 1884, segundo o dicionário do Museu do Holocausto. Foi na Ucrânia, lembra o diário israelita Ha’aretz, que houve o julgamento Beilis: um judeu foi condenado pela morte de um rapaz de 12 anos, para alegadamente usar o seu sangue. Foi o último caso de acusação a um judeu por este “crime” na Europa – mas ainda hoje há peregrinações à campa do rapaz por pessoas que acreditam na veracidade do mito anti-semita.
    .
    Hoje haverá 200 mil judeus na Ucrânia. Apesar de pequena, é a terceira maior comunidade de judeus na Europa, e tem prosperado mesmo com a ameaça sempre a pairar. Uma das organizações que dão apoio aos judeus da Ucrânia desde a queda do comunismo, a JDC (American Jewish Joint Distribution Committee,) aumentou a distribuição de ajuda em toda a Ucrânia, e especialmente na Crimeia, e tem planos de contingência caso a situação piore, disse o porta-voz Michael Geller ao PÚBLICO.
    .
    Também a Agência Judaica pôs ao dispor um mecanismo de emergência estabelecido depois de um ataque que matou um professor e três crianças judias em Toulouse, prevendo verbas para fortalecer a segurança – a organização não quis, no entanto, adiantar pormenores sobre os preparativos.
    .
    “Aqui culpam sempre os judeus” De Kiev, Josef Zissels, líder do Congresso Judaico Euro-Asiático e um dos líderes religiosos ucranianos, falou com o PÚBLICO ao telefone, numa mistura de alta voz e intérprete. Diz que há vários riscos para os judeus na Ucrânia: o primeiro são ataques espontâneos de multidões caóticas – “é um risco baixo, negligenciável”. O segundo tem que ver com “grupos radicais” que existem no país – é um que considera manter-se inalterado nos últimos anos, e também avalia como baixo. Para Zissels, o grande problema é outro: “O das provocações russas.”
    .
    Outros concordam. “Não acho que o antissemitismo tenha piorado de repente”, comentou o rabino Yonathan Markovich, em declarações ao Ha’aretz. “Aqui culpam sempre os judeus por qualquer problema. Há um ditado: ‘Se não há água na torneira, é porque os judeus a beberam’”, conta. O rabino também suspeita de que, em alguns casos, os ataques possam ser obra de elementos pró-Moscovo, como um ataque a uma sinagoga da zona russa “que poderá ter sido uma provocação” com a intenção de desacreditar a oposição a Ianukovich.
    .
    O mesmo diz um antigo soldado israelita que comandou uma unidade de ativistas na Praça Maidan, numa entrevista à Jewish Telegraphic Agency. À frente de uma unidade de 40 jovens homens e mulheres, Delta (que não quis revelar o seu verdadeiro nome) acha que há um objetivo de “desacreditar a revolução”. Essa foi aliás, nota, uma das razões para se juntar aos manifestantes. A outra foi ver “civis, sem qualquer preparação, serem trucidados por militares”. Curiosamente, Delta, de kippa (solidéu) sob o capacete, costuma ir à sinagoga de Azman, o rabino mais preocupado com o antissemitismo.
    .
    Mas é inegável que palavras e símbolos usados por alguns dos ativistas na Praça da Independência são abertamente anti-semitas e neonazis, como é o caso dos membros do Setor Direito, um movimento de extrema-direita radical que foi dos mais ativos nas ações violentas da revolução da Maidan. Outro líder religioso ouvido pelo Ha’artez, o rabino Reuven Stamov, comenta que há “muitas coisas desagradáveis”, mas sublinha que “até agora tem havido uma distância entre palavras e ação”. Zissels acrescenta: “Há mais grupos neonazis na Rússia do que aqui na Ucrânia.”
    .
    Stamov acha que não é altura para ninguém ir embora. “Quando há uma revolução, é um período difícil para todos, não só judeus.”
    .
    Sublinhando que a comunidade não tem uma posição unificada e que está nos dois lados da barricada, o Ha’aretz diz que o dilema de muitos judeus na Ucrânia é como falar contra o antissemitismo quando estão conscientes de que o que quer que digam pode ser usado por qualquer um dos lados para os seus próprios ganhos políticos.
    .
    Mark Levin, diretor da NCSJ, organização de apoio a judeus na Rússia, Ucrânia, Estados Bálticos e Eurásia, diz que “ninguém sabe toda a verdade” sobre quem estará por trás dos ataques, que não são, em sua opinião, surpreendentes. “O antissemitismo é ainda, infelizmente, uma questão na Ucrânia. Piora e melhora.”
    .
    .
    (*) Autora: Maria João Guimarães.

