Defesa & Geopolítica

Free Electron Laser: Tecnologia de auto-defesa na velocidade da luz para navios

Posted by

us_navyO ONR (Office of Naval Research – Escritório de Pesquisa Naval), entidade que promove programas de pesquisas científicas e tecnológicas para a Marinha e Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, assinou um acordo com a Boeing e com a Raytheon para realização conjunta de estudos preliminares de uma tecnologia que poderá vir a marcar a gênese de um tipo radicalmente diferente de arma para auto-defesa de navios contra ameaças aéreas ou de superfície. A nova arma é baseada na emissão de raios laser de alta-energia contra os atacantes, cujo sistema esta sendo chamado de FEL (Free Electron Laser).

Tanto a Boeing quanto a Raytheon receberam cada uma US$ 6,9 milhões para a Fase 1A do programa FEL que visa demonstrar tecnologias aplicáveis à nova arma, cuja potência concentrada dos raios lasers emitidos contra os alvos deverá ser da ordem de 100 kilowatts.

A Fase 1A terá duração de um ano e lançará as bases para um programa multi-estágio, ou seja, concepção, desenvolvimento, construção, integração e testes de um protótipo que acontecerá ao redor de 2015.

A Marinha dos Estados Unidos espera que os desafios e os obstáculos para a criação desse novo sistema de defesa baseado em raios laser de alta-energia sejam superados e a sua produção viabilizada para que ele esteja pronto para entrar em serviço em 2020.

Fonte: Tecnologia&Defesa

One Comment

  1. O prazo de 2020 mostra q o mesmo ainda ñ está totalmente funcional, dá tempo a Russos ,Chineses ,francos e outros de tbm miniaturizar seus canhões de laser…estão td nestas pequisas, até nós BRASUCAS.

shared on wplocker.com