Defesa & Geopolítica

Estudo afirma que a espionagem telefônica feita pela NSA não ajuda a evitar ataques terroristas

Posted by

NSA Phone Records

Por Adam Clark Estes

Como você provavelmente já suspeitava, a enorme coleção de registros telefônicos da NSA “não teve nenhum impacto na prevenção a atos de terrorismo”, de acordo com um novo estudo. Na verdade – o que talvez seja mais interessante – o problema da agência não era a ausência de informações, mas o excesso de segredos.

No estudo, a New American Foundation revisou 225 casos de terrorismo e descobriu que investigações tradicionais e ações policiais foram mais importantes para a prevenção de ataques. Cerca de um terço das informações em casos de terrorismo vieram de denúncias ou de informantes, enquanto mandados de segurança tradicionais foram usados em 48 casos. Dito isso, a enorme coleção de metadados telefônicos forneceu evidências em apenas um caso, e nem era uma real ameaça de ataque contra os Estados Unidos.

Os resultados do estudo da New America Foundations são notáveis, mas não surpreendentes. Afinal, a cúpula do Presidente Obama disse há algumas semanas que o programa NSA não era essencial para a prevenção contra ataques, e que evidências realmente úteis “poderiam ser obtidas usando mandados judiciais tradicionais.” Eles também concordam que os segredos da NSA estão trazendo mais problemas do que soluções.

O momento da divulgação do estudo não poderia ser melhor. O presidente Obamavai anunciar grandes reformas na NSA e em outras áreas da vigilância governamental americana no dia 17 de janeiro e espera-se que ele siga muitas das recomendações de seus conselheiros. No fim das contas, talvez a NSA consiga fazer alguma coisa que não seja espionar pessoas pelo mundo. Talvez eles possam fazer alguma coisa útil!

Foto: Associated Press (AP)

Fonte: New America Foundation (http://natsec.newamerica.net/nsa/analysis) via Washington Post via Gizmodo Brasil 

3 Comments

  1. O triste e comprovar q o Edward está total/ certo em dnúnciar o iankss e sua fúria em espionar até países como o BRASIL q ñ temos problemas de orem bélica c o mesmo, e uma leve competição no campo comercial, afinal, ñ somos páreo p sua máquina industrial e de serviços….Agr,se somo espionados a tato tempo, isso mostra q somo incapazes e q ñ termos um eficiente serviço de contra espionagem interno de qualidade..culpa e incompetência nossa, só nossa. Os iankss estão certos em procurar saber td sobre td…estamos aprendendo.Quem viver verá.Sds.

  2. helveciofilho says:

    por LUCENA
    .
    .
    (…)“não teve nenhum impacto na prevenção a atos de terrorismo”(…)
    .
    .
    Por quê eles iriam melar tudo,sabemos que essa história de combate contra o terrorismo dos americanos é a mesma coisa do combate contra o narcotráfico;tudo bandeira falsa.
    .
    A Al-Qaeda,que é uma organização criminosa patrocinada por Sauditas,fez o que o seu chefe no atentado de 11 de setembro e de lá para cá,os planos estão seguindo conforme o script e em troca,a vaca-sagrada dos americanófilos;invadiu e matou Sadan Hussein,um arque inimigo da realeza Saudita e dos Sionistas.
    .
    Uma mão lava a outra,em que seja com sangue inocente !
    .
    O que os americanos fazem com as suas bisbilhotice,de longe nunca fora com o propósito de combater o terrorismo más;e o contrário;quer estabelecer uma política policialesca nos moldes da Gestapo,bem ao estilo stalinista,como todo governo fascista faz.

  3. PÉ DE CÃO says:

    ajuda é o empresariado yanke a subjulgar empresas de outros países ,crime contra a humanidade ,o correto é levar para o tribunal de haia e fuzilamento.

shared on wplocker.com