    Fonte: [.publico.pt/mundo/noticia/os-judeus-entre-os-fantasmas-do-passado-a-extremadireita-e-a-russia-1627559 ]

    • helveciofilho says:

      CORRIGINDO.
      .
      .
      A questão da Crimeia é antiga,a histórica aventura entre russos,europeus(britânico e franceses) e turco na busca do controle da Crimeia onde os império daquela época vitoriana,lutaram pela sua supremacia geopolítica imperialista naquela região.
      .
      Hoje, se vê novos atores como o império americano e a eterna rivalidade entre a esquerda e a direita( comunista e capitalista) por questão ideológica,estão dando uma nova roupagem na questão Crimeia..
      .
      Até onde isso vai acabar ?……se vai ser em um campo de batalha ou em uma mesa de “jogatina” ( ONU/CS ),é agrande questão.
      .
      Espero que no Hang out Plano Brasil;venhamos ter novas explicações e nos atualizarmos com esse nova “guerra-fria”,que é bem diferente da anterior.

    • Eterna rivalidade entre esquerda e direita. Regime Change: First Ukraine, then Venezuela, then Ecuador, Bolivia, BRAZIL,…
      China? by Paul Craig Roberts, ex secretario do Tesouro do presidente Reagan, antigo editor do jornal financeiro Wall Street, ex editor do Cato Institut, uma Assoaciacao ultra conservadora, republicana de direita, um dos editores do VDARE, um site de gente racista de origem anglo saxonica. Repito o homem pode ser tudo, mas esquerdista ele nao e. .
      Tempo atras, houve reclamacao contra os editores do site CounterPunch , por ter esse site liberal de esquerda, publicado artigos de Craig Robert, considerado por eles um extremista de extrema direita.
      E o que diz Paul Craig Roberts nesse artigo, publicado no http://www.globalresearch.ca. ‘diz que”Washington is doing everything it can to provoke Putin into sending the Russia Army into Ukraine. Traduzo, Washington esta fazendo tudo para provocar Putin fazer este mandar tropas russas para a a Ucrania Oriental.
      Continua Roberts, “O golpe orques- trado por WASHINGTON na Ucrania, marginalizou os acontecimentos da Venuzuela do noticiario internacional……
      Mas a violencia que Washington desencadeou na Venezuela simultaneamente com a violencia desencada na Ucrania e testemunha da criminalidade gritante de Washington…..Se Washington reconquistar Venezuela e Ecuador, Bolivia sera o proximo, e depois o Brasil Brazil esta na mira de Washington porque este pertence ao BRIC, e Wshington quer destruir essa organizacao…..Nao faz muito tempo, um membro do governo Norte Americano disse que “Assim que nos, isto e Washington, colocar Russia em seu devido lugar, voltaremos a lidar com esses pretenciosos na America do Sul…
      Quem entende ingles, pode ir no YouTube e ouvir Roberts discorrer os planos de Washington.Mas ele nao e o unico estreemista de direita que e contra a politica de Washington em relacao a Russia. Faz parte do programa politico estrategico de Brzezinszli, guru do presidente Obama para assuntos internacionais, foi seu professor de historia, e ex professor de quase todos membros do governo norte americano de Obama para assuntos internacionais, dividir Russia em tres estados, numa Confederacao nao muito estrita. Russia Branca, Russia em volta de Moscow e Siberia. Stephen Cohen , um professor de historia russa na Universidade de Nova York, diz numa aula que pode ser ouvida no Youtube que o plano norte amereicano e de dividir a Russia em 68 cantoes. Essa crise na Ukrania provocada por Washington e partre dessa tentativa norte americana de desmembrar a Russia, como eles antes, eles, os ianques desmembnraram a Uniao Sovietica.
      Os americanofilos que vivem do Brasil ainda dominados pela ideologia da Guerra Fria, ainda nao perceberam que nos Estados Unidos, ha muita gente que votam para o partido republicano, distinguem entre os conservadores republicanos, gente como Ron Paul, Craig Roberts, Jim Willyes, John William., Alex Jones, Gerald Celente, e os neoconservadores, este em sua maiorias judeus, antigos trotskystas que viraram casaca e se tornaram sionistas, que tem feito parte do governo de Obama, como antes fizeram parte da administracao dos dois Bushes e de Clinton.Convem relembrar, que Ronald Reagan, cansou-se da presenca desses neo-conservadores em sua administracao, e os demetiram, mandando alguns para cadeia. Isto pode ser ouvido no YouTube, nas palestras de Paul Craig Robertrs.
      E muito conservadores republicanos, ve Russia como pais capitalista, corrupto, mas capitalista. Para estes Ronald Reagan terminou com a Guerra Fria.

