Defesa & Geopolítica

Governo da Índia cancela contrato para compra de seis Airbus A330 MRTT de reabastecimento aéreo

Posted by

O site indiano DNA informa que o governo da Índia cancelou o contrato de US$ 1,5 bilhão para aquisição de seis Airbus A330 MRTT de reabastecimento aéreo que seriam destinados para Força Aérea da Índia (IAF), e que havia sido assinado em maio de 2009. Agora deverão adquirir mais aeronaves russas Il-78.

O relatório informa que o contrato foi cancelado após o ministério ter citado uma cláusula na legislação da Índia onde o contrato de menor preço deveria ser o solicitado – no momento da assinatura do contrato, pensa-se que a proposta da rival russa com a aeronave Il-78 Midas devesse ser mais barata, mas a Airbus oferecia uma aeronave “tecnologicamente superior.”

A Força Aérea da Índia opera com seis reabastecedores Il-78MKI ‘Midas’ adquiridos em 2003, que operam com o Esquadrão 78 baseado na Estação da Força Aérea de Agra, mas está procurando modernizar sua frota e selecionou o Airbus A330 pois “a plataforma russa não atende certos requerimentos,” de acordo com o Marechal Fali Homi Major, no dia 26 de maio, no momento da seleção. “Após a desintegração da União Soviética, a Rússia mudou sua forma de efetuar negócios com artigos de defesa – agora somos confrontados com problemas relativos a peças sobressalentes, suporte pós venda e atrasos na fabricação na estrutura, centralizada em suas corporações militares.”

Uma nova competição para adquirir um novo reabastecedor poderia levar anos para ser completada, mas a Força Aérea da Índia poderá ser forçada a comprar mais aeronaves Il-78  por insistência do Ministério da Fazenda.

Fonte: DNAIndia.com – Tradução: Cavok

Nota do blog

 A aquisição dos A330 MRTT havia sido noticiada pelo Plano Brasil (clique aqui para ler), com este pronunciamento o Midas volta a ser a opção mais provável para o reequipamento da Força Aérea Indiana.

O MRTT tem sofrido uma certa “perseguição” nas concorrências em que  tem participado, mesmo vencendo ele não tem conseguido se estabelecer, o caso da Força Aérea Indiana não é o único, A USAF havia o selecionado para o programa KC-X, o qual foi cancelado e reaberto, porém ainda não definido.

E.M.Pinto

Fonte: Cavok

2 Comments

  1. Luiz says:

    E.M. Pinto, os Russos não estão ao menos em estudos para o desenvolvimento de uma nova plataforma de reabastecedores aéreos?
    Não me recordo onde, mas acho que vi algo sobre isso…

    Se algum amigo leitor puder achar matéria do gênero creio que seria interessante, pois este cancelamento pode estar de “olho” em algo maior ou uma nova parceria nos moldes de PAK-FA

  2. Marcello Ricardy says:

    A RÚSSIA esta desenvolvendo uma especia de super UPGRADE no projeto do Ilyushin IL-76 e IL-78. A partir de 2012 a Força Aerea Russa começará a receber 38 novos jatos militares de transporte Ilyushin Il-476, versão melhorada e modernizada do Il-76 ‘Candid’ e que será equipada com um sistema totalmente digital do controle de voo, turbinas PS-90A-76, entre outros itens. Os Il-476 serão construidos no municipio russo de Ulyanovsk pela industria aeronautica russa Aviastar-SP

shared on wplocker.com