      tu

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Tomara que consigam… para o nosso bem… e de toda a santa nação brasileira… qnto aos infiéis vermelhinhos, vendidos aos eurasianos, o gulag ou o paredon…

  11. Excelente iniciativa!!!! O site anda cada vez melhor.

  12. excelente iniciativa, parabéns ao PB,
    “meu ponto de vista”
    1. crimeia ja é da Russia
    2. a Ucrânia deve se contentar com o resto do pais
    3. sanções que os EUA pretendem aplicar sobre a Russia nao terao efeito, e pior pode levar a uma retaliação da Russia.
    4. os ucranianos devem tomar cuidado com os movimentos separatistas do leste de seu país (acredito que ali sempre foi território ucraniano, e que não deveriam deixar cair nas mãos dos russos)
    5. acredito que se putin apoiar a separação do leste da Ucrânia, vai ser como um tiro no pé, a revolta vai ser maior(a Crimeia vejo que os ucranianos ate aceitariam tal separação ali sempre foi dos Russos mesmo)
    6. pouco foi comentado de quem esta no comando da Ucrania(sendo que a partidos neonazistas que estao entre estes partidos que tomaram o poder).
    7. acredito que a Ucrânia fez o certo em se “separar” da Russia, porem os ucranianos terão que em breve retomar acordos com os russos em diversas áreas(econômicas,politicas… , o que vai demorar um pouco, que é claro pelo que esta acontecendo)
    8. um acordo entre Russia e Ucrânia agora seria a melhor saída(crimeia dos russos e o resto continua sendo a Ucrânia).

    sds a todos

  13. A Crimeia é Russa, e Ivan vai ter perdas políticas, e talvez uma baixa economica, + vai economizar no pagamento pelo uso das bases na Crimeia….+ de 7 bilhões de dólares…Sds.

  14. Blue Eyes, Na Resistência says:

    Congratulações a todos os que tiveram essa iniciativa brilhante… isso contribui muito para o engrandecimento do nosso conhecimento de geopolítica… deixo aqui uma questão: QUAL A VANTAGEM GEROPOLÍTICA E ECONÔMICA PARA O BRASIL SE ACASO NOSSO GOVERNO SE POSICIONAR, COMO DE COSTUME, APOIANDO A RÚSSIA NESSE IMBRÓGLIO QUE SE METERAM COM A UCRÂNIA ???… grato…

    • Brasil se ferra se adota posicao pro Russia e China mesmo que estes dois vencem a competicao contra os EUA e Europa Ocidental, pela simples razao que Brasil e o unico membro da Alianca BRICS que nao tem ouro em quantia suficiente para enfrentar um mundo onde o dolar nao e mais a moeda internacional, e se ferra se os EUA vencem pelas simples razao que se os EUA vao desmembrar a Russia, nao vao permitir que paises como o nosso se levanta do berco onde esplendidamente esta eternamente deitado.Brazil will be fucked whoever win.Sorry mate!

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Verdade… por isso o fabiano hentregando henrique uma vez afirmou que seria muito bom se nós nos tornássemos um Canadá… não temos alma belicista… não temos cultura de liderança… mas só alguns descerebrados querem que sejamos alguém qndo na verdade temos em nosso sangue a cultura do “yo soy contra”… doela a quem doela… a verdade e como uma adaga de dois gumes, transpassa a alma e o espírito…

      • Estamos com os porões cheios de ouro, ouro negro, soja, milho, carne, nióbio…

  15. gostaria de saber se o contrato na fabricação do foguete com a ucrania é em sua maioria feito por cientistas de que região da ucrania ???, e se daria para trazer eles para o brasil aproveitando a fragmentação do pais ucrania
    porque se os cientistas forem da região da crimeia e lado leste da ucrania é melhor fechar parceria com os russos .

  16. Estou ansioso pelo começo do Hang out!

    Ainda mais que tem professor de história ali e um filósofo!

  17. Gostaria de perguntar para os participantes, se esse referendo da Crimeia não possa ser um gatilho para que outras regiões europeias se declarem livres dos domínios de outros países? Como é o caso de Veneza que está criando um referendo para separa-se da Itália.

  18. Outra pergunta.

    Como as sansões organizadas pelos Estados Unidos (principalmente) e pela União Européia podem afetar a Rússia e como o Kremlin pode agir contra essas sansões?

    • Nao esquece plano chines fazer sua moeda a moeda internacional. Por isso compram ouro. Um membro do governo russo, proximo de Putin, mencionou a Russia se desfazer se dos titulos de Tesouro norte americano.Russia pode colocar o preco do gaz em termos de ouro e aceitar o Yuan como moeda alternativa ao Ouro. E se China tambem decidir que chegou a hora de se desfazer-se do dollar, este dolar americano tera valor equivalente ao dolar de Zimbabwe. E melhor tomar preucacao e aguardar os acontecimentos. Compra ouro se puder.Se fala ingles, vai no Youtube, e ouve Jim Willie, \craig Roberts, Paul Schfit, John William e outros sobre o perigo para o dolar e o que este representa para continuidade da hegemonia norte americana.

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Vc está impressionado com esses caras que criam trovoadas para vender livros e apresentações… moeda hoje é somente crédito que uma nação tem perante seus credores e isso os yankes tem de sobra, crédito… é tudo bits em um sistema digital … nada mais.. vamos deixar isso para os especialistas… esses que citastes não entendem do babado… sorry…

      • Entao o pessoal que escreve para o Von Mises institut sao uns cegos. Eles estao ate dizendo que os EUA se tornou um pais facista. Craig Roberts e economista respeitado. Posso nao aceitar seu racismo, mas sou obrigado aceitar o que ele fala sobre economia

      • Entao o pessoal que escreve para o Von Mises institut sao uns cegos. Eles estao ate dizendo que os EUA se tornou um pais facista. Craig Roberts e economista respeitado. Posso nao aceitar seu racismo, mas sou obrigado aceitar o que ele fala sobre economia.

      • Sim existe hegemonia americana, mas há alternativa positiva para ela?
        Essa hegemonia não é sustentada só pelo dólar, mas também pela democracia, cristandade e valores culturais humanistas ocidentais. Concentrados nos EUA.

        Qual a alternativa…
        Moeda yuan ancorada num governo fechado comunista…
        Numa moeda rublo vinda do meio de mafiosos…
        E tudo lastreado por ouro (e quem não tem ouro?)…
        Num mundo financeiro cibernético de trilhões de dólares sendo movimentados diariamente…
        rsrsrsrs!!!!!

        O lastro das vultosas somas movimentadas, atualmente, são títulos e não mais ouro.
        Inclusive é o papel (títulos ao portador (nominais) ou não (papel moeda)) que permitem que economias sem depósitos significativos de ouro, se insiram de igual para igual, com grandes nações, no mercado capitalista (exemplo suíça).
        E muito mais coisas podem ser ditas sobre o Status Quo financeiro, político, militar, tecnológico, cultural, religioso do mundo.

        Os vermelhinhos são pródigos em espalhar as mais deslavadas mentiras e fantasias sociais futurísticas por aí. Os tolos que as engulam!
        No século passado milhões engoliram dessa pílula mortal.
        E claro que a internet tem sido boa ferramenta para eles.

      • Blue Eyes, Na Resistência says:

        Essa história de voltar o padrão monetário para o ouro é advindo da estratégia vermelha de quebrar a hegemonia econômica americana… pode observar que somente isso interessa aos inimigos dos EUA… só eles defendem isso e patrulham a net em busca de gente que engula essa falácia… e ainda ajuda a vender livros de teorias conspiratórias… mas não resistem a uma análise mais profunda do tema… não caio nessa…

  19. Espero que tenhamos respondido as principais questões, por problemas técnicos não pude comentar no final mas creio que meus colegas expuseram bem as opiniões.
    Esta foi a primeira tentativa e podem estar certos, teremos vários Hangout.
    Obrigado aos colegas
    Dídimio
    Cinquini
    Ilya
    Carcará eaos amigos Leonardo e Messiah que também tiveram problemas técnicos, nos vemos no próximo Hangout.
    Abraço
    Edilson Pinto

    • Edilson, foi um excelente Hang Out.

      Conseguiram esclarecer algumas de minhas dúvidas, e claro!, eu vou ficar esperando o próximo Hang Out.

      • Obrigado Leo, por ser o Primeiro claro, tivemos umas falhas técnicas, mas nós vamos ter outros.
        Espero que comentem e nos deem um feedback.
        Abraço
        Edilson

    • Salve amigo Edilson,
      .
      Quero deixar aqui os meus parabéns por mais esta iniciativa que vem sem sombra de duvidas, contribuir sobre maneira para o enriquecimento do conhecimento do brasileiro comum. Que venham muitas outras como esta.
      .
      Gostaria de agradecer a todos os participantes que com o bom nível de seus conhecimentos puderam me ajudar bastante a ter um melhor pano de fundo dos acontecimentos assim como, ter uma melhor perspectiva das possibilidades futuras para um possível desfecho dos acontecimentos na região.
      .
      Sou suspeito…, mas…, VIVA O PLANO BRAZIL.
      .
      Veiculo SERIO de INFORMAÇÃO e CONHECIMENTO, feito por brasileiros comprometidos com o BRASIL e com o que é – ‘realmente IMPORTANTE’ — para o BRASIL no que tange a GEOPOLÍTICA – DEFESA – TECNOLOGIA – INOVAÇÃO.
      .
      Novamente…, parabéns a todos, e especialmente ao amigo Edison o meu muito obrigado por me permitir fazer parte deste ‘importante espaço’.
      .
      Saudações,
      .
      konner

  20. O Hangout foi realmente excelente iniciativa e espero que se torne rotineira por aqui.

    Apenas uma ressalva: as opiniões sobre os atuais eventos na Criméia me pareceram excessivamente homogêneas.

    Apesar de comungar com os pontos de vista apresentados, creio que, qualitativamente, seria indicada a apresentação de opinião contrária a posição russa no conflito, ou que apoiasse as ações do atual governo ucraniano. Teria a vantagem de, além de abarcar opiniões divergentes, qualificar os argumentos, aprofundar o debate e deixar clara as divergências que as vezes nos fazem enxegar de modo simplista um evento tão complexo como este.

    Abs

  21. Cloves Pessoa says:

    Creio que depois desta votação maciça com 95% dos eleitores votam por anexação da Crimeia à Rússia não a mais duvida para esta união.

    TV russa fala que o Exército Russo dará uma resposta nuclear aos países da OTAN, incluindo os EUA

    Anonymous afirma ter hackeado o email do exército americano, e que o general americano mandou as bandeiras falsas continuarem na Ucrânia, até eclodir a Terceira Guerra Mundial com OTAN atacando a Rússia.
    http://sherriequestioningall.blogspot.co.uk/2014/03/hacked-email-from-us-army-attache-in.html

    Pelas fotos do Twitter, o nazismo na Ucrânia tem se intensificado, graças a cobertura dada pelo partido governante

    https://pbs.twimg.com/media/Bi1pBNpCMAATxnX.png

    Ucranianos saúdam o governo atual com saudação nazistas

    Россия может превратить США в пепел, Вести недели, Дмитр
    https://www.youtube.com/watch?v=teZZMrnWUNw

  22. Parabéns ao plano brasil e seus idealizadores. Excelente e esclarecedor do que realmente acontece.

  23. Interessante que nenhuma sapiencia nesse planeta diz que derrubaram um governo eleito democraticamente pelo povo e empossaram seus fantoches neo-nazistas no lugar,mas criticam a iniciativa da crimeia decidir nas urnas afastar-se desses mercenarios.
    Os EUA e a Europa Ocidental sentem-se mesmo donos do mundo e correto é tudo aquilo ou todo aquele que façam seus jogos.
    E como tem Brasileiros que endossam tais coisas ou não pensam no dia de amanhã que podera ocorrer o mesmo conosco ou estes não passam de traidores a serviço do interesse externo traindo o Brasil e os Brasileiros.
    Passem manteiga em seus argumentos enlatados e os façam de supusitorio sentando vossas nadegas neles bando de trairas.

shared on wplocker